Últimas

Segunda-Feira, 18 de Dezembro de 2006, 09h:25 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:15

Artigo

O crescimento econômico de Cuiabá

"A cidade de Cuiabá atingiu nível de excelência entre as capitais brasileiras no quesito renda per capita". É o que sustenta o economista e ex-secretário de Finanças da Prefeitura de Cuiabá, Vivaldo Lopes, em artigo publicado nesta segunda (18), no Diário de Cuiabá.

Confira na reprodução abaixo

 

       A cidade de Cuiabá atingiu nível de excelência entre as capitais brasileiras no quesito renda per capita. Segundo estudo divulgado esta semana pelo IBGE, com base em dados dos anos de 1999 a 2004, a capital mato-grossense apresentou excepcional crescimento no seu Produto Interno Bruto – PIB, ficando com a 10ª posição entre as capitais no item PIB per capita, que é o resultado da divisão do valor monetário do PIB pela população. Fica à frente de capitais vizinhas como Campo Grande e Goiânia e até mesmo de capitais de estados expressivos como Salvador e Recife. O PIB per capita de Cuiabá, nesse período, é 39% maior que o de Campo Grande (MS) e 37% superior ao de Goiânia (GO). O valor do PIB per capita de Cuiabá, de R$ 10.025,00 é superior à média do país, que é de R$ 9.729,00.

           Vários fatores sociais e econômicos contribuíram, ao longos desses anos, para conduzir Cuiabá à posição de destaque entre as capitais. O último levantamento do IPEA/PNUD sobre o Índice de Desenvolvimento Econômico – IDH dos municípios brasileiros já indicava que o IDH de Cuiabá também é superior à média nacional. O IDH é o indicador universalmente utilizado para medir a qualidade de vida da população de determinada região.

              No período do levantamento do IBGE, 1999 a 2004, foi montado em Cuiabá um dos melhores sistemas de proteção social das capitais. Esse sistema contempla desde o atendimento gratuito de crianças em creches municipais e filantrópicas, ampliação do programa de saúde da família, programas de aceleração do aprendizado no ensino fundamental e de alimentação escolar, até unidades de apoio à juventude, à mulher violentada e centros de convivência para a população da terceira idade. Além desses programas públicos, muitas empresas implantam seus próprios projetos de responsabilidade social, contribuindo para melhorar a qualidade de vida na cidade. Volume expressivo de recursos investidos em asfaltamento, na infra-estrutura urbana, em saneamento básico contribuíram para melhorar as condições habitacionais, reduzindo a mortalidade infantil e a incidência de algumas doenças derivadas das más condições básicas de saneamento e moradia, diminuindo, por conseguinte, os gastos de atendimento na rede pública de saúde. No campo econômico, o Programa de Desenvolvimento Econômico de Cuiabá – Prodec, que prevê a isenção temporária de tributos municipais (ITBI, IPTU, ISSQN) para empresas que se instalem na cidade, atraiu mais de cinqüenta novas empresas, gerando mais empregos, renda e consumo, aquecendo, consequentemente, o comércio e a indústria locais.

           Contribuiu também para esse salto de qualidade de Cuiabá o fato dela ser uma privilegiada beneficiária do crescimento da economia de Mato Grosso no período de 1999 a 2004. Propulsionado pelos bons ventos que sopraram as velas do agronegócio nesse período, a economia de Mato Grosso teve crescimento expressivo. O PIB de Mato Grosso cresceu a uma média anual três superior à média do crescimento do país. Na posição de capital e cidade que tem a maior base industrial do estado, melhor infra-estrutura urbana, a maior rede de serviços estruturantes (hotéis, universidades, centros de convenções, consultorias, aeroporto, sede administrativa do governo estadual, do legislativo e do judiciário, etc), Cuiabá, naturalmente capitaliza boa parte dos recursos privados direcionados para investimentos em Mato Grosso. Indústrias fornecedoras de insumos ou processadoras da produção agropecuária encontram boas condições de infra-estrutura logística, econômica e social para se instalar em Cuiabá. Parte expressiva do capital acumulado pela agropecuária e pelos “players” do agronegócio é reinvestida em novos negócios em Cuiabá, quer seja no comércio, instalação de novas indústrias ou na aquisição de imóveis residenciais e comerciais. Os filhos do agronegócio vêem para Cuiabá à procura de ensino superior de boa qualidade, além da excelente rede cultural e de entretenimentos que a cidade oferece.

           Para orgulho de mato-grossenses e cuiabanos, a progressiva melhora de Cuiabá no ranking econômico e social das capitais brasileiras não foi fruto do acaso mas sim resultado de boas políticas públicas dos governos municipal e estadual e do espírito empreendedor dos empresários cuiabanos e mato-grossenses que aqui vislumbram bom ambiente de negócios e boas condições para se viver bem.



* VIVALDO LOPES é economista, especializado em Gestão Financeira pela FIA/USP, consultor da Fundação Getúlio Vargas

Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia

Pátio, "chororô" e chance de reeleição

ze do patio 400 curtinha   Em Rondonópolis, o prefeito Zé do Pátio (foto), com seu estilo populista, adotou a estratégia de se passar por vítima dos grupos políticos. Leva sempre a mensagem para as massas de que é um prefeito rejeitado pela elite política pelo simples fato de estar apoiando os...

Taques nem aí para colegas tucanos

pedro taques 400 curtinha   Caiu a ficha, enfim, da cúpula do PSDB em MT sobre o jogo de cena de Pedro Taques (foto). Os tucanos esperaram até ontem para ver se o ex-governador iria ao partido se pronunciar sobre eventual pretensão em disputar o Senado. Taques deu de ombros para os colegas de partido, que lançaram hoje,...

Campos e tese sobre vice de Emanuel

joacelestino_curtinha_400   Depois de uma reunião na segunda passada, na casa do prefeito Emanuel, com pré-candidatos ao Senado, entre eles, Leitão, Neri, Max, Júlio e Jayme, ficaram conversando de forma reservada o prefeito de Cuiabá e os irmãos Campos. Ali, finalizaram um acordo de cavalheiros para que o...

Recuo do DEM e agora no Republicano

gabriel guilherme 400 curtinha   O DEM terá de excluir da lista de pré-candidatos a vereador pela Capital o nome do jovem Gabriel Guilherme (foto), de 22 anos. Ele optou por se filiar ao Republicano. Lotado na Assembleia como assistente da Secretaria de Orçamento e Finanças e filho do ortopedista Paulo Fonseca...

Galvan vai deixar PDT e ir pra o PRTB

antonio galvan 400 curtinha   Embora não tenha perdido de vistas o Aliança pelo Brasil, partido que está sendo criado por Bolsonaro, Antonio Galvan (foto), presidente da Aprosoja e que acabou levado à frigideira dentro do PDT em meio ao embate por tentativa de candidatura ao Senado, se mostra disposto a ingressar no...

"Pátio igual gato, comendo e miando"

jose medeiros 400 curtinha   O deputado José Medeiros (Podemos), vice-líder do Governo Bolsonaro na Câmara, disse que o prefeito Zé do Pátio, de Rondonópolis, está parecendo gato, comendo e miando, pois recebe recursos federais, inclusive de programas habitacionais e, mesmo assim, ainda alardeia nos...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Na sua opinião, como está indo o Governo Bolsonaro...

excelente

bom

razoável

ruim

péssimo

não sei

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.