Últimas

Quarta-Feira, 16 de Maio de 2007, 12h:15 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:15

Artigo

Os que ficamos

     Rio de Janeiro - Apesar de iniludível e corriqueira a ponto de ser seção no jornal, a morte está por sempre associada ao espanto -e à falta do que dizer para os que ficamos.      Talvez seja o poeta pernambucano Manuel Bandeira (1886-1968) o autor do manual de instruções mais necessário, episódico produtor de um guia de auto-ajuda.
     Bandeira escreveu versos espetaculares sobre o tema, como o que fala das lágrimas "nascidas menos da saudade do que do espanto da morte". No poema "Morte Absoluta", traz inquietações para quem vai e para quem fica: "Que céu pode satisfazer teu sonho de céu?", provoca. Lança ainda o temor de uma existência inútil e a ameaça de "morrer sem deixar um sulco, um risco, uma sombra, em nenhum coração, em nenhum pensamento, em nenhuma epiderme".
     Em "Consoada", Bandeira dá até a dica de como agir "quando a indesejada das gentes chegar", seja ela "dura ou caroável [meiga]": "Talvez eu tenha medo.  Talvez sorria, ou diga: alô, iniludível!"
     Usual, a morte é sempre extraordinária, ao menos para sua vítima.
     Está em cartaz em São Paulo, no Sesc da avenida Paulista, a peça "Vemvai - O Caminho dos Mortos". Dirigida por Cibele Forjaz, a obra foi criada a partir de uma coletânea de estudos, textos e experiências da relação dos índios com a morte.
     Com soluções cênicas belas e inesperadas -a começar pelo espaço, o oitavo andar de um prédio cenografado como se fosse escombros-, o texto é uma viagem quase lisérgica sobre a visão ameríndia da morte, que por diversas vezes tangencia o canibalismo. Tem tiradas como a que diz que "não ser canibal não significa não pensar canibal". No entanto, a melhor é aquela que deveríamos guardar como palavra de consolo que sempre nos falta e como a arma secreta contra a indesejada: "A morte é um truque".

 

Plínio Fraga é jornalista da Foha de S. Paulo

Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia

"Batida" em apresentador por engano

ricardo martins 400   Durante a dupla operação deflagrada pela PF nesta terça em alguns municípios de MT, entre eles Cuiabá, agentes federais, por um equívoco no cumprimento de mandados, acabou batendo na porta do apresentador da TV Cidade Verde, Ricardo Martins (foto). Ele, por sua vez, e para não...

Paccola é cotado para diretor-geral

gianmarco paccola 400   O discreto e atuante delegado Gianmarco Paccola (foto), hoje diretor-geral-adjunto da Civil, já desponta nos bastidores como nome preferencial do Palácio Paiaguás para eventual substituição a Mário Demerval, que deve mesmo deixar o posto de diretor-geral para disputar as...

Luta pra isentar parte dos aposentados

eduardo botelho 400 curtinha   Primeiro-secretário da Assembleia, Eduardo Botelho (foto) disse que foi criada espécie de força-tarefa dos deputados para fechar um acordo com o governo, de modo a ajudar aposentados e pensionistas e portadores de doenças raras para isenção do pagamento da alíquota da...

Investimentos em segurança pública

alexandre bustamante 400   Alexandre Bustamante (foto), secretário estadual de Segurança Pública, é enfático ao afirmar que o Estado tem investido em equipamentos e infraestrutura para combater a criminalidade. Segundo ele, a maior prova disso são os projetos que integram o programa MT Mais. Ao todo, devem...

Folha antecipada em Várzea Grande

kalil baracat 400 curtinha   Com o privilégio de ter assumido a prefeitura em janeiro com superávit de R$ 74 milhões da antecessora Lucimar Campos, o prefeito várzea-grandense Kalil Baracat (foto) quitou a folha de fevereiro na última quinta (25), três dias antes da virada do mês. São cerca de...

Grupo de risco em casa até 31 de maio

Em novo decreto, dentro das medidas emergenciais e temporárias de prevenção ao Covid-19, o prefeito cuiabano Emanuel Pinheiro determinou que servidores municipais que integram o chamado grupo de risco não devem trabalhar presencialmente nas secretarias e/ou órgãos da administração. São considerados desse grupo servidores acima de 60 anos, imunodeprimidos e/ou portadores de doenças crônicas e servidoras grávidas e...