Últimas

Segunda-Feira, 18 de Dezembro de 2006, 09h:25 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:15

Artigo

O crescimento econômico de Cuiabá

"A cidade de Cuiabá atingiu nível de excelência entre as capitais brasileiras no quesito renda per capita". É o que sustenta o economista e ex-secretário de Finanças da Prefeitura de Cuiabá, Vivaldo Lopes, em artigo publicado nesta segunda (18), no Diário de Cuiabá.

Confira na reprodução abaixo

 

       A cidade de Cuiabá atingiu nível de excelência entre as capitais brasileiras no quesito renda per capita. Segundo estudo divulgado esta semana pelo IBGE, com base em dados dos anos de 1999 a 2004, a capital mato-grossense apresentou excepcional crescimento no seu Produto Interno Bruto – PIB, ficando com a 10ª posição entre as capitais no item PIB per capita, que é o resultado da divisão do valor monetário do PIB pela população. Fica à frente de capitais vizinhas como Campo Grande e Goiânia e até mesmo de capitais de estados expressivos como Salvador e Recife. O PIB per capita de Cuiabá, nesse período, é 39% maior que o de Campo Grande (MS) e 37% superior ao de Goiânia (GO). O valor do PIB per capita de Cuiabá, de R$ 10.025,00 é superior à média do país, que é de R$ 9.729,00.

           Vários fatores sociais e econômicos contribuíram, ao longos desses anos, para conduzir Cuiabá à posição de destaque entre as capitais. O último levantamento do IPEA/PNUD sobre o Índice de Desenvolvimento Econômico – IDH dos municípios brasileiros já indicava que o IDH de Cuiabá também é superior à média nacional. O IDH é o indicador universalmente utilizado para medir a qualidade de vida da população de determinada região.

              No período do levantamento do IBGE, 1999 a 2004, foi montado em Cuiabá um dos melhores sistemas de proteção social das capitais. Esse sistema contempla desde o atendimento gratuito de crianças em creches municipais e filantrópicas, ampliação do programa de saúde da família, programas de aceleração do aprendizado no ensino fundamental e de alimentação escolar, até unidades de apoio à juventude, à mulher violentada e centros de convivência para a população da terceira idade. Além desses programas públicos, muitas empresas implantam seus próprios projetos de responsabilidade social, contribuindo para melhorar a qualidade de vida na cidade. Volume expressivo de recursos investidos em asfaltamento, na infra-estrutura urbana, em saneamento básico contribuíram para melhorar as condições habitacionais, reduzindo a mortalidade infantil e a incidência de algumas doenças derivadas das más condições básicas de saneamento e moradia, diminuindo, por conseguinte, os gastos de atendimento na rede pública de saúde. No campo econômico, o Programa de Desenvolvimento Econômico de Cuiabá – Prodec, que prevê a isenção temporária de tributos municipais (ITBI, IPTU, ISSQN) para empresas que se instalem na cidade, atraiu mais de cinqüenta novas empresas, gerando mais empregos, renda e consumo, aquecendo, consequentemente, o comércio e a indústria locais.

           Contribuiu também para esse salto de qualidade de Cuiabá o fato dela ser uma privilegiada beneficiária do crescimento da economia de Mato Grosso no período de 1999 a 2004. Propulsionado pelos bons ventos que sopraram as velas do agronegócio nesse período, a economia de Mato Grosso teve crescimento expressivo. O PIB de Mato Grosso cresceu a uma média anual três superior à média do crescimento do país. Na posição de capital e cidade que tem a maior base industrial do estado, melhor infra-estrutura urbana, a maior rede de serviços estruturantes (hotéis, universidades, centros de convenções, consultorias, aeroporto, sede administrativa do governo estadual, do legislativo e do judiciário, etc), Cuiabá, naturalmente capitaliza boa parte dos recursos privados direcionados para investimentos em Mato Grosso. Indústrias fornecedoras de insumos ou processadoras da produção agropecuária encontram boas condições de infra-estrutura logística, econômica e social para se instalar em Cuiabá. Parte expressiva do capital acumulado pela agropecuária e pelos “players” do agronegócio é reinvestida em novos negócios em Cuiabá, quer seja no comércio, instalação de novas indústrias ou na aquisição de imóveis residenciais e comerciais. Os filhos do agronegócio vêem para Cuiabá à procura de ensino superior de boa qualidade, além da excelente rede cultural e de entretenimentos que a cidade oferece.

           Para orgulho de mato-grossenses e cuiabanos, a progressiva melhora de Cuiabá no ranking econômico e social das capitais brasileiras não foi fruto do acaso mas sim resultado de boas políticas públicas dos governos municipal e estadual e do espírito empreendedor dos empresários cuiabanos e mato-grossenses que aqui vislumbram bom ambiente de negócios e boas condições para se viver bem.



* VIVALDO LOPES é economista, especializado em Gestão Financeira pela FIA/USP, consultor da Fundação Getúlio Vargas

Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia

Calistro, dúvida à reeleição e Sumaia

sumaia leite 400 curtinha   Jânio Calistro, reeleito para o 2º mandato de vereador em 2016 e como o mais votado em Várzea Grande, com 3.658 votos pelo PSD, se mudou para o DEM dos Campos, mas ainda avalia se vai encarar o teste das urnas deste ano. Ele se mostra um tanto baqueado, após ficar preso por três meses. E...

Grupos convergem para Emanuelzinho

emanuelzinho 400   O jovem deputado federal Emanuelzinho (foto) está cada vez mais empolgado com a possibilidade de disputar a Prefeitura de Várzea Grande. Até se mudou da Capital para a cidade vizinha, onde montou apartamento no Edifício Maktub. Uma das revelações políticas do PTB, Emanuelzinho tem...

Câmara de ROO e pasta de Controle

orestes miraglia 400 curtinha   A Câmara de Rondonópolis deu de ombros para uma decisão do Tribunal de Justiça e, em primeira votação, aprovou mensagem do prefeito Zé do Pátio, criando a secretaria de Transparência Pública e Controle Interno (SETRACI) em...

Morre pai do secretário da Casa Civil

Mauro Carvalho pai   Faleceu, aos 97 anos, o pai do secretário-chefe da Casa Civil, Mauro Carvalho. O empresário, que também emprestava o nome ao filho, Mauro Carvalho, foi vítima de um infarto nesta quinta (9). A informação foi confirmada pela deputada estadual Janaina Riva (MDB) que publicou nota de...

Deucimar vence Covid-19 após 20 dias

deucimar silva 400 curtinha   Após 13 dias numa unidade intensiva e mais sete se recuperando no leito de hospital, o empresário e ex-vereador pela Capital, Deucimar Silva (foto), recebeu alta médica nesta terça. Ele está curado da Covid-19. Ex-presidente da Câmara Municipal, Deucimar ficou emocionado, fez...

Estudo sobre 13º a vereadores de VG

jaqueline jacobsen curtinha 400   A conselheira-substituta Jaqueline Jacobsen (foto) estabeleceu prazo de 120 dias, em sessão de julgamento do TCE por videoconferência no último dia 2, para que o presidente da Câmara de Várzea Grande, Fábio Tardin, realize estudo prévio de impacto...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Em Cuiabá, o prefeito suspendeu a decisão de implantar rodízio de veículos entre placas pares e ímpares devido à Covid-19. Mas quer debater a ideia. Você concorda com rodízio?

concordo

discordo

tanto faz

não sei

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.