Últimas

Terça-Feira, 27 de Fevereiro de 2007, 08h:10 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:15

JUDICIÁRIO

OAB pede que Poderes sigam exemplo do TCE

   "Merece elogios a posição do presidente Novelli (José Carlos Novelli, presidente do Tribunal de Contas do Estado). Peço que os demais órgãos e Poderes e todos que vivem do dinheiro público façam igual". O comentário é do presidente da OAB/MT, Francisco Faiad, sobre a decisão de Novelli de publicar trimestralmente a lista de servidores com seus salários. Faiad endossou a decisão do Pleno do TCE de também cobrar a mesma postura dos Poderes Executivo, Legislativo e Judiciário, incluindo prefeituras e câmaras municipais.

    Na avaliação de Faiad, essa medida contribui diretamente para expurgar dos quadros da administração pública  pessoas que ocupam cargo de forma irregular.  “O Tribunal de Contas dá um exemplo de que esse país precisa ser levado mesmo a sério”. Destaca que o conceito básico da administração pública é centrado nos pilares da transparência, eficiência e legalidade. "Isso, absolutamente, jamais foram levados em consideração”. Para Faiad, a medida merece aplausos. “Os demais Poderes deveriam seguir esse exemplo. Eu não entendo porque tanta resistência. Só quem tem algo a esconder é que deixa de cumprir o que está na Constituição”.

    O presidente da OAB/MT observa que a Emenda Constitucional 19, que alterou o parágrafo 6º do Artigo 39, da Constituição Federal, estabelece que os Poderes constituídos devem publicar anualmente os valores do subsídio e da remuneração dos cargos e empregos públicos. Essa regra, no entanto, nunca foi cumprida. Agora, de acordo com Faiad, a decisão do TCE de publicar a relação a cada três meses, “deve incitar os demais a seguirem o mesmo caminho”.

    No ano passado, quando o Conselho Nacional de Justiça determinou aos órgãos do Judiciário que dispensassem todos os parentes de juizes e desembargadores que ocupavam cargos de confiança, a OAB encaminhou a todos os Poderes apelo para que também pudessem se proceder da mesma forma. O pedido, porém, foi ignorado.

Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia

4 fora da reeleição em Rondonópolis

jailton 400 vereador curtinha   Em Rondonópolis, quatro dos 21 vereadores não devem ir à reeleição, sendo eles Thiago Muniz (DEM), Rodrigo da Zaeli (PSDB), Hélio Pichioni (PSD) e Jailton do Pesque e Pague (foto), do PSDB. Thiago e Rodrigo têm esperanças de concorrer a...

Prefeito apoia vice à briga em Cáceres

eliene liberato 400 curtinha   Francis Maris vai mesmo declarar apoio oficial à pré-candidatura da empresária Eliene Liberato à sucessão em Cáceres. Em público, o prefeito faz mistério para não contrariar outros pretensos candidatos do grupo e que têm esperanças de receber...

Preparando um dos aliados a federal

mauro carvalho 400 curtinha   Embora não comente publicamente, o governador Mauro Mendes está "costurando" acordos políticos com líderes mais próximos, visando não só o pleito de 2020, mas também às eleições gerais de 2022. Em época de busca de projetos e de...

Salvando 1º ano de mandato no cargo

selma arruda 400 curtinha   Embora "sangrando" e com a imagem arranhada, a juíza aposentada e senadora cassada pelo TRE-MT Selma Arruda, que trocou o PSL pelo Podemos, consegue concluir este primeiro de oito anos de mandato. E vai se licenciar nos próximos dias para ceder espaço aquele que financiou a sua campanha,...

Barbudo é menos empreguista de MT

nelson barbudo 400 curtinha   Dos oito deputados federais de MT, o estreante Nelson Barbudo (foto) é o menos "empreguista". Nestes 10 primeiros meses de mandato, ele nomeou no gabinete em Brasília e no escritório político em Cuiabá apenas 15 assessores. Cada gabinete pode ter até 25 secretários...

Rossato quer "minar" reeleição de Ari

dilceu rossato 400 curtinha   Em Sorriso, a capital nacional do agronegócio, a tendência é da disputa à sucessão no próximo ano ficar polarizada entre o prefeito Ari Lafin, do PSDB, e seu antecessor, Dilceu Rossato (foto), hoje filiado ao PSL. Embora se movimente nos bastidores, o deputado Xuxu Dal Molin...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Como você avalia a decisão do Supremo de suspender prisão imediata após julgamento em segunda instância?

Concordo

Discordo

Tanto faz

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.