Últimas

Sexta-Feira, 02 de Outubro de 2009, 21h:01 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:24

ENCONTRO

Novos filiados sonham com "carona" nos votos de Riva



Com ausência do presidente regional Chico Daltro, deputado Riva resolve "ciceronear" novos filiados no PP
Fotos: Josinei Moreira

   Confiantes no poder de fogo do presidente da Assembleia, deputado José Riva, que conquistou nada menos que 82 mil votos e deve chegar aos 100 mil em 2010, caso consiga reverter na Justiça sua inelegibilidade - veja aqui, 17 lideranças assinaram a ficha de filiação no PP nesta sexta (2) e já sonham em conquistar uma vaga na AL devido ao elevado coeficiente eleitoral da legenda. “Também sou um dos que querem pegar carona no nome do Riva. Onde ele estiver, vou estar”, reforçou o deputado Maksuês Leite, um dos principais beneficiados pela votação expressiva recebida por Riva nas últimas eleições.

   A solenidade foi marcada pelo clima de euforia dos neo-progressistas e pela ausência do presidente regional da sigla, Chico Daltro. Mesmo assim, Riva assumiu a postura de anfitrião e espalhou faixas pelo plenário Milton Figueiredo. Os dizeres iam desde "Riva saúda todos os correligionários", até "o PP caminha para ser o maior partido do Estado". “Sou da região Oeste e, como a maioria dos prefeitos é do PP, vim para a legenda até mesmo para facilitar a candidatura a deputado estadual. O Riva é uma liderança muito expressiva e ajuda a maioria dos prefeitos da região”, disse o ex-presidente da AMM e de Reserva do Cabaçal, Ezequiel da Fonseca. Secretário-adjunto de Educação, ele resolveu retornar ao PP após um curto período no PR.

   O ex-prefeito de Paranaíta, Pedro de Alcantra, o Pedro Porta Aberta, é outro que ficou na “bronca” com a turma da botina e recorreu aos progressistas para conquistar uma vaga na AL. “Perdi minha reeleição e o Riva sempre esteve ao meu lado. Não faço críticas ao governador Blairo Maggi, mas faltou incentivo. Algumas pessoas do partido não nos deram a devida atenção. Sou do Nortão e faltou valorizarem os companheiros”, reclamou. 

   Terceiro suplente do PSDB na Câmara Federal e também com uma rápida passagem pelo PR, o bispo Sérgio Aguiar aposta nos votos dos fieis da Igreja de Deus no Brasil para conquistar uma das oito cadeiras de deputado a que Mato Grosso tem direito no Congresso. “Temos que nos sentir bem no partido e não consegui isso no PSDB. Veio o convite do Riva e agora me sinto em casa”.

   O ex-presidente da Agência de Habitação de Cuiabá, João Vieira, que também coordenou por alguns dias as obras do PAC, resolveu trocar o PTB pelo PP por entender que o Partido Trabalhista Brasileiro está na sombra dos tucanos, sigla comandada pelo prefeito cuiabano Wilson Santos. “Minha base eleitoral fica na Baixada Cuiabana e, aqui, o PTB virou apêndice do PSDB. Decidi reoxigenar minha vida política”. Em 2002, ele tentou uma cadeira na AL, mas ocupou apenas a primeira-suplência.

   Enquanto os novos filiados tentam pegar carona nos votos de Riva, as demais lideranças pressionam o deputado a encampar a candidatura majoritária ao governo do Estado. “Acredito que o PP terá candidatura própria. O Riva tem aceitação em 70% dos municípios mato-grossenses”, aposta o presidente da Agência de Habitação de Cuiabá, João Emanuel, advogado que já está “de olho” em uma das 19 cadeiras da Câmara da Capital.

   O ato de filiação do PP no plenário Milton Figueiredo, na AL, também foi prestigiado por lideranças que andaram sumidas do cenário político, como o deputado federal Pedro Henry, que acompanhou o presidente da Infraero, Murilo Barboza, em um almoço com Maggi. Deputado estadual cassado, Walter Rabello compôs a mesa de autoridades, junto com Yuri Bastos, secretário de Desenvolvimento do Turismo, saudado como um dos 7 diretores da Agecopa, Deucimar Silva, presidente da Câmara de Cuiabá, Eliene Lima, deputado federal, entre outras lideranças. A única ausência foi a de Chico Daltro, secretário de Ciência e Tecnologia, Chico Daltro, e pré-candidato a deputado federal. (Andréa Haddad)

Postar um novo comentário

Comentários (6)

  • Paulo Roberto | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Só gente boa!!! Maksuês, Riva e Henry.......

  • Narciso | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Vetado por conter expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas.
    Queira, por gentileza, refazer o seu comentário.

  • JEDAE | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Com o estouro da Operação Arca de Noé da Polícia Federal, que resultou na prisão de João Arcanjo Ribeiro, considerado proprietário de empresas de factorings, a polícia descobriu que a Assembleia movimentou com a Confiança Factoring de propriedade de Arcanjo Ribeiro R$ 65 milhões. Igual essa ação tem outras 100. Foram encontrados quase 10 mil cópias de cheques emitidos pela Assembleia para as empresas de Arcanjo Esse é o cara! Será nosso governador em 2010!

  • marcos | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    legal o que tá escrito na faixa, ainda mais recebendo no mesmo momento a notificaçao da condenaçao judicial, bonito pra sua cara....vai devolver o que desviou.....

  • JEDAE | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    ESSE SIM É UM GRANDE PARTIDO. OS NOMES, DEUCIMAR, ELIENE, O HENRY, RIVA, MAKSUES. FALTOU A CHICA, O LUTERO, ROEBRTÃO E CARLOS BRITO PRA FICAR UM TIME COMPLETO. SE GRITAR PEGA NÃO FICA UM. OLHA O MENSALÃO E AS CALCINHAS!

  • ALEXANDRE | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Que mesa de peso. RIVA, PEDRO HENRY. Se somar tudo é muito dinheiro que ja foi. Isso é MT

8 candidaturas e Thelma com chances

thelma de oliveira 400 curtinha   Mesmo sem apoio de nenhum outro partido, a não ser do seu PSDB, enfrentando forte desgaste político e rejeição popular e ainda problemas de saúde, se recuperando de tratamento de câncer de mama, a prefeita Thelma de Oliveira (foto) ainda tem chances de...

Niuan de fora da suplência ao Senado

niuan ribeiro 400 curtinha   O deputado federal José Medeiros não conseguiu segurar o vice-prefeito de Cuiabá, Niuan Ribeiro (foto), como primeiro-suplente de sua chapa ao Senado. Há alguns dias, o filho do ex-vice-governador e ex-deputado Osvaldo Sobrinho vinha demonstrando desejo de pular fora, em meio a...

Jayme incomodado com Flávio em VG

jayme campos 400 curtinha   A candidatura a prefeito de Várzea Grande do empresário Flávio Frical (PSB), principal aposta da oposição, passou a incomodar a família Campos, que apoia o ex-vereador Kalil Baracat, concorrente ao Executivo pelo MDB. Em uma noite que seria de festa, em comemoração...

Acordo com Euclides partiu de Allan

allan kardec 400   Otaviano Pivetta, vice-governador licenciado por 30 dias para cuidar de problemas de saúde, disse que nada tem a ver com o tal acordo "costurado" pelo presidente regional do PDT, deputado Allan Kardec (foto), com Euclides Ribeiro, candidato a senador pelo Avante. Explica que só apresentou Euclides para Allan e...

Família Maia tenta retomar o poder

martha maia 400   O ex-prefeito de Alto Araguaia por quatro vezes, Maia Neto, não entrou na disputa de novo ao Executivo, mas lançou a irmã Martha Maia (foto), cuja filha Sylvia Maia é vereadora. Filiada ao PP, Martha entra como principal candidata da oposição ao prefeito Gustavo Melo, que vai à...

Welinton fará grande ato em Barra

welinton marcos 400 curtinha   Welinton Marcos (foto) lança sua candidatura a prefeito de Barra do Garças, na segunda (28), em um grande ato. Mesmo pelo sistema drive-in, devido à necessidade de adotar medidas sanitárias contra a Covid-19, são esperadas na solenidade cerca de mil pessoas, num espaço amplo,...

MAIS LIDAS

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Você acha que o efeito-Bolsonaro terá impacto no resultado das eleições de novembro em MT?

sim - onda Bolsonaro continua

não - efeito não influencia mais

sei lá!

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.