Últimas

Sábado, 20 de Outubro de 2007, 09h:15 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:19

Artigo

O Brasil precisa do engajamento das mulheres

     Na última quinta-feira (18), a Comissão de Direitos Humanos do Senado aprovou por unanimidade o projeto de ampliação da licença-maternidade de quatro para seis meses para trabalhadoras de empresas privadas. O projeto segue agora para a Câmara dos Deputados e espera-se que seja rapidamente aprovado.
     Momentos como este nos dão a oportunidade de reabrir a discussão sobre a participação da mulher na política, hoje ainda muito pequena em relação à proporção de mulheres na população brasileira.
     Enquanto somos mais da metade da população, não temos mais do que 11% dos cargos para vereador. Já na Câmara dos Deputados, há apenas 47 mulheres entre os 513 parlamentares. E olha que esses números já melhoraram muito nos últimos anos.
     Acredito que a nossa participação deveria ir muito além da que desempenhamos até agora. Um projeto como esse, de extensão da licença-maternidade, beneficia a sociedade como um todo, pois sabemos que o aumento do tempo de amamentação é fundamental para a saúde dos bebês. Mas não seria uma medida que poderia ter sido implementada há mais tempo?
     A tramitação dessa lei já dura quase três anos e há muitas outras boas iniciativas que lá estão emperradas simplesmente porque não há uma bancada feminina mais forte. Quando deputada em 2004, fui a relatora da Lei Nacional de Adoção, que entre outras medidas importantes criava o cadastro nacional de candidatos a adotar crianças brasileiras.
     O cadastro iria facilitar a adoção e abreviar o sofrimento de muitas crianças órfãs do Brasil. Para isso, bastaria que os juizados estaduais fizessem uma integração de sistemas. Mas até hoje o cadastro não está em funcionamento porque temas como adoção, amamentação, saúde da mulher, entre outros, apesar de serem extremamente importantes para a população como um todo, não são prioridade para os nossos senhores congressistas.
     Por isso, é preciso que todas nós, mulheres, façamos uma reflexão sobre o papel político que temos exercido até aqui em nosso município, estado e país. Não podemos ficar à margem destas e de outras discussões importantes para o futuro do país. Temos que ser mais ouvidas e, por que não dizer, mais respeitadas.
     Neste final de semana, o PMDB Mulher recebe em Cuiabá companheiras e simpatizantes de toda a região Centro-Oeste para um encontro do qual sairão inúmeras propostas com vistas a um maior engajamento político da mulher. Tenho a certeza que deste encontro sairão futuras vereadoras, prefeitas, deputadas e, quem sabe, não estaremos dando um primeiro passo rumo à conquista da Presidência da República por uma mulher. Garra para isso todas nós, brasileiras, temos, não é mesmo?!
 

Teté Bezerra é ex-deputada federal, presidente do PMDB Mulher de Mato Grosso e tesoureira do PMDB Mulher nacional.

Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia

PTB tem 25 e deve eleger 2 à Câmara

misael galvao 400 curtinha   O PTB lançou 25 nomes a vereador em Cuiabá. E a tendência é de eleger entre um e dois. As maiores apostas são os seus próprios vereadores: Misael Galvão (foto) e Adevair Cabral, respectivamente, presidente e primeiro-secretário da Mesa Diretora da Câmara....

Retorno à Câmara após 6 mandatos

fulo 400 curtinha   Figura bastante popular, especialmente na região da Vila Operária, Lourisvaldo Manoel de Oliveira, o Fulô (MDB), que foi vereador de Rondonópolis por seis mandatos, está de volta. Hoje suplente, ele assume provisoriamente nesta segunda a cadeira do titular Thiago Muniz, que pediu licença...

Bolsonaro nem aí para políticos de MT

nelson barbudo 400 curtinha   O cerimonial da Presidência da República deu de ombros para os políticos, inclusive para a bancada federal mato-grossense, na visita de Bolsonaro, sexta, em Sinop e Sorriso. Alguns tentaram, de forma insistente, tirar foto com o presidente. E até conseguiram. Mas o capitão preferiu...

Tião com Flávio e "pau" nos Campos

tiao da zaeli 400 curtinha   A maior bronca dos Campos em Várzea Grande hoje é com o ex-prefeito Tião da Zaeli (foto), que motivou o amigo e empresário Flávio Vargas, dono do frigorífico Frical, a entrar na disputa à sucessão municipal. E Flávio conseguiu construir um amplo arco de...

A única dos maiores fora da reeleição

rosana martinelli 400 curtinha   Seis dos 10 prefeitos dos maiores municípios de MT poderiam disputar a reeleição neste ano por estarem no primeiro mandato ou já tendo exercido outros não consecutivos. E, destes, somente Rosana Martinelli (foto), de Sinop, não se recandidatou. Percebeu dificuldades...

Poconé tem 4 no páreo; Euclides dança

euclides santos 400 curtinha   Em Poconé, o ex-prefeito Euclides Santos (foto) nadou e morreu na praia. Numa queda de braço dentro do PSDB, Euclides, que havia se mudado para Cuiabá e tem o filho na disputa para vereador, perdeu espaço e autonomia para a ex-prefeita Meire Adauto, presidente municipal da legenda tucana e...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Você acha que o efeito-Bolsonaro terá impacto no resultado das eleições de novembro em MT?

sim - onda Bolsonaro continua

não - efeito não influencia mais

sei lá!

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.