Últimas

Quinta-Feira, 15 de Maio de 2008, 16h:06 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:20

VARIEDADES

Nota do governador em resposta ao ministro Carlos Minc

   Foram descabidas, inoportunas, extemporâneas e impróprias para um Ministro de Estado as declarações do futuro titular do Ministério do Meio Ambiente, Sr. Carlos Minc, em que se refere à pessoa do Governador de Mato Grosso, Blairo Maggi.

   Em entrevista à imprensa, demonstrando estar completamente alheio à realidade, disse textualmente o Sr. Carlos Minc: “O Governador de Mato Grosso é o maior produtor de soja do mundo. Se deixar, ele planta soja até nos Andes. Não é mole”.

   Em primeiro lugar, é preciso esclarecer ao futuro ministro que o Governador de Mato Grosso não é “o maior produtor de soja do mundo” e tampouco possui propriedades nos Andes. É um produtor, sim, mas suas propriedades produzem estritamente em respeito às legislações ambientais do Estado e do país.

   Ao declarar publicamente que “o Brasil eu conheço muito mal”, o Sr. Carlos Minc desautorizou a si próprio a emitir opiniões sobre uma realidade que desconhece. Ele não pode opinar sobre o que não sabe.

   O Estado de Mato Grosso possui uma das mais avançadas legislações ambientais do país, vem reduzindo seguidamente a abertura de novas áreas para produção, e se esforça no sentido de compatibilizar as atividades produtivas com a preservação ambiental.

   O próprio INPE, que divulgou dados errados sobre desmatamento em Mato Grosso, contestados cabalmente por levantamentos in loco realizados pela Sema, admitiu publicamente que havia se equivocado. Mas a atitude inconseqüente do órgão, que não teve o cuidado de avaliar corretamente as imagens de satélite antes de tornar públicos os seus dados, já havia causado enormes e irreversíveis prejuízos à imagem do Estado de Mato Grosso e do Brasil.

   A bem da verdade, o que se percebe é a existência de uma ação coordenada contra o Estado de Mato Grosso, alimentada por um preconceito contra o setor produtivo, que acaba sendo penalizado por ser o responsável pela produção dos alimentos que abastecem a mesa dos brasileiros e de boa parte da população mundial e que respondem por parcela significativa das exportações brasileiras.

   Mato Grosso é o único estado que firmou protocolos com os setores produtivos da soja, do algodão, da cana-de-açúcar e da pecuária que estabelecem normas de preservação de áreas de reserva ambiental, de nascentes, de matas ciliares e de recuperação de áreas degradadas.

   O Governo do Estado também foi pioneiro ao encaminhar à Assembléia Legislativa, para debate com segmentos representativos da sociedade e posterior apreciação e votação, o projeto de lei que institui o Zoneamento Sócio-econômico Ecológico do território mato-grossense. O referido projeto estabelece áreas de preservação, de reservas, áreas de exploração econômica e que tipos de atividades podem ser desenvolvidas em cada região, a partir de suas vocações naturais, constituindo-se num instrumento fundamental para se colocar em prática uma política de desenvolvimento sustentável que compatibilize a produção de alimentos com a preservação dos recursos naturais.

   Não cabem, portanto, as surpreendentes declarações do futuro ministro, que em nada contribuem para o diálogo, para um debate maduro da sociedade brasileira que leve à implementação de uma política ambiental que contemple os interesses maiores do povo brasileiro.

Blairo Maggi
Governador do Estado de Mato Grosso

Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia

CAA-MT fará vacinação contra H1N1

ittalo leite 400 caixa de assistencia   A Caixa de Assistência dos Advogados de Mato Grosso (CAA/MT), presidida por Ittalo Leite (foto), já deu início à Campanha de Vacinação Contra a gripe H1N1. Serão disponibilizadas seis mil doses da vacina para imunização contra a Influenza A e B,...

Governo compra 103 motos para PM

O governo estadual vai entregar nos próximos dias 103 motocicletas à Polícia Militar. Isso deveria ter ocorrido nesta segunda, mas foi adiado e ainda sem data definida. As motos serão utilizadas pelas equipes de policiais da Companhia Raio de Moto-Patrulhamento, Força Tática e pelo policiamento ordinário na Região Metropolitana de Cuiabá e em vários outros municípios. No primeiro lote, o governador Mauro...

Ex-prefeito, contratos e multa do TCE

jeovan faria 400   O ex-prefeito de Campinápolis, Jeovan Faria (foto), vai ter de pagar uma multa equivalente a 10 UPFs/MT, o que corresponde hoje a R$ 1,8 mil, como punição por contratação de pessoal por tempo determinado sem atender à necessidade temporária de excepcional interesse público....

Decon investiga "fura-fila" da vacina

O delegado Rogério Ferreira, da Especializada do Consumidor (Decon), instaurou o que se chama de Auto de Investigação Preliminar para apurar possíveis irregularidades no cumprimento da ordem de vacinação contra a Covid-19 dentro dos critérios estabelecidos pela Prefeitura de Cuiabá. Na prática, busca investigar possíveis situações de “fura-fila” e outras circunstâncias ilegais. Rogério...

Um assessor parlamentar no TCE-MT

carlos brito 400   Carlos Brito (foto), que já ocupou diversos mandatos eletivos, será nomeado assessor parlamentar do TCE, cargo ligado diretamente à presidência. Ali, em sintonia com o gabinete do presidente Maluf, terá a missão de regulamentar o processo de solicitação da Assembleia...

Covid mata 20º pastor da Assembleia

aparecido domingues pastor cidao 400   Morreu neste sábado mais um pastor da Assembleia de Deus em consequência da Covid-19. Aparecido Francisco Domingues, o Cidão (foto), que era vice-presidente em Paranaíta, é o 20º pastor da Igreja em Mato Grosso a vir a óbito, após ser infectado pelo novo...