Últimas

Sábado, 05 de Abril de 2008, 07h:31 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:20

MEIO AMBIENTE

Nova crise ambiental assusta Maggi e Daldegan

  Quando parece que a "poeira" está baixando sobre a questão ambiental no Estado, eis que surge mais um "furacão". Desta vez, o governador Blairo Maggi (PR) e o seu secretário de Meio Ambiente, Luís Henrique Daldegan, se vêem acuados por consequências ainda dos números negativos sobre desmatamento em Mato Grosso, divulgados pelo Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe). Agora, mais 67 municípios foram incluídos na lista dos que mais desmataram no ano passado. De 19 pulou para 86 - veja a lista aqui. Nessas regiões as propriedades ficam embargadas. Estão sob intervenção da União na gestão ambiental. Com isso, os municípios se submetem a uma série de fiscalizações e restrições, o que trará impacto no desenvolvimento socioeconômico.

    Desde quando os números expuseram MT como o campeão de desmatamento na Amazônia Legal, Maggi e sua equipe tentam amenizar a crise. Maior produtor individual de soja do mundo, ele insiste na tese de que os índices não se referem somente a 2007, mas sim a estatísticas mais antigas. Para piorar a imagem, até empresas do Grupo Amaggi, propriedade de Blairo, e uma fazenda do senador Jaime Campos, em Alta Floresta, entraram no embargo.

  Mesmo pressionado pelos segmentos, principalmente por produtores, o governador prefere cautela a partir para o confronto com a União. Prefere ter uma conversa com o presidente Lula, de quem se revela aliado. Na segunda (7), Maggi e Daldegan vão se reunir com o presidente do Ibama, Bazileu Alves Margarido Neto. Depois, querem audiência com Lula.

   De acordo com o deputado Dilceu Dal Bosco (DEM), que tem participado das discussões, o objetivo é esquecer o passado e pensar o que se pode fazer no futuro. "Não adianta massacrar o Estado e o país. Devemos buscar solução". Para Dal Bosco, às vezes é necessário que o caso chegue ao extremo para que um maior número de interessados se "rebelem" para encontrar uma solução. "Às vezes é bom que aconteça isso, para que mais pessoas se mobilizem", diz o deputado, ao se referir ao acréscimo de municípios considerados devastadores pelo Ministério do Meio Ambiente, sob Marina Silva. (Pollyana Araújo)

Postar um novo comentário

Comentários (4)

  • Zé Timbó | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Num é di se istranhar que o o guvernadô Brairo Maggi(co) têm sua fazendas está entre as que onde foram mais desmatadas, afinal ele é o MOTOSSERA DE OURO. O Jaiminho Bererê segue o mesmo caminho, porém atrás, embora tenha começado a desmatar áreas em Mato Grosso bem primeiro. Eiiiiiiita turminha proveniente o pefelê que só mau causa ao Estado e ao Brasil.

  • Idalino | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Vetado por conter expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas.
    Queira, por gentileza, refazer o seu comentário.

  • FERNANDO SILVA | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    FAÇO UMA PERGUNTA A ESSAS PESSOAS: SERÁ QUE ELES NÃO TÊM FILHOS PEQUENOS , NETOS ETC... POIS, SERÁ QUE DAQUI HÁ TRINTA ANOS, DA FORMA QUE ESTÃO INDO AS COISAS, HAVERÁ SOBREVIVENTE NA TERRA? ANALISÃO ISSO COM CARINHO, E COLOCAM AS MÃOS NA CONCIÊNCIA, E COMEÇAM A REFLETIR QUE DINHEIRO E EGOÍSMO NÃO É TUDO NA VIDA!!!

  • Augusto Rodriguez | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    E agora Blairo....você não tem mais o SUPER SECRETÁRIO MARCOS MACHADO!!!

    SÓ ele para resolver isso, pois ele da última vez deixoua Secretaria um brinco, uma total sintonia com o Governo Federal (IBAMA e MMA) e agora....o Luis Daldegan retirou tudo do trilho!

    Tanto é que o Marcos Machadofoi convidado para ser Presidente do IBAMA e o Senhos não deu toda importância para o fato, talvez se tivesse se empenhado mais para derrubar a lei que proibe promotores de atuarem no executivo o Meio AMbiente e a Segurança estariam diferentes no ESTADO!

    Saudades...faltam verdadeiros homens no seu staff!!!

    Volta de Marcos Machado já...e saída do Daldegan para ontem!!!

    Acorda Governador, pois desse jeito sua próxima candidatura estará por água abaixo!!

Para presidente, BRT é ultrapassado

juca 400 curtinha   Numa sintonia política com o prefeito Emanuel, o novo presidente da Câmara de Cuiabá, vereador Juca do Guaraná (foto), disse ser contra a decisão do governo estadual de "enterrar" o projeto do VLT, cujas obras estão paralisadas desde 2014, para implantar o modal BRT na Região...

Prefeito vai homenagear 2 ex-aliados

ze do patio 400 curtinha   O ex-vereador, ex-deputado estadual e hoje prefeito de Rondonópolis, Zé do Pátio (foto), que está no terceiro mandato, vai homenagear dois aliados que faleceram recentemente, sendo eles o ex-vereador de três mandatos Juary Miranda, que foi líder do Executivo na Câmara...

Maluf deve consultar STF sobre Teis

guilherme maluf 400 curtinha   Assim que retornar de férias, o presidente do Tribunal de Contas do Estado, Guilherme Maluf (foto), dará prosseguimento à análise do pedido de aposentadoria de Waldir Teis, que está afastado do Pleno há três anos e cinco meses, assim como outros três conselheiros...

Novo líder de Pátio na Câmara de ROO

reginaldo santos 400 curtinha   Reginaldo dos Santos (foto), que assume vaga na Câmara de Rondonópolis pela quarta vez, é o novo líder do prefeito Zé do Pátio, com a missão de fazer o trabalho de articulação e defesa do Executivo junto aos colegas do Legislativo. Na legislatura passada,...

Agro sugere Daniella de volta no Indea

daniella bueno 400 indea   Representantes do setor produtivo e um grupo de servidores sugeriram ao governador Mauro o nome da médica-veterinária e servidora de carreira Daniella Bueno (foto) para reassumir a presidência do Indea-MT. Aproveitaram a vulnerabilidade no cargo do presidente Marcos Catão Dornelas, denunciado...

Aumento para vereador só em 2022

Alguns vereadores em Cuiabá, tanto novatos quanto aqueles reeleitos, ficaram surpresos quando informados pela Mesa Diretora de que o aumento salarial de R$ 15,1 mil para R$ 18,9 mil, aprovado agora no final de dezembro, só começa a valer a partir de janeiro de 2022. Não entra em vigor de imediato, mesmo se tratando de nova legislatura, por causa da pandemia, que levou o governo federal a estabelecer, em lei, veto a qualquer tipo de reajuste para servidores até...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

O Governo de MT optou pela implantação do BRT em Cuiabá-VG em detrimento do VLT. O que você acha disso?

Estou de acordo

Discordo

Tanto faz

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.