Últimas

Quinta-Feira, 03 de Maio de 2007, 02h:00 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:15

Artigo

O PT - não é mais aquele

    Em artigo abaixo, o acadêmico de Direito, Aguinaldo da Silva Campos, toca na ferida do PT. Expõe as contradições da legenda que, de opositora ferrenha, agora virou aliada do governo Maggi. Confira.

    O Estatuto do Partido dos Trabalhadores, em art. 1º, prevê: “O Partido dos Trabalhadores (PT) é uma associação voluntária de cidadãs e cidadãos que se propõem a lutar por democracia, pluralidade, solidariedade, transformações políticas, sociais, institucionais, econômicas, jurídicas e culturais, destinadas a eliminar a exploração, a dominação, a opressão, a desigualdade, a injustiça e a miséria, com o objetivo de construir o socialismo democrático”.
    O Partido dos Trabalhadores cumpria rigorosamente o que previa o seu estatuto. Os seus membros defendiam com unhas e dentes a isonomia entre a massa pobre com aqueles abastados economicamente com o firme propósito de construir uma sociedade justa, igualitária e fraterna.
    Porém, todo esse ideal foi por água abaixo quando elegemos Luiz Inácio Lula da Silva Presidente da República, pois a partir daí o sonho virou pesadelo. Os sociais democratas deram lugar aos neoliberais que eles (PT) tanto criticaram. Tudo com a desculpa esfarrapada da governabilidade. A mudança radical de comportamento dos membros do PT se deu em efeito cascata. O Presidente deixou seus ideais de luta e os seus seguidores assim, também, o fizeram.
    No nosso Estado saiu de cena a combativa Senadora Serys Marly que passou a ser submissa as determinações do Palácio do Planalto. O guerreiro Carlos Abicalil deu lugar ao defensor dos petistas que desviaram suas condutas no Congresso Nacional.
   O deputado Saguas que nunca enganou ninguém, agora assumiu o que todos sabiam, ou seja, sempre foi aliado de Maggi.   
   A ex-deputada estadual, Verinha Araújo, sempre se destacou pela sua postura firme em defesa dos menos favorecidos. Ela (Verinha) exercia uma oposição radical ao Governo Maggi. Mas, hoje sem mandato a Ex-Deputada muda radicalmente de posição. De ferrenha oposicionista do governo Maggi, passa a ser aliada de primeira hora. De fiscal das ações do Chefe do Poder Executivo, passa a ser empregada (emprego público) do mesmo, exercendo a função de Secretaria Adjunta da Secretaria de Educação.
Infelizmente, já não fazem petistas como antigamente.Quem imaginária que um dia o PT seria aliado do Governador Maggi (o maior produtor rural do País).
  A verdade é uma só os petistas apaixonaram pelo poder e fazem de tudo para recuperarem o tempo perdido, ou seja, o tempo em que tinham ideais e deles não abriam mão em trocas de cargos nos governos anteriores.
   Uma pena que o PT se apaixonou pelo Poder.A paixão é perigosa, pois ela cega e deixará feridas de difícil cicatrização e quando a lua de mel passar verão que tudo foi ilusão.
 

 Agnaldo da Silva Campos é servidor público estadual e acadêmico de Direito em Cuiábá

Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia

Governador tenta constranger prefeito

mauro mendes 400 curtinha   Mauro Mendes (foto) tentou constranger o prefeito Emanuel, nesta segunda, na festa da entrega para funcionamento pleno do Hospital Municipal de Cuiabá. Na presença de diversas autoridades, inclusive dos últimos cinco governadores, com exceção de Silval, o atual chefe do Executivo, em...

3 vereadores cuiabanos no Cidadania

diego guimaraes 400 curtinha   O Cidadania, hoje sem voz na Câmara de Cuiabá, poderá ter três vereadores a partir de março de 2020, com abertura da janela. Na dança das cadeiras, Felipe Wellaton sairá do PV para aderir ao Cidadania, que já é presidido em Cuiabá pelo seu chefe de...

6 na Câmara tentam barrar projetos

francis maris 400 curtinha   O prefeito cacerense Francis Maris (foto) luta junto aos vereadores, para, enfim, concretizar todas as etapas de um financiamento milionário para projetos na área de saneamento. São R$ 130 milhões para abastecimento de água e cobertura de rede de esgoto, com juros de 6% ao ano e 20...

3 ex-prefeitos se juntam em Poconé

meire pocone 400 curtinha   Em Poconé, o prefeito Tatá Amaral, filiado ao DEM do governador Mauro e apoiado pelo ex-federal Fábio Garcia, está disposto a buscar a reeleição, mesmo com uma gestão pífia, isolado politicamente e com alto índice de rejeição. Enquanto isso, as...

Máquinas para reciclar garrafas pets

maquina 400 curtinha   Sob iniciativa da secretaria de Inovação e Comunicação da Capital, dentro dos projetos que buscam a sustentabilidade, a prefeitura vai colocar máquinas de reciclagem de garrafas pets em 15 pontos da cidade e com possibilidade de ampliar os locais de recolhimento. Em troca, o cidadão...

4 fora da reeleição em Rondonópolis

jailton 400 vereador curtinha   Em Rondonópolis, quatro dos 21 vereadores não devem ir à reeleição, sendo eles Thiago Muniz (DEM), Rodrigo da Zaeli (PSDB), Hélio Pichioni (PSD) e Jailton do Pesque e Pague (foto), do PSDB. Thiago e Rodrigo têm esperanças de concorrer a...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Como você avalia a decisão do Supremo de suspender prisão imediata após julgamento em segunda instância?

Concordo

Discordo

Tanto faz

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.