Últimas

Quinta-Feira, 10 de Janeiro de 2008, 08h:35 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:19

COMUNICAÇÃO

OAB planeja palestras; cassações são vertentes

 

Capa do panfleto distribuído pelo MCCE  A Ordem dos Advogados do Brasil, seccional Mato Grosso, aguarda o retorno das aulas nas faculdades e universidades para dar início à promoção de uma série de palestras sobre combate à corrupção eleitoral. "As eleições ocorrem em outubro, mas já é hora de agirmos, juntamente com o Movimento de Combate à Corrupção Eleitoral", disse o presidente da OAB/MT, Francisco Faiad. Segundo ele, a idéia das é no sentido de mostrar aos eleitores que as denúncias podem partir de qualquer cidadão.

   O cronograma não está definido ainda, mas assim que o ano letivo for retomado, a instituição vai entrar em contato com os centros acadêmicos para marcar as datas. A OAB planejar publicar panfletos e cartilhas educativas. Em novembro do ano passado, o MCCE e a OAB iniciaram a campanha “Lei 9840 - Voto não tem preço, tem consequências". Mas a intenção é propagar o trabalho de conscientização após as convenções partidárias de junho e intensificar o monitoramento.

    Exemplos

  Francisco Faiad comentou que em 2007, com a intervenção da OAB e do MCCE, foi evitada a realização de um bingo que supostamente teria a participação de vários políticos e pré-candidatos. Ele também citou as denúncias contra pré-candidatos que fazem propaganda extemporânea, além dos pedidos de cassação. Aliás, as cassações por crime eleitoral dos deputados estaduais Gilmar Fabris e Chica Nunes (PSDB), além do federal Pedro Henry (PP) prometem ser a grande vertente das palestras neste ano eleitoral. "Vamos debater intensamente. E vamos usar como exemplo a demonstração de maturidade do Tribunal Regional Eleitoral, mesmo que a decisão final esteja com o Tribunal Superior Eleitoral", explica Faiad.

    O presidente da OAB/MT acredita que o TSE vai reconsiderar a decisão e cassar definitivamente Chica e Henry, que usam os recursos jurídicos para se manterem nos cargos. "Infelizmente pode demorar, mas é o que nós pleiteamos", afirmou. (Simone Alves)

Postar um novo comentário

Comentários (3)

  • rafael | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    É MUITA SANDICE!!!

  • Julio | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    A OAB/MT DEVERIA PRIMEIRAMENTE ACOMPANHAR E FISCALIZAR A ATUAÇÃO (OS VOTOS) DOS ADVOGADOS QUE COMPÕEM O TRE MATOGROSSENSE.
    A PERCEPÇÃO QUE ESTES REPRESENTANTES (ORA JUÍZES ELEITORAIS) PASSAM PARA A SOCIEDADE É DE ESTAREM SEMPRE VOTANDO A FAVOR DOS POLÍTICOS ACUSADOS DE ABUSO DO PODER ECONÔMICO, COMPRA DE VOTOS, ETC..

  • Jacira Dantas | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Essas campanhas têm que chegar a toda a população e não spo às faculdades.

Mauro e vitórias na briga de decretos

mauro mendes 400 A estratégia do governador Mauro Mendes (foto) de articular com os Poderes a edição do decreto de toque de recolher vem dando frutos. O governo publicou decreto impondo toque de recolher das 21h às 5h, com fechamento do comércio às 19h. O prefeito de Cuiabá, Emanuel Pinheiro, discordou e fez...

Prefeito é intubado e pode ir para SP

Prefeito de Tapurah Carlos Alberto Capeletti   É grave o quadro de saúde do prefeito de Tapurah (432 km de Cuiabá), Carlos Alberto Capeletti (PSD). Após piora, ele precisou ser intubado nesta quinta (4). Foi internado na terça (2), após testar positivo para Covid-19, em uma UTI no Hospital 13 de Maio, em...

Setasc doou 330 mil cestas básícas

Rosamaria 400 curtinha   A Secretaria Estadual de Assistência Social e Cidadania (Setasc), sob Rosamaria de Carvalho (foto), já entregou mais de 330 mil cestas básicas desde o inicio da pandemia, sendo 110 mil em Cuiabá e Várzea Grande. E como assistência social foi considerada como serviço essencial,...

Interinos ficam sem cargos no TCE

jose carlos novelli 400 curtinha   Com o retorno dos conselheiros do TCE, Antonio Joaquim e José Carlos Novelli (foto), dois substitutos perderam os postos não apenas nas relatorias, como também ficam sem os cargos na gestão. É o caso de Isaías Lopes da Cunha, que deixou de ser ouvidor-geral, sendo...

MT perde José Afonso Portocarrero

portocarrero-400   Morreu nessa quarta  (3), aos 93 anos, José Afonso Portocarrero (foto). O ex-presidente dos extintos  Banco do Estado de Mato Grosso (Bemat)  e Loteria do Estado de Mato Grosso (Lemat)  morreu de causas naturais. Viúvo, deixa quatro filhos.  Na vida profissional, foi o responsável...

Secretários filiados e sem pretensões

Beto 2x1 400 curtinha   Presidente do DEM em Cuiabá, o secretário estadual de Cultura, Esporte e Lazer, Alberto Machado, o Beto 2 x 1 (foto), disse, em visita ao Rdnews, quando concedeu entrevista à tvweb RDTV, que alguns colegas secretários estão filiados ao partido, mas isso não significa que eles...