Últimas

Quinta-Feira, 15 de Fevereiro de 2007, 22h:30 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:15

RONDONÓPOLIS

Oposição quer passe livre; prefeito vê demagogia

     Os vereadores oposicionistas Márcio Bertoni (sem partido) e Lourisvaldo Manoel de Oliveira, o Fulô (PMDB), apresentaram projeto em defesa do passe livre para estudantes de Rondonópolis. A proposta, porém, nem deve passar pelas comissões de Transporte, Finanças e Orçamento. Ocorre que o prefeito Adilton Sachetti, que conta com amplo apoio no legislativo, é radicalmente contra o projeto. Considera-o demagógico.

    De acordo com a proposta, o passe livre deve abranger o transporte coletivo convencional (ônibus) ou alternativo (lotação, microônibus) e prevê a garantia do benefício para todos os estudantes das redes públicas e privadas nos três níveis (fundamental, médio e superior). Os dois vereadores propõem que sejam beneficiadas também as pessoas matriculadas em cursos supletivos, pré-vestibulares, institutos e escolas profissionalizantes, e também seminários teológicos (religiosos). Fulô e Bertoni destacam que o passe livre vai ajudar estudantes de baixa renda.

   Reação

   O prefeito Adilton Sachetti disse que, pessoalmente, é contra o projeto. Alega que 'não pode permitir a isenção da tarifa porque alguém vai ter que pagar a conta'. "Isso é pura demagogia. Quem vai ter que pagar a conta depois vai ser o mais humilde. De algum lugar o dinheiro tem de vir", enfatizou Sachetti, que, com seu estilo empresarial, comanda a cidade-pólo da região sul com austeridade nunca vista no poder público local.

    Num recado direto aos vereadores Fulô e Bertoni, autores do projeto do passe livre, o prefeito afirma que 'é preciso ter a responsabilidade e não agir com demagogia, pensando no voto'. Segundo Sachetti, a Prefeitura de Rondonópolis já concede 30% de isenção a usuários do transporte coletivo. "Aqui padre, bispo, pastor, policial, aposentado e líder comunitário já andam de graça no transporte coletivo".

    Adilton Sachetti menciona o drama vivido pelo prefeito de Cuiabá, Wilson Santos, que destina parte das receitas para bancar o passe livre, instituído na administração do antecessor Roberto França. "Não podemos cometer o erro de Cuiabá. Dá dó ver o Wilson Santos", comentou o prefeito, numa referência à batalha incansável de Santos de cobrar ajuda do Estado e da União para ajudar o município a custear as despesas, já que a maioria dos estudantes que usufruem do passe livre está matriculada na rede estadual, além de um número consideráel de universitários.

Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia

Misal é reeleito para o 10º mandato

misael galv�o 400 curtinha   Após dois anos fora do comando do Shopping Popular, período em que respondeu pela presidência da Câmara da Capital, o ex-vereador Misael Galvão (foto) voltou à direção do empreendimento, que abriga 500 lojas. E, sob forte...

Oscarlino, Pros e "nocaute" em Gisela

oscarlino 400   Na queda-de-braço dentro do Pros por espaço político, o ex-sindicalista Oscarlino Alves (foto) nocauteou a ex-superintendente do Procon-MT, Gisela Simona. Ele foi um dos filiados que não aceitaram apoio a Abílio na disputa de segundo turno para prefeito de Cuiabá, se aliou ao projeto de...

Promotor recebe medalha do Exército

Mauro Zaque curtinha   O promotor de Justiça Mauro Zaque (foto) foi condecorado com a medalha do Exército Brasileiro na manhã desta segunda (19), no dia da instituição. A solenidade é considerada a segunda maior do Exército Brasileiro, foi reservada por conta da pandemia e contou com a...

Sema reabre os parques em Cuiabá

mauren lazzaretti sema 400   Fechados desde 1º de abril, em obediência às regras de decreto municipal, que suspendiam as atividades coletivas, os parques estaduais urbanos de Cuiabá reabrem nesta segunda (19) para utilização pelo público. Será possível acessar as tradicionais trilhas...

Pilha em Jayme pra disputar o Governo

jayme campos 400   Mesmo sabendo que Jayme Campos (foto) não entra em disputa onde percebe dificuldades para vencê-la e militando no mesmo partido de Mauro Mendes, o DEM, algumas lideranças políticas têm instigado o senador a se lançar ao governo estadual. Para tentar convencer Jayme, lançam...

Scheila assume APDM e cita projetos

scheila pedroso 400   Esposa do prefeito sinopense Roberto Dorner, Scheila Pedroso (foto), primeira-dama e secretária municipal de Assistência Social, passa a tocar, pelos próximos dois anos, a Associação para o Desenvolvimento Social dos Municípios de MT (APDM/MT). Ela promete juntar força com os...