Últimas

Quinta-Feira, 04 de Janeiro de 2007, 06h:41 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:15

Artigo

O final do fim de ano

    O economista Paulo Ronan revela, em artigo publicado nesta quinta (4) no Diário de Cuiabá, que coleciona amigos e menciona alguns deles.

Confira abaixo a reprodução na íntegra do artigo.

   Tem pessoas que colecionam revistas. Outras, discos. Tem algumas mais afoitas que colecionam mulheres. Têm as endinheiradas que já preferem fazendas, quadros, bois etc. Eu coleciono amigos. Tenho uma boa coleção, e entre os melhores exemplares tem o Aylon e sua família. Marcamos de encontrar uma vez no Rio de Janeiro. Eu, meu povo e o povo dele. Mas problemas me impediram de chegar no dia combinado e fui aparecer quando faltava um dia para eles virem embora. Cheguei em tempo de irmos esvaziar umas garrafas (muitas delas, diga-se passagem) lá no Bar Urca, no bairro do mesmo nome. O boteco que já foi motivo de uma mobilização de quase todos os bebedores da cidade contra um decreto do prefeito César Maia, que proibia mesas na calçada em frente ao boteco.

    Realmente, tinham lá os técnicos de postura da prefeitura suas motivações técnicas. O bar fica numa calçada e a turma só senta do outro lado da rua na mureta que dá de frente para a Enseada de Botafogo. É um eterno vai e vem cruzando a rua. É garçom, filhos ainda criançasdos freqüentadores, bêbados indo ao banheiro etc. E motorista de ônibus buzinando, “rolo para mais de metro”. Mesmo assim o prefeito cedeu aos sofisticados argumentos da turma da cana e o decreto foi revogado.

    Aylon tem um cunhado. Todos nós temos cunhados. E este cunhado fez um comentário neste dia lá no boteco da Urca. Ao fecharmos a conta para batermos em retirada ele lembrou que no último dia das férias - já que iria embora no outro dia - parecia que estava tudo começando, de tão boa que foi a farra. Coisa de especialista.

    Lembrei deste fato diante deste final de ano. Quando parecia que tudo já tinha acontecido o final do fim apareceu com novidades.

    O crime do Rio se uniu nos últimos dias do ano e desafiou o governo com uma série de atentados contra a população e alvos militares. Faz isso por vingança por conta da crescente presença dos grupos paramilitares no negócio da cocaína e da maconha na cidade. Lula de improviso classificou tal movimentação como terrorismo e foi o que saiu de sua posse na imprensa internacional, ou seja, a entrada do Brasil no circuito do terror, o que pode atrapalhar a candidatura da cidade a promover as olimpíadas e o país a sediar a copa de 2014. Os adversários gostaram e a Colômbia pediu explicações a Fifa que a desclassificou da disputa conosco exatamente por conta da violência das suas cidades. Prejuízos já poderão ser sentidos agora nos Jogos Pan-Americanos.

    No dia 30 de dezembro, portanto penúltimo dia do ano, a justiça iraquiana resolveu antecipar a execução da pena de morte imputada a Saddam Hussein. Todos esperavam que ele fosse executado depois do dia 15 de janeiro. Quarta-feira, ontem, dia 3, cinco dias depois da execução o promotor do caso decclarou que chegou a pensar em adiar a execução quando Saddam já era carregado pelos carrascos. Os advogados de Saddam não entraram com recurso e as filhas dele elogiaram sua postura diante dos carrascos. Parece que ele gostou deste fim. A falta de recurso me intriga. A rapidez também. Tudo me intriga nesta coisa.

    E por ultimo, também no dia 30, a nota mais triste. O ETA rompe a trégua na Espanha. Zapatero anunciou ontem o fim do diálogo. Nossa imprensa ainda absolvida pelas as notícias de posses e discurso dos novos governadores vem trazendo muito pouco sobre as motivações desta reviravolta. Uma pena. Eu queria que fosse com o partido socialista no poder que estas agressões fossem enterradas na Espanha. Agora é rezar.



* PAULO RONAN é economista, ex-professor de Economia da UFMT (cpmpj@uol.com.br)

Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia

Caminho bem consolidado à reeleição

leonardo 400 curtinha   Dos prefeitos que podem ir à reeleição de cidades pólos, o que encontra situação mais confortável é Leonardo Bortolini, o Léo (foto), de Primavera do Leste. Bem articulado e habilidoso politicamente e com uma relação extensa de obras e...

PSDB e balão de ensaio para prefeito

paulo borges 400 curtinha   Bastante enfraquecido e fragilizado, após perda do comando do Executivo estadual e de quadro de filiados, o PSDB anuncia que terá candidato a prefeito de Cuiabá. E até lista três "prefeitáveis", sendo eles os empresários Luiz Carlos Nigro e Dorileo Leal, além do...

Grupo de Fabinho ávido pelo poder

fabio tardin 400 vereador   Uma ala do DEM de Várzea Grande, que se sente excluída do Paço Couto Magalhães, está torcendo pela cassação da prefeita Lucimar e do vice Hazama. O placar do julgamento no TSE está em 2 a 1 pela manutenção do mandato. Esse bloco anti-Lucimar é...

Vereadores oficializam 2 férias por ano

emerson 400 alta floresta curtinha   Os vereadores de Alta Floresta, no Nortão, aproveitaram este período de pandemia, com as atividades presenciais suspensas, para garantir dois períodos de "férias" por ano. Em decisão desta segunda, a Câmara Municipal, presidida por Emerson Sais Machado (foto), alterou o...

Comissão da Câmara sob efeito-Covid

renivaldo 400 curtinha   Em meio às discussões sobre transparência e compras emergenciais de medicamento, insumos e equipamentos às unidades de saúde, na luta contra a pandemia da Covid-19, a Câmara de Cuiabá criou uma Comissão Especial, composta por três vereadores. Tem a...

Ex-secretária Martha Maia com Covid

martha maia 400   A ex-secretária de Saúde e de Promoção Social de Alto Araguaia, Martha Maia (foto), anunciou nesta terça à noite que foi diagnosticada com Covid-19. Apesar disso, não está tendo sintomas da doença e já segue as recomendações padrões de ficar...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Até dezembro, o IFMT terá eleição para Reitoria. Quem você acha que será eleito dos candidatos abaixos?

Deiver Alessandro

Julio Santos

Nenhum deles

Não tenho ideia

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.