Últimas

Terça-Feira, 22 de Abril de 2008, 19h:00 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:20

EXECUTIVO

Novacki define reuniões quinzenais com o staff


Eumar Novacki fala a colegas secretários em reunião nesta 3ª
Foto: Edson Rodrigues

 O novo secretário-chefe da Casa Civil, major PM Eumar Novacki, propôs e o governador Blairo Maggi aceitou que o primeiro escalão se reúna quinzenalmente. Esse encaminhamento saiu no encontro do secretariado no Palácio Paiaguás, que começou às 15h e se estendeu até às 18h40. Novacki defende que todo staff  "esteja afinado" tanto no discurso e na boa relação com os Poderes, quanto às problemáticas e soluções administrativas.

  Também pediu a todos os colegas do primeiro escalão que dêem mais atenção às reivindicações e que respondam às críticas voltadas ao governo. Foram mais de três horas de conversas. “O Objetivo é dar um norte, de ver as coisas acontecer e ser mais eficiente. O governador quer evitar tratar problemas como ilha”, disse Novacki, ao fim da reunião.

  As reuniões quinzenais serão comandadas pelo novo secretário. Elas podem ou não ter a presença do governador e do vice Silval Barbosa. "Estreitar o relacionamento com os Poderes é prioridade", diz Novacki. Segundo ele, o governador pretende ouvir críticas e resolver de imediato questões pontuais.

  A primeira tarefa já está em andamento. Será marcada ainda esta semana uma reunião entre a bancada do DEM e do PP. Os progressistas, sob a liderança do deputado José Riva, brigam por mais espaço no governo. Segundo Novacki, nada nesse sentido está acertado, mas é preciso ouvir, pontuar e resolver conflitos.

   As bancadas do PR e do PT já se reuniram com o governador. O encontro ocorreu nesta terça. Segundo Novacki, foram tratadas questões administrativas. Outras articulações com legendas estão previstas. São estratégias como essas que levam o "rei da soja" a virar praticamente unanimidade na Assembléia. Hoje, o governo não tem dificuldades para aprovar projetos. A bancada aliada chega a 22 dos 24 parlamentares. (Simone Alves)

Postar um novo comentário

Comentários (2)

  • Feliz da Vida | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Isso mesmo querido Secretário Novacki, diga para que veio e mostre que é uma homem de atitude e muito trabalho!!

    Parabens Governador não teve uma escolha tão certeira!!

    Boa Sorte Lindo!!!
    Que Deus te ilumine sempre!!!

  • José Humberto Falcção | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Novamente como jornalista e presidente da Associação Brasileira de Jornalistas de Turismo, Abrajet-MT, entendo que um dos papeis do Secretário chefe da Casa Civil, seja realmente o de blindagem do Governador e se staff.
    Acho que as decisões tomadas na reunião de hoje, vem muito a preencher uma lacuna que estava aberta. Vejo e entendo que os secretários como um todo, não se comunicam e muito menos nivela as informações básicas de seus devidos interesses, trazendo um mal estar e um certo constrangimento ao governo as vezes ate comprometendo projetos de vital relevância ao Estado.
    Gostaria também de fazer uma observação, quanto as indicações políticas de secretários. Oras, entendemos que o compromisso político e vital e de suma importância para as alianças de governabilidade, más cá entre nós: Não precisamos colocar qualquer despreparado e incompetente para assumir um cargo tão importante no governo, se assim for, provas cabais esse governo assina seu atestado de total ingerência, colocando em Xeque todo o trabalho conquistado ao longo de seus últimos 6 anos.
    Já que a idéia e de se ter um bom relacionamento com os poderes, que não se esqueçam de consultar os maiores interessados dos seguimentos, seja na agricultura, TURISMO, cultura,industria, infra-estrutura, etc..., e assim por diante, pois sabes porque Sr. Governador: Amanhã Vossa Excelência poderá lavar as suas mãos, coisas que infelizmente hoje o senhor não o pode fazer, saiba ouvir, e mediante o exposto, escolha com sabedoria, pois isso fará a diferença amanha!
    Romilson, mais uma vez obrigado, pelo espaço democrático que você oferece ao seus internautas, aqui sabemos que nossas vozes serão ouvidas e colocada com ética e total discernimento, pois “A VOZ DO POVO E A VOZ DE DEUS”

Apelo dramático da Santa Casa de ROO

bianca talita 400 santa casa roo   A superintendente da Santa Casa de Rondonópolis, Bianca Talita (foto), fez um apelo dramático nesta terça, num grupo de WhatsApp, esperando sensibilizar o prefeito Zé do Pátio a repassar com urgência os recursos que estão repressados no Fundo Municipal de...

Emendas para todos os 24 deputados

Max 400 curtinha   O presidente da Assembleia, Max Russi (foto), em visita ao Grupo Rdnews, quando concedeu entrevista ao portal e à tv web Rdtv, defendeu as emendas impositivas, que são indicadas pelos deputados e pagas pelo governo, via orçamento. Lembra que são instrumentos importantes para fazer com que obras e...

Deputado defende cultos com até 600

sebastiao rezende 400   Num momento em que a segunda onda de contaminação pelo novo coronavírus avança em MT, levando o governo a retomar medidas restritivas para evitar colapso, já que cerca de 90% das UTIs estão lotadas, o deputado Sebastião Rezende (foto), da Igreja Assembleia de Deus, teve a...

"Batida" em apresentador por engano

ricardo martins 400   Durante a dupla operação deflagrada pela PF nesta terça em alguns municípios de MT, entre eles Cuiabá, agentes federais, por um equívoco no cumprimento de mandados, acabou batendo na porta do apresentador da TV Cidade Verde, Ricardo Martins (foto), que não tem a ver com o caso....

Paccola é cotado para diretor-geral

gianmarco paccola 400   O discreto e atuante delegado Gianmarco Paccola (foto), hoje diretor-geral-adjunto da Civil, já desponta nos bastidores como nome preferencial do Palácio Paiaguás para eventual substituição a Mário Demerval, que deve mesmo deixar o posto de diretor-geral para disputar as...

Luta pra isentar parte dos aposentados

eduardo botelho 400 curtinha   Primeiro-secretário da Assembleia, Eduardo Botelho (foto) disse que foi criada espécie de força-tarefa dos deputados para fechar um acordo com o governo, de modo a ajudar aposentados e pensionistas e portadores de doenças raras para isenção do pagamento da alíquota da...