Últimas

Quinta-Feira, 22 de Novembro de 2007, 09h:23 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:19

Artigo

O tempo não pára

     Como ainda estamos em novembro (ainda, ou já, não sei mais), chegou a hora de começarmos o planejamento para o próximo ano. Muita gente deixa para fazer os planos no dia 31 de dezembro: aí, pega um papelzinho, anota o que quer no próximo ano e vamos pra festa (o pior é que, muitas vezes, nem sabe onde colocou o papel do ano passado para ver os resultados; ou pior, nem o olhou durante todo o ano). Legal, isto já ajuda, mas podemos potencializar os nossos resultados.
     Planejar nossas realizações é algo muito sério. Muita gente precisa das nossas habilidades, dos nossos feitos. Fomos criados (e enviados) para sermos vencedores. Realmente, não consigo imaginar Deus criando alguém para ser um fracassado. Devemos sempre lembrar que Ele nos deu o livre-arbítrio, portanto, nunca podemos jogar para Ele (e nem para ninguém) a culpa por nossas mazelas, por nossas derrotas, por nossas frustrações. Tem quem ache bom, tem quem ache ruim, mas o fato é que somos os escritores da nossa própria história (não totalmente, talvez).
     É verdade que nunca vamos ser totalmente donos do roteiro de nossas vidas, existe o imponderável, sempre. Então, para que planejar o nosso futuro? Bom, se você quer realizar algo importante, quer conquistar alguma coisa nova, você tem que direcionar esforços para que isso se torne real. Nosso cérebro é composto por aproximadamente cem bilhões de neurônios (células nervosas). Cada neurônio tem de mil a dez mil pontos de ligação (chamados de sinapse) com outras células nervosas, o que forma um grande emaranhado, as chamadas redes neurais (que também se conectam entre si), onde são criados os caminhos de resposta que você (ou qualquer pessoa) tem. Quanto mais a gente focaliza o pensamento ou mais a gente realiza determinada tarefa, as redes neurais correspondentes a tal situação de resposta são ativadas. Quanto mais são ativadas é como se ficassem fortalecidas. Sendo assim, ganhamos impulso de vontade (e o Universo nos ajuda quando essa vontade é em benefício nosso e dos outros, também) para realizar aquilo que pretendemos. É preciso planejar, definir seus objetivos e fazer.
     Não sendo totalmente donos do roteiro do nosso filme, ao planejarmos nossas realizações, usamos parte da nossa força para podermos atuar naquilo em que temos o controle e ajudar a criar o ambiente para a ajuda do Universo (o acaso vai me proteger enquanto eu andar distraído - Titãs, enquanto houver sol).
     Com o livre-arbítrio, você pode direcionar o uso de suas forças para vencer ou para ser um perdedor (muita gente direciona suas forças para a derrota, caindo na armadilha de "ser vítima"). A questão é que o tempo tem voado e a gente não tem dado importância para as coisas que acontecem em nossas vidas. O tempo não volta mais, não tem jeito. Esta é uma lei implacável. Comece agora a planejar o próximo ano. Definas seus objetivos (sua realização maior para o próximo ano pode ser dar mais atenção aos seus filhos, por exemplo). Trace suas metas (como vai fazer, passo a passo para atingir tais objetivos). Assuma a sua vida (erros e acertos). Aliás, como diz no vídeo "Filtro Solar": não se culpe muito pelos seus erros, nem se vanglorie demais pelos seus acertos, tudo tem a chance de 50% de dar certo e de 50% de dar errado. Comece já. Viva a vida que te pertence e lhe é de direito, siga o seu sol, o seu rumo. Faça o seu caminho. E, assim como diz Oswaldo Montenegro em Agonia, "sem que se perceba, a gente se encontra pra uma outra folia".

Claudinet Antônio Coltri Júnior é consultor organizacional nas áreas de marketing e gestão de pessoas, cirurgião dentista, coordenador e professor universitário do Univag e escreve em A Gazeta às quintas-feiras (junior@coltri.com.br)


 

Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia

Produtores e a unificação de eleições

antonio galvan 400 curtinha   Mato Grosso pode ter três eleições no mesmo dia, 15 de novembro. Isso porque, além das municipais e a suplementar ao Senado, alguns produtores rurais se movimentam para que a escolha do novo presidente da Aprosoja também seja na mesma data das eleitorais. Inicialmente, o pleito da...

Euclides, ideia do "calote" e frustração

euclides ribeiro 400 curtinha   O advogado Euclides Ribeiro (foto), que enriqueceu atuando na área de recuperação judicial e hoje detém um patrimônio declarado de R$ 23 milhões, não "decolou" com a candidatura ao Senado. Acreditava-se que sua principal proposta, aquela de recuperar o nome e o...

Empresários revoltados com candidato

vinicius nazario 400 curtinha   Os candidatos a prefeito de Alta Floresta, cidade pólo do Nortão, participaram de uma live nesta terça, organizada pela Universidade do Estado (Unemat). E chamou atenção, vindo a repercutir de forma negativa e provocar certa revolta no comércio local, o comentário do...

Olhar Dados mantém EP na liderança

emanuel pinheiro 400 curtinha   A sexta pesquisa do Olhar Dados sobre intenções de voto para prefeito de Cuiabá, divulgada nesta terça pelo site Olhar Direto, traz o prefeito Emanuel Pinheiro (foto) estável, em primeiro, com 31,2%. Em segundo, com 7 pontos atrás, figura Abílio Júnior, com...

Meraldo disputa e contra próprio irmão

meraldo sa 400 curtinha   Meraldo Figueiredo Sá (foto), ex-prefeito de Acorizal por dois mandatos, está rindo à toa. Mesmo com parecer contrário do Ministério Público Eleitoral, por considerá-lo ficha-suja, Meraldo conseguiu deferimento do registro de sua candidatura. E entra no embate eleitoral com...

Gamba e efeito-vice em Alta Floresta

chico gamba 400 curtinha   O agricultor Chico Gamba (foto), que concorre a prefeito de Alta Floresta pelo PSDB, estaria disposto a substituir a vice da chapa, a empresária Roseli Gomes, a Rose da Tradição (PSC), por esta enfrentar forte desgaste político, rejeição popular e até denúncia. Mas,...