Últimas

Terça-Feira, 08 de Maio de 2007, 08h:29 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:15

Artigo

O papa no Brasil

   

     A pretexto de canonizar o primeiro santo brasileiro, o papa chega amanhã para presidir uma reunião com o episcopado da América Latina e do Caribe, a região do planeta que conta com maior número de católicos nominativos, não exatamente de católicos praticantes.
    Para colocar frei Galvão na galeria dos santos, ele não precisaria vir ao Brasil, poderia fazê-lo em Roma, onde geralmente é proclamada a santidade de alguém que passou pela vida fazendo o bem.
    A mídia acredita que a vinda de Bento 16 seja uma estratégia para deter o crescimento de seitas evangélicas, que são numerosas e diversificadas, tendo como base uma visão do cristianismo que transfere para este mundo as promessas de salvação e libertação do povo de Deus.
    Os diversos ramos evangélicos originários de uma nova interpretação dos textos bíblicos iniciada por Lutero, em tempos de púlpito eletrônico continuam tendo milhões de adeptos, sobretudo em países socialmente subdesenvolvidos.
Estruturada há 2.000 anos numa base doutrinária, a Igreja Católica considera-se depositária dos ensinamentos que marcaram a civilização ocidental. Cultiva uma visão transcendental do ser humano, destinado à vida espiritual no projeto de um Deus único.
    Ela não despreza o lado carismático de sua missão, mas não o explora como panacéia para os males sociais e individuais da condição humana. É criticada por isso e perdeu milhares de cristãos que procuram consolação ou cura para problemas que vão do desemprego ao vício das drogas, das doenças às desavenças profissionais ou familiares.
    Reunindo-se com os bispos da região mais pobre do ocidente, o papa não está interessado em aumentar o número de fiéis, mas a qualidade realmente cristã dos católicos.

Carlos Heitor Cony articulista da Folha de S. Paulo

Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia

PT na oposição independente do eleito

edna sampaio 400   Independente de quem ocupar o Palácio Alencastro, a partir de janeiro, a professora Edna Sampaio (foto), única eleita pelo PT à Câmara de Cuiabá, fará oposição ao prefeito. E dá sinais de que será uma parlamentar bastante atuante. Neste segundo turno, como o seu...

Secretário não consegue eleger Fred

fred gahyva 400 curtinha   O vereador licenciado e secretário estadual de Saúde, Gilberto Figueiredo, foi um cabo eleitoral incansável pela candidatura de Fred Gahyva (foto) a vereador pela Capital. Ele liderou reuniões nas unidades de saúde, reforçando pedido de voto para o aliado e amigo de...

Deputado agora pula de palanque

elizeu nascimento 400 curtinha   O ex-vereador e hoje deputado estadual Elizeu Nascimento (foto), que amargou a oitava colocação na disputa ao Senado na eleição suplementar do último dia 15, mudou de lado, como se troca de camisa. Em princípio, era apoiador do projeto de reeleição do prefeito...

Ex-aliado, Sales lembra quem é Abílio

coronel sales 400   Em mensagem enviada aos amigos, reforçando pedido de voto para Emanuel Pinheiro, o coronel PM da reserva e secretário de Ordem Pública da Capital, Leovaldo Sales (foto), diz conhecer bem os dois candidatos que disputam, neste segundo turno, o Palácio Alencastro. Sobre Emanuel, lembra que este tem...

Uma perna no muro e dicas indiretas

eduardo botelho 400 curtinha   O presidente da Assembleia, Eduardo Botelho (foto), chega ao final deste 2º turno das eleicões em Cuiabá com uma perna no muro. Ele liberou toda sua equipe para votar em quem quiser e todos pedem voto para Emanuel. Já Botelho, particulamente, preferiu não assumir publicamente o seu...

Nezinho, nova derrota e aposentadoria

nezinho 400   Aos 69 anos, o petebista Carlos Roberto da Costa, o Nezinho (foto), considerado da velha guarda política, tentou, mas foi reprovado nas urnas em Nossa Senhora do Livramento. Ele concorreu a prefeito em quatro pleitos. E já exerceu dois mandatos. Nezinho já foi secretário-adjunto de Fazenda do Estado,...