Últimas

Quarta-Feira, 13 de Fevereiro de 2008, 17h:20 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:19

INVESTIGAÇÃO

OAB-MT quer checar cartões; Maggi nega prática

Farra dos benefícios que se transformaram em escândalo no governo Lula será investigada em MT junto a todos os Poderes

  A farra dos cartões corporativos, que se transformou num novo escândalo do governo Lula, ganha discussão em Mato Grosso. O presidente da OAB/MT, Francisco Faiad, anunciou que vai solicitar dos Poderes Executivo, Legislativo e Judiciário informações sobre existência e uso de cartão corporativo. Ele alega atender a uma orientação do Conselho Federal da Ordem.

   A OAB-MT quer saber, caso haja o uso do cartão corporativo, a identificação de quem são seus portadores, em que tipo de despesas podem ser utilizados, quais as despesas feitas até o momento e como são realizadas as prestações de contas.

   Segundo Francisco Faiad, por orientação do presidente Cezar Britto, do Conselho Federal, caso se confirme a existência do cartão corporativo vai requerer a instauração de CPI junto à AL com vistas a apurar condutas e os responsáveis pelo uso desvirtuado de recursos públicos.

    Reação

    O governador Blairo Maggi reagiu, através de nota. Assegura que "o governo nunca utilizou, não utiliza e não tem planos de utilizar qualquer cartão para o pagamento de despesas dos servidores". Na nota, o Palácio Paiaguás afirma que as despesas de viagem são feitas mediante o pagamento de diárias quando o servidor estiver exclusivamente e sob fiscalização da Auditoria-Geral do Estado.

  (Às 19h10) - AL diz que não tem cartões corporativos

   Em nota, a Mesa Diretora da Assembléia Legislativa afirma que não dispõe de cartões corporativos. Confira. "Antecipamos que a Assembléia não dispõe de cartões corporativos. O esclarecimento se faz necessário em função do anúncio da OAB de que irá solicitar aos Poderes constituídos informações sobre o uso de cartões corporativos".

Postar um novo comentário

Comentários (9)

  • p.a.c | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Muito louvável a atitude da OAB,mas lembro a instituição que é so dar uma olhada na lista de credores que são servidores públicos (quaiquer que sejam os cargos) e verá quais e quanto receberam. VIDE SIAF E FIPLAN (SEFAZ/MT)

  • luan | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Parabéns para a OAB, vá firme que irá aparecer coisas, essa prática, querem provar que é normal, não dá né...

  • Miranda Muniz | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Prezado Faiad,
    A questão dos gastos públicos não pode ser resumida apenas em ralação aos chamados cartões corporativos, por sinal um meio bastante eficaz para controlar os gastos, em especial, se esses dados são publicizados como é feito pelo Portal da Transparência do Governo Federal. O que se tem de ser cobrado é como e para onde estão indo os recursos que são gastos fora do processo normal das licitação, a exemplo dos tais SUPRIMENTOS DE FUNDOS (tanto do executivo, legislativo, judiciário, ministério público e dos órgãos da administração indireta, entre outros)que representam significativa soma de recursos. Essa desculpa de que "eu não uso cartão corporativo" a OAB e a sociedade não podem engolir!

  • José Vieira | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Casa de ferreiro espeto de pau. Por que o Doutor Faiad não dá o exemplo e abre as finanças da OAB?
    Diga, por exemplo, quanto gasta com os aviões para transportar os membros da diretoria fazer audiência particular, maquiagem de funcionários, quanto paga pela água mineral utilizada na OAB. E nem venha dizer que está presta contas no site da OAB, por que aquilo é só bobagem.
    Se quer fazer discurso de candidato deixe a OAB!!!!

  • joaquim | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Isso deve come;ar pelo tribunal de contas...
    Tem varias viagens para assisitir o botafogo, e muitas faturas da renault, e muito mais...

  • o vigilante | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Com certeza é uma excelente iniciativa, porém vale ressaltar que aqui no Estado não há prática/uso do cartão coorporativo, pois ainda não foi instituido, tendo apenas um decreto sobre o assunto. Contudo não se deve parar aí, pois no lugar do cartão coorporativo há as verbas de representação que são verdadeiros assombros no quantitativo gasto e são extremamente secretos esses gastos.

  • Maneporrete | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Vetado por conter expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas.
    Queira, por gentileza, refazer o seu comentário.

  • Ramiro | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Da maneira como os Poderes se protegem em Mato Grosso, não creio muito que esta louvável iniciativa prospere.
    A sociedade merece uma ampla, geral e irrestrita fiscalização de tais gastos e a OAB se conseguir seu intento merecerá todo o nosso respeito e admiração. PARABÉNS OAB PELA SIMPLES INICIATIVA. Vamos ver se O Ministério Público apoia e age para viabilizar aquilo que é direito da sociedade.

  • Angelo Bocaiuva | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Agora sim a OAB resolveu botar a cara e enfrentar os botinudos. Parabéns

Briga eleitoral de parentes em General

renato vilela 400 general carneiro   A briga política, jurídica e eleitoral na pequena General Carneiro, de 14 mil habitantes, está acirrada e envolve, em palanques diferentes, grupos com vínculos familiares. São dois na disputa pela prefeitura. A ex-prefeita Magali Vilela desistiu de tentar de novo o teste das...

Ataques a EP e o revide dos amigos

fabinho 400 curtinha   O empresário Fábio Martins Defanti, o Fabinho Promoções (foto), que em 2016 disputou para vereador e perdeu, está sendo bombardeado de críticas em grupos de WhatsApp, inclusive pelos próprios amigos, por causa de comentários, gravados em dois vídeos, com um...

Luizão e 10 promessas em cartório

luizao 400   O empresário Luizão (foto), candidato a prefeito de Rondonópolis pelo Republicanos, registrou em cartório 10 comprimissos de gestão, garantindo, em caso de eleito, executá-los logo no primeiro mês de mandato. O primeiro deles é de zerar a fila de consultas, exames e cirurgias. E...

Ex-secretários de França sem mácula

roberto franca 400 curtinha   A assessoria jurídica da coligação de Roberto França (foto), que concorre à Prefeitura de Cuiabá pelo Patriota, classifica de mentirosa e irresponsável a notícia de que ex-secretários de França, da época em que comandou a Capital, de 1997 a...

Líderes de Lucas e apoios ao Senado

otaviano pivetta curtinha 400   As principais lideranças políticas da "República" de Lucas do Rio Verde estão divididas nos apoios sobre candidaturas ao Senado. O vice-governador Otaviano Pivetta (foto), recém-desfiliado do PDT, faz campanha pela coronel Rúbia Fernanda (Patriota), propagada como a candidata...

Reeleição difícil em Barra do Bugres

raimundo nonato 400   Aos 81 anos, o piauiense de Campo Maior, Raimundo Nonato (foto), busca renovar o mandato de prefeito de Barra do Bugres pelo DEM. Embora considerado carismático e populista, pioneiro no município e ajudado pela força da máquina pública, Nonato, que já foi prefeito nos anos 82 e 90,...

MAIS LIDAS