Últimas

Quarta-Feira, 22 de Julho de 2009, 15h:39 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:23

JUDICIÁRIO

Oficiais tentam acordo; indicativo de greve é cancelado

   Após a manifestação realizada pelos oficiais de Justiça na semana passada, o Sindicato dos Servidores do Poder Judiciário garante que as negociações junto ao Tribunal de Justiça estão avançando. Uma assembleia foi realizada nesta terça (21) a tarde. A categoria reivindica R$ 1,6 mil ao mês, com a proposta de pagamento imediato de mais R$ 500 e o restante a partir de janeiro de 2010. O TJ propôs realizar um estudo para viabilizar o pagamento dos passivos no que se refere à quitação de férias e licença prêmio em atraso. Nesse estudo será analisado ainda a regularização das referências (níveis promocionais de carreira), já que a cada dois anos o servidor tem direito a subir um nível na sua referência, o que não vem ocorrendo há aproximadamente 10 anos.

   Com a aproposta do TJ, os servidores decidiram suspender o indicativo de greve e aguardar o resultado. "O diálogo entre servidores e Tribunal de Justiça é o melhor caminho e é o que queremos. A diretoria nos chamou para conversar e mostrou disposição para negociar. Nós esperamos que esse estudo dê resultado positivo e que o mesmo seja colocado em prática”, diz Rosenwal Rodrigues, presidente do sindicato.

   A principal reclamação dos oficiais é o fato de cumprirem diligências com seus próprios veículos. Assim, resolveram devolver os mandados judiciais provenientes da Justiça gratuita. Cada profissional passou a cumprir 15 mandados ao mês, o que equivale a R$ 500 recebido como verba indenizatória por atividade externa (auxílio-locomoção). Nesta quarta (22), às 13 horas, os oficiais de justiça realizam uma nova assembleia, na sede do Fórum da Capital, para avaliar uma nova proposta do TJ.

   Rosenwal esteve em Brasília nesta segunda (20) para protocolar um pedido de liminar que trata da questão do pagamento das incorporações e adicional por tempo de serviço (ATS) aos servidores do Poder Judiciário. O Sinjusmat pediu o restabelecimento dos efeitos da liminar concedida pelo desembargador Jurandir de Lima, que determinava ao atual presidente do TJ, desembargador Mariano Travassos, o pagamento das verbas aos servidores. A decisão é aguardada para os próximos dias, conforme o Sinjusmat. (Flávia Borges) 

Postar um novo comentário

Comentários (1)

  • robson | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    gostaria de saber como e feita aseleção deses oficiais de justiça. agradeço desde já Romilson.

Governo vai ter consultoria hospitalar

gilberto figueiredo 400 curtinha   O governo estadual terá consultoria em assistência hospitalar. O processo de contratação é tocado pela secretaria de Saúde, sob Gilberto Figueiredo (foto). A ideia é buscar melhorar o atendimento à população e os índices de...

Para presidente, BRT é ultrapassado

juca 400 curtinha   Numa sintonia política com o prefeito Emanuel, o novo presidente da Câmara de Cuiabá, vereador Juca do Guaraná (foto), disse ser contra a decisão do governo estadual de "enterrar" o projeto do VLT, cujas obras estão paralisadas desde 2014, para implantar o modal BRT na Região...

Prefeito vai homenagear 2 ex-aliados

ze do patio 400 curtinha   O ex-vereador, ex-deputado estadual e hoje prefeito de Rondonópolis, Zé do Pátio (foto), que está no terceiro mandato, vai homenagear dois aliados que faleceram recentemente, sendo eles o ex-vereador de três mandatos Juary Miranda, que foi líder do Executivo na Câmara...

Maluf deve consultar STF sobre Teis

guilherme maluf 400 curtinha   Assim que retornar de férias, o presidente do Tribunal de Contas do Estado, Guilherme Maluf (foto), dará prosseguimento à análise do pedido de aposentadoria de Waldir Teis, que está afastado do Pleno há três anos e cinco meses, assim como outros três conselheiros...

Novo líder de Pátio na Câmara de ROO

reginaldo santos 400 curtinha   Reginaldo dos Santos (foto), que assume vaga na Câmara de Rondonópolis pela quarta vez, é o novo líder do prefeito Zé do Pátio, com a missão de fazer o trabalho de articulação e defesa do Executivo junto aos colegas do Legislativo. Na legislatura passada,...

Agro sugere Daniella de volta no Indea

daniella bueno 400 indea   Representantes do setor produtivo e um grupo de servidores sugeriram ao governador Mauro o nome da médica-veterinária e servidora de carreira Daniella Bueno (foto) para reassumir a presidência do Indea-MT. Aproveitaram a vulnerabilidade no cargo do presidente Marcos Catão Dornelas, denunciado...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

O Governo de MT optou pela implantação do BRT em Cuiabá-VG em detrimento do VLT. O que você acha disso?

Estou de acordo

Discordo

Tanto faz

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.