Últimas

Quinta-Feira, 12 de Julho de 2007, 11h:38 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:16

Artigo

O reconhecimento dos que lutaram pela ZPE

     Em menos de 15 dias de aprovado pela Câmara Federal, os senadores aprovaram no último dia 27/06 a regulamentação fiscal para instalação e funcionamento de 17 ZPEs, distribuidos em diversos Estados. É um projeto de autoria do então presidente José Sarney que autorizava a criaçao no Brasil da Zona de Processamento e Exportação – ZPE, um instrumento para o crescimento econômico e social, buscando o desenvolvimento e contribuindo para diminuar as desigualdades regionais e criando equilíbrio e igualdade entre os Estados.
     Das 17 ZPEs criadas, quero destacar a ZPE de Mato Grosso, a ZPE de Cáceres e fazer a lembrança das autoridades e personalidades que contribuiram, desde 1988, para a aprovação da nossa ZPE. Por conscidência, foi o ano que elegi vereador pela primeira vez, portanto, tenho participado e acompanhado todo esse processo desde o seu início e isso me orgulha muito em estar ainda como
vereador desta cidade e participar desse processo de desenvolvimento com a instalação e funcionamento da nossa ZPE.
     E como representante do parlamento municipal, sinto-me na obrigação de registrar, reconhecendo a luta de cidadões matogrossenses que se esforçaram para que a ZPE de Cáceres se tornasse realidade. O primeiro da lista seria o deputado federal Ubiratan Spinelli, autor do projeto de lei nº. 3725/89 que resultou na Lei nº. 7993/90 sancionado pelo presidente José Sarney em 05 de
janeiro de 1990. As ações políticas para a aprovação desse projeto, teve a participação fundamental do então prefeito Antonio Fontes, do senador Márcio Lacerda e seu irmão José Lacerda, do engenheiro Adilson Reis, da ex-prefeita Nana Faria, governador Jaime Campos, Inson Sanches (na época secretário de indústria e comércio do estado), médico Pedro Henry, de dezenas de empresários de Cáceres e de todos os vereadores daquele meu primeiro mandato.
     Foi na gestão do governo Jaime Campos que a AZPEC S/A – Adminsitradora da Zona de Processamento e Exportação de Cáceres foi criada e o Governo do Estado, acionista majoritário dessa administradora, fez a doação de 247,26 hectares, da área do Distrito Industrial, para a implantação do projeto.
     Temos que enaltecer o trabalho do engenheiro Adilson Reis, que ainda ostenta, até hoje, o cargo de presidente da AZPEC S/A, mantendo todas as documentações da adminsitradora e sempre acreditando que, um dia, a ZPE seria uma realidade.
     Não podemos esquecer de agradecer o presidente Lula que reviveu a idéia de Sarney, por acreditar, que a zona de processamento e exportação é uma das alternativas de crescimento para o Brasil e fator de desenvolvimento equilibrado, corrigindo as distorções regionais. E a ZPE de Cáceres, com
certeza tem as melhores condições para provar tudo isso, pela localização
geográfica estratégica.
     Agora que já está sacramentado a primeira fase, com a aprovação pela Câmara e Senado Federal, precisamos unir e agir politicamente para que o Governo do Estado agilizem a segunda fase, que é a implantação desse projeto o mais breve possível, com obras de infra-estrutura física, técnica e jurídica no local e buscar investidores privados para a implantação da nossa ZPE que poderá manufaturar as matérias primas existente nas regiões do Estado, agregando valores das cadeias produtivas como o couro, proteína animal, madeira, algodão, etc.
     E dentro de poucos anos, quando tudo estiver funcionando, quero voltar a escrever para registrar esses novos e bravos políticos e empresários, agradecendo a cada um, pela sua fundamental participação no crescimento e desenvolvimento de Cáceres, da região oeste e consequentemente do Estado de Mato Grosso.

Wilson Kishi é vereador por Cáceres desde 1989. Exerce o quinto mandato consecutivo e é um dos acionistas da AZPEC S/A

Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia

Despesas e o uso eleitoreiro de CPI

marcelo bussiki 400 curtinha   Buscando visibilidade pela reeleição em ano eleitoral, alguns vereadores da Capital, vergonhosamente, usaram e abusaram de dinheiro público para promoção pessoal na esteira da CPI do Paletó. A tendência é do relatório paralelo que pede afastamento do...

Sorriso incentiva 40 projetos culturais

ari lafin 400 curtinha   A seis meses de concluir o mandato, o prefeito de Sorriso, Ari Lafin (foto), estabeleceu, dentro do Plano Municipal de Cultura, o "PROMIC - Festival da Cultura 2020" para contemplar 40 projetos cujos valores somam R$ 340 mil, envolvendo artes visuais, artes cênicas, cultura popular, música, audiovisual,...

Quase R$ 2 mi para o Lucas Protegida

binotti 400 curtinha   A Prefeitura de Lucas do Rio Verde, sob Luiz Binotti (foto), contratou, por R$ 1,9 milhão, um consórcio formado pela Rocha Comércio de Equipamentos, que ficará com a maior "fatia" de R$ 1,4 milhão, e a Airplates Tecnologia da Comunicação, com R$ 521,7 mil, para desevolver o...

Silêncio sobre operação e elo com MBL

ulysses moraes 400 curtinha   O deputado de primeiro mandato Ulysses Moraes (foto), que deixou o DC e se filiou ao PSL, coordenador em Mato Grosso do Movimento Brasil Livre (MBL) e chamado por muitos de paladino da moralidade, mesmo sendo bastante ativo nas redes sociais, não usou a internet para comentar a operação da...

Nomes do DEM para vereador de VG

pablo 400 curtinha   O DEM do casal Jayme-Lucimar, senador e prefeita, respectivamente, é dono da maior bancada na Câmara de Várzea Grande, com sete dos 21 vereadores. Destes, cinco já estão trabalhando projeto de reeleição, sendo eles Gisa Barros, que era do PSB; Valdemir Bernadino, o Nana; Pedro...

Flerte com candidato de outro partido

selma arruda 400 curtinha   Apesar de estar filiada ao Podemos, a ex-senadora Selma Arruda, que teve o mandato cassado por crimes eleitorais e deixou a cadeira neste ano, continua flertando com o pedetista, empresário e vice-governador Otaviano Pivetta, que não demonstra mais tanto ânimo para continuar com o projeto de disputa...

MAIS LIDAS

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Em Cuiabá, o prefeito suspendeu a decisão de implantar rodízio de veículos entre placas pares e ímpares devido à Covid-19. Mas quer debater a ideia. Você concorda com rodízio?

concordo

discordo

tanto faz

não sei

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.