Últimas

Quarta-Feira, 09 de Abril de 2008, 20h:30 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:20

EXECUTIVO

Novacki é 6º a conduzir Casa Civil; ato é nesta 5ª

Eumar Novacki ingressa no primeiro escalão do governo Maggi  O ajudante de Ordens do governador Blairo Maggi, major PM Eumar Novacki, que toma posse nesta quinta (10) como secretário-chefe da Casa Civil, é o sexto a assumir a pasta desde o primeiro mandato do governador Blairo Maggi. A solenidade de posse acontece às 16h30, no Palácio Paiaguás. Em função de várias mudanças, a Casa Civil é considerada  campeã em troca-troca. Já passaram por lá os ex-deputados Carlos Brito e Joaquim Sucena, o atual diretor do Departamento Nacional de Infra-Estrutura de Transportes, Luiz Antonio Pagot e Antônio Kato, hoje adjunto da própria Casa Civil, que tem atribuição de atuação como intercutora direta do governo com os Poderes e com a sociedade de um modo geral.

   Depois de Kato, assumiu a pasta o deputado licenciado João Malheiros (PR), que agora limpa as gavetas para abrir espaço a Novacki, militar de extrema confiança do governador. Novacki é escolha pessoal de Maggi, que o tem como um dos braços importante no gabinete desde 2003. Seu nome já havia sido  cogitado para o comando da Justiça e Segurança Pública, em substituição ao ex-secretário Carlos Brito. Houve recuo por uma questão hierárquica. Os coronéis começaram a reagir contra. Maggi agora nomeia Novacki na Casa Civil com a missão de buscar o diálogo principalmente com a Assembléia Legislativa.

  Além da Casa Civil, as secretarias de Educação, Saúde e Desenvolvimento Rural, também passaram por vários comandos. A Seduc já foi conduzida por Gabriel Novis Neves, Ana Carla Muniz, Luiz Pagot e, agora, está sob Ságuas Moraes. A Saúde já teve quatro  secretários desde 2003: Gabriel Novis, Luzia Leão, Marcos Machado e hoje Augustinho Moro.

    Existem somente duas pastas que permanecem como os mesmos secretários há 6 anos:  Planejamento e Coordenação Geral, sob Yênes Magalhães, e Trabalho, Emprego, Cidadania e Assistência Social, conduzida pela primeira-dama Terezinha Maggi. O procurador-geral do Estado, João Virgílio, é outro que se mantém no cargo desde o primeiro ano da gestão Maggi, assim como Cloves Vettorato, que chegou a ser remanejado para Desenvovimento Rural, mas depois reassumiu a secretaria de origem. (Pollyana Araújo)

Postar um novo comentário

Comentários (4)

  • helio | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    mato grosso parece esta podendo dispensar policial militar para defender a população, cade a atividade fim desse policial?

  • riva | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Näo estarei na posse desse militar que chega com todos os méritos a casa civíl, em funçäo do tratamento que sempre dispensou aos que transitam pelo gabinete do governador porém estarei torcendo para que faça um bom trabalho.
    Espero que tenha a devida autonomia para que isso ocorra. Boa sorte Novacki.

  • Milton Ribeiro | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0


    Nada contra o novo Secretário Chefe da Civil, mas o Governador parece que não está raciocinando direito.

    Institucionalmente, uma pasta eminentemente política.

    ´Esta certo!,está sobrando militar em Mato Grosso. A Segurança está ótima!

    Um homem militarmente preparado como é o Major, sería muito mais últil na Segurança.

    Creio que ali na Casa Civil, o Secretário não tem autonomia alguma, senão não teria passado tanta gente boa,
    e ninguem permanecido.

    Talvez o Militar por ser doutrinado a cumprir ordens de seus superiores dê certo.

    Oh Governador, abra os olhos,por favor!


  • Zé Timbó | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Mais uma prova de que o Governador Brairo Maggi não sabe o que está fazendo, colocar alguém apolitico para cuidar de órgão essencialmente político. Mas, mais este ato atentatório aos princípios mais comezinhos da administração pública é a bandeira de frente desta DESadministração, vejam que o governador NÃO SABE ESCOLHER SEUS SECRETÁRIOS,tanto que nenhum, ou quase nenhum permance desde o início de seu DESgoverno. FORA TURMA DA BOTINA.

Romoaldo, prescrição e elegibilidade

romoaldo junior 400 curtinha   Assim como Wilson Santos, o deputado Romoaldo Júnior (foto) assegura que hoje também está elegível porque uma condenação de dois anos e três meses de prisão, inclusive com perda do mandato, acabou prescrita. Ele disse que ainda não sabe se disputará...

Juca quer ex-deputado no Gabinete

roberto nunes 400   O presidente do Legislativo cuiabano, vereador Juca do Guaraná, disse que irá convidar o ex-vereador, ex-vice-prefeito e ex-deputado estadual Roberto Nunes (foto) para assumir a Chefia de Gabinete da Presidência. Enfatiza que Roberto é bem articulado politicamente, tem habilidade e experiência e,...

Governo "desmama" senador do Dnit

wellington fagundes 400   O Governo Bolsonaro conseguiu, enfim, "desmamar" Wellington Fagundes (foto) do Dnit. Há décadas, entra e sai governo e o ex-deputado federal por seis mandatos (24 anos) e no cargo de senador desde 2015 vinha indicando apadrinhados no cargo de superintendente regional do Dnit em MT. O último foi Orlando...

Ex-deputado demitido de assessoria

luiz soares 400   O ex-deputado Luiz Soares (foto), hoje com 63 anos, foi exonerado do cargo de assessor parlamentar do contemporâneo Wilson Santos. Ganhava quase R$ 10 mil brutos. Estava lotado no gabinete do deputado tucano havia quase dois anos. Soares é pensionista do extinto Fundo de Assistência Parlamentar, ganhando...

Arsec concede reajuste; prefeito veta

alexandro adriano arsec 400   No último dia 22, a diretoria-executiva colegiada da Agência Municipal de Regulação de Serviços Públicos Delegados de Cuiabá (Arsec), presidida por Alexandro Adriano Lisandro (foto), aprovou índice de reajuste de 2,21% nas tarifas de água e esgoto. E...

Novo ensaio do privilegiado Neurilan

neurilan fraga 400   Neurilan Fraga (foto) transformou mesmo a AMM não apenas num cabide de emprego, mas numa entidade para, em alguns casos, atender a seus interesses pessoais. Ali, investido no cargo de presidente, inclusive já pelo quarto mandato, mesmo não sendo mais prefeito, ele se articula politicamente o tempo todo....

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

O Governo de MT optou pela implantação do BRT em Cuiabá-VG em detrimento do VLT. O que você acha disso?

Estou de acordo

Discordo

Tanto faz

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.