Últimas

Sexta-Feira, 29 de Dezembro de 2006, 14h:49 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:15

Artigo

O PFL-MT, a encruzilhada e o Ano Novo

     (*) Otávio Jacarandá

 

     O Partido da Frente Liberal em nosso Estado inicia o Ano Novo e o segundo mandato do Governador Blairo Maggi, numa encruzilhada.

 Está ai uma grande oportunidade para que o nosso Partido tome caminho mais autentico rumo a uma grande renovação.

       Elegemos cinco Deputados Estaduais, sendo dois deles em primeiro mandato, ficamos com uma bancada coesa, competente e com homens de grande experiência política.

      Dentre eles está um dos mais experimentado parlamentar de nossa terra; Humberto Bosaipo que tem demonstrado eficácia e eficiência em sua caminhada política, eleito pela quinta vez consecutiva, fato inédito em nossa política.

 Elegemos ainda um Senador da Republica, Jaime Campos, e agora contamos com 2/3 da bancada do Senado – MT.

      Convivi com Jaime novamente na campanha deste ano e vi um Jaime renovado, diferente, melhor preparado, estudioso e com projetos objetivos, como a Emenda Constitucional para impor limite na carga tributária, de até_25 % do PIB.

     Nosso Senador em palanque teve a coragem de abraçar causas desta natureza. Está ai, portanto, uma grande liderança que junto com Jonas Pinheiro, mostrarão porque estão na casa maior do Legislativo Federal. 

     Temos voz no Parlamento e agora necessitamos saber o que realmente queremos.

Se participamos do apoio a Blairo nesta eleição é porque reconhecemos nele o ideal para continuar a Governar  o nosso Estado. Portanto, já confirmamos que seu primeiro Governo foi excelente. Se não por que o apoiamos?

     E agora o que queremos no segundo mandato? Brigar por espaço é democrático? 

    Vamos reivindicar Secretarias, órgãos, só para reivindicar? É claro que não. Devemos reivindicar sim, mas desde que tenhamos propostas de gestão para cada uma das reivindicações.

Exemplifico:  O Detran por que e para que? Devemos apresentar um projeto nesta área viável e que possamos mostrar ao Governador que queremos administrar o Detran para a atingir um objetivo definido, uma nova solução para este setor?

Pretendemos a Secretaria de Saúde? Então, que apresentemos um projeto mostrando que temos soluções de gestão para que os recursos destinados à Saúde tenham resultados concretos.

Pretender só para justificar a presença no governo, não deve.

         Devemos sim, participar do governo com propostas de Políticas Publicas atingindo o interesse e a necessidade da população.

Teremos que zerar em relação as indicações do segundo, terceiro, e quarto escalões.

Onde estavam os atuais indicados por nos do Partido na campanha do nosso Senador e dos nossos Deputados? O numero apresentado é de centenas.  Pergunto são filiados ao Partido? Estavam buscando objetivos traçados pelo Partido? Tudo bem, necessitamos prestigiar o filiado, mas também mostrarmos a cada um a sua missão:

Respeitar o Governador e respeitar o Partido, obedecendo aos princípios fundamentais da Administração Pública. Legalidade, Impessoalidade, Moralidade, Publicidade e Eficiência.

       Os nossos Deputados Estaduais já se entenderam no sentido de uma nova dinâmica nas indicações, não apadrinhamento e que cada indicação é a contribuição Partidária para ajudarmos o Governador a Governar para o bem das pessoas e do Estado.

       É hora de renovarmos nossos diretórios, em março temos eleições, o momento é oportuno para em cada município ampliarmos nossos quadros de filiados. Precisamos nos aproximar da classe media e alta, das entidades de classe, da iniciativa privada e mostrarmos que não só sabemos fazer política com assistencialismo e clientelismo nas classes sociais inferiores, mas que temos propostas concretas para bem administrar os escassos recursos. Exemplifico: Cuiabá, onde a classe média em todo Brasil está espremida pela política econômica do Governo Federal, e ainda desatendida pelo Governo Municipal. Ruas esburacadas, falta de água, os empresários levando seus empreendimentos para Mato Grosso do Sul. O município de Cuiabá não consegue acompanhar o próprio desenvolvimento. Vamos chamar empresários lideres de seguimentos e entidades organizadas para participar de nosso partido.

       O nosso Senador eleito Jaime Campos já na campanha iniciou este processo, ou seja, novas lideranças surgindo que vieram a apoiá-lo.

Vamos agora buscá-los para participarem de nossos diretórios e aproveitarmos para “oxigenar” o Partido.

       Vamos nos preparar para eleições municipais em Cuiabá e em todos os outros cento e quarenta municípios. Em Cuiabá, Várzea Grande, Rondonópolis, Sinop, Sorriso, temos quadro para lançarmos candidaturas próprias. Os nossos cinco parlamentares são candidatos fortes para elegermos nestas cidades.

      Com um projeto moderno e visão de futuro, temos em nossos quadros candidatos em potencial para sermos um partido do tamanho de nosso Estado.

      Somente assim mostraremos para que e porque viemos. E sair desta encruzilhada escolhendo o melhor caminho, mostrando para a sociedade que não queremos indicar por indicar e sim participar com projetos concretos para o desenvolvimento de nosso Estado.

 _________________________________________

(*) Otávio Jacarandá é gestor público e militante do PFL, de cujo diretório regional foi primeiro-secretário (95/98)  

Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia

Poconé tem hoje vários "prefeitáveis"

euclides santos 400 curtinha   O ex-vereador e ex-prefeito de dois mandatos de Poconé, Euclides Santos (foto), que era do MDB e agora está no PSDB, vem se movimentando nos bastidores para concorrer novamente à sucessão municipal. Seria um dos nomes de oposição ao prefeito Tatá Amaral, que vai tentar...

Apostas do PTB para vereador em VG

silvio fidelis 400 curtinha   Detentor da segunda maior bancada na Câmara de Várzea Grande, com cinco assentos, atrás somente do DEM da prefeita Lucimar, que conta com sete vereadores, o PTB aposta na hipótese de ao menos manter as cinco vagas. E todos os seus vereadores vão à reeleição, sendo...

Despesas e o uso eleitoreiro de CPI

marcelo bussiki 400 curtinha   Buscando visibilidade pela reeleição em ano eleitoral, alguns vereadores da Capital, vergonhosamente, usaram e abusaram de dinheiro público para promoção pessoal na esteira da CPI do Paletó. A tendência é do relatório paralelo que pede afastamento do...

Sorriso incentiva 40 projetos culturais

ari lafin 400 curtinha   A seis meses de concluir o mandato, o prefeito de Sorriso, Ari Lafin (foto), estabeleceu, dentro do Plano Municipal de Cultura, o "PROMIC - Festival da Cultura 2020" para contemplar 40 projetos cujos valores somam R$ 340 mil, envolvendo artes visuais, artes cênicas, cultura popular, música, audiovisual,...

Quase R$ 2 mi para o Lucas Protegida

binotti 400 curtinha   A Prefeitura de Lucas do Rio Verde, sob Luiz Binotti (foto), contratou, por R$ 1,9 milhão, um consórcio formado pela Rocha Comércio de Equipamentos, que ficará com a maior "fatia" de R$ 1,4 milhão, e a Airplates Tecnologia da Comunicação, com R$ 521,7 mil, para desevolver o...

Silêncio sobre operação e elo com MBL

ulysses moraes 400 curtinha   O deputado de primeiro mandato Ulysses Moraes (foto), que deixou o DC e se filiou ao PSL, coordenador em Mato Grosso do Movimento Brasil Livre (MBL) e chamado por muitos de paladino da moralidade, mesmo sendo bastante ativo nas redes sociais, não usou a internet para comentar a operação da...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Em Cuiabá, o prefeito suspendeu a decisão de implantar rodízio de veículos entre placas pares e ímpares devido à Covid-19. Mas quer debater a ideia. Você concorda com rodízio?

concordo

discordo

tanto faz

não sei

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.