Últimas

Sexta-Feira, 09 de Março de 2007, 07h:54 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:15

PESQUISA

Oscar e Olete são piores secretários de Cuiabá

   O empresário da construção civil Oscar Soares Martins, que conduz a pasta do Trânsito e Transporte Urbano, e o médico Olete Ventura, da Saúde, são os piores secretários da administração do prefeito de Cuiabá, Wilson Santos. Foi o que constatou a Mark Instituto de Pesquisa de Opinião Pública, realizada nos últimos dias 24 e 26. Dos entrevistados, 14,1% reclamaram da atuação de Oscar, seguido de 11,7% que fizeram referências negativas a Olete.

    Por coincidência, o transporte coletivo municipal e a saúde se transformaram em gargalos da administração. Sobre a SMTU, há protestos e manifestações contrárias ao aumento da tarifa do transporte coletivo. Na Saúde, a classe médica, sob ameaça de greve, briga por melhores condições de trabalho e por reajuste salarial.

    O instituto perguntou o seguinte: "Na sua opinião, qual o pior secretário (gestor) do governo Wilson Santos?" Depois de Oscar e Olete, surge o nome de Andelson Gil do Amaral (Infra-Estrutura), com 8,4%. A atuação do presidente da Sanecap, José Antônio Rosa, à frente do processo de concessão dos serviços de água e esgoto, é rejeitada por 3,5%.

   Em seguida, são citados com atuação pífia os secretários Ricardo Siqueira (Defesa e Cidadania), 2,1%; e Mário Olímpio (Cultura), com 1,8%. Para 1,6% dos cuiabanos, três integrantes do primeiro escalão do Palácio Alencastro apresentam os piores desempenhos: Júlio Pinheiro (Habitação), Celcita Pinheiro (Assistência Social) e Carlos Carlão (Educação).

   Três são rejeitados por 1,3%: Dilemário Alencar (secretário de Governo), Gelson Menegatti (Meio Ambiente) e Reginaldo Amorim (Planejamento). Outros nomes aparecem numa escala menor de rejeição, como dos secretários José Carlos de Carvalho (Finanças), com 1,2%; e Adriana Bussiki (Instituto de Pesquisa e Desenvolvimento Urbano) e João Vieira (Trabalho e Turismo), respectivamente, com 0,6% e 0,1%. O percentual dos que não souberam responder é alto: 38,2%. Dos que foram ouvidos pelos pesquisadores, 9,5% preferiram não citar nenhum secretário no quesito pior. Foram feitas pela Mark 681 entrevistas, com margem de erro de 3% para mais ou para menos.

    A Mark perguntou também sobre quais áreas do serviços público da Capital têm deixado a desejar. Dos entrevistados, 19,1% apontaram o transporte coletivo; 12,6% a saúde; 9,3% a rede de esgoto; 7,2% pavimentação e recapeamento e; 6,9%, limpeza urbana.

   Confiança

   Quanto ao grau de confiança no prefeito Wilson Santos, os números não são positivos. Das pessoas que foram entrevistadas, 48,3% afirmaram que não confiam na administração tucana. Por outro lado, outros 41,4% disseram que confiam. Dez por cento não quiseram ou não souberam responder.

Confira os dois resultados da pesquisa

Na sua opinião, qual o pior secretário

(gestor) do governo Wilson Santos?

 

Secretário                                Percentual

Oscar Soares (SMTU)                    14,1%

Olete Ventura (Saúde)                     11,7%

Andelson Gil (Infra-Estrutura)            8,4%

José Rosa (Sanecap)                         3,5%

Ricardo Siqueira (Cidadania)             2,1%

Mário Olímpio (Cultura)                    1,8%

Júlio Pinheiro (Habitação)                  1,6%

Celcita Pinheiro (Assistência Social)   1,6%

Carlos Carlão (Educação)                 1,6%

Dilemário Alencar (Governo)             1,3%

Gelson Menegatti (Meio Ambiente)    1,3%

Reginaldo Amorim (Planejamento)     1,3%

José Carlos Carvalho (Finanças)        1,2%

Adriana Bussiki (IPDU)                     0,6%

João Vieira (Trabalho e Turismo)       0,1%

Nenhum                                             9,5%

NS/NR                                            38,2%

 

O sr (a) confia na administração

do prefeito Wilson Santoso?

 

Opções                %

Sim                  41,4%

Não                 48,3%

NS/NR            10,3%

Fonte: Mark Instituto de Pesquisa

de Opinião Pública

Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia

Vice e o uso político do Creci pró-Julio

claudecir 400 creci curtinha   O sindicato dos profissionais do Mercado Imobiliário de Mato Grosso, sob Juliano Lobato, em nota de repúdio, detona o atual vice-presidente do Creci-MT, Claudecir Contreiras (foto), para quem está fazendo uso político da entidade e beneficiando, de forma descarada, o...

Toninho e expectativa de retorno à AL

toninho 400 curtinha   Toninho de Souza, que no ano passado estreou como deputado, permanecendo no cargo por 46 dias, no lugar de Eduardo Botelho, vive expectativa de retornar à cadeira na Assembleia. Mas isso vai depender de uma decisão de Janaína Riva, que está no quarto mês de gravidez. Ela tem...

Parlamentar temido reassume em VG

caio cordeiro 400 curtinha   Com menos de 15 dias no cargo de vereador em Várzea Grande, o primeiro-suplente Caio Cordeiro (foto), do PRP, já terá de desocupar a vaga. Eis que está de volta, da prisão para retomar o assento de parlamentar, Jânio Calistro, que está no segundo mandato e responde...

Diversos cortes nas despesas da AL

eduardo botelho curtinha 400   Num período em que o Legislativo praticamente parou, assim como o Judiciário e órgãos vinculados aos Poderes, como TCE e MPE, o presidente da AL, deputado Eduardo Botelho (foto), tomou decisão correta ao cortar gastos enquanto perdurar a pandemia do coronavírus. Entre as...

Governador está tenso e preocupado

mauro mendes 400 curtinha   O governador Mauro Mendes anda tenso e preocupado. Mesmo já tendo adotado uma série de medidas de prevenção, inclusive consideradas radicais, ele não dorme direito por causa das projeções nada otimistas de aumento nos próximos dias de casos de coronavírus em...

AL aprovará empréstimo de R$ 550 mi

A Assembleia aprovou, na convocação extraordinária desta sexta (27), dispensa de pauta para a mensagem do Executivo que pede autorização para contrair empréstimo de R$ 550 milhões junto à Caixa Econômica. O recurso será aplicado na construção de pontes de concreto em diversos municípios. Agora, a matéria entra na pauta e será aprovada pela maioria dos deputados na próxima segunda (30),...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Você concorda com a decisão de prefeitos, que começam a decretar estado de emergência, fechando comércio, serviços públicos e o transporte coletivo?

sim

não

sei lá!

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.