Últimas

Quinta-Feira, 20 de Março de 2008, 13h:54 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:19

POLÊMICA

Outdoor sobre Jonas é exagero, avaliam leitores

  
    A idéia de espalhar pela Capital um outdoor que homenageia o ex-senador Jonas Pinheiro - leia mais aqui, uma iniciativa patrocinada por anônimos, não agradou a todos e gerou diversos comentários. Muitos condenam a comparação do ex-parlamentar que faleceu o mês passado com Dom Aquino e Marechal Cândido Mariano da Silva Rondon. A maioria das opiniões considera que não há semelhanças entre os três. Chegam a dizer que é um exagero e vêem falta de respeito para com os dois afamados nomes da história mato-grossense. Há também os favoráveis. (Simone Alves)

Postar um novo comentário

Comentários (13)

  • Ramire Pelado | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Jonas Pinheiro foi um bom parlamentar, mas que lutou apenas para uma classe social, a dos grandes agricultores e esqueceu de trabalhar um pouco para quem realmente precisa, por isso não deve ser comparado com Rondon e com Dom Aquino Correa.

  • D.Souza | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Andar em lombo de burro, enfrentar serras, morros, doenças tropicais e toda sorte de problemas de terras inóspitas, fez de Rondon uma "marca registrada". Da mesma forma, D. Aquino foi clérigo, poeta, presidente do Estado e quando ainda era Arcebispo, caminhava do Morro do Bom Despacho até a Igreja do Porto, onde rezava missa. Jonas Pinheiro dirigiu aqueles jipes da velha Acarmat e tornou-se um líder em renegociação de dívidas de milionários e teve jatinhos ao seu inteiro dispor, quando quizesse. Fez um bem danado a poucos mas não deixa de ser um político de respeito embora a comparação seja quilometricamente exagerada. Felizes foram aqueles que viveram em um período onde não havia a praga dos "sanguessugas", a chamada oitava praga.

  • adildo jacinto de oliveira filho | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Não tem por que a comparação.É coisa de seus "dependentes" e "parceiros" de negócios, que foram apanhados de surpresa devido ao seu falecimento. Mato Grosso perdeu com o falecimento do Gilson de Barros, esse sim, era capaz de justificar a vida digna que viveu.Ocupou diversos cargos e era capaz de justificar os poucos bens que possuia.

  • caroço da pracinha | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    SENHOR! PERDOAI, ELES NÃO SABEM O QUE DIZEM.

  • Oriel G.S.Fortes | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Só pode ser brincadeira de mal gosto. Não é possivel este tipo de comparação. Manchar a imagem de Personalidade que realmente fizeram pelo povo e pelo Estado com pessoa que só buscou benificiar uma classe - produtores rurais e políticos...

  • claudio | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Na internet é falta de educação escrever com letras maisculas as suas falas mas eu não me contento:
    >>>É O FIM DA PICADA >>>> Pergunte ao filho da classe trabalhadore de baixa renda quem é Dom aquino, Mal.Rondon, e Jonas Pinheiro em livros de historia você pode constatar os dois primeiros mas o ultimo eles não vão encontrar em lugar nenhum a não ser no Congresso Nacional e em seu próprio tempo, creio que o senhor Jonas Pinheiro que Deus o tenha pedeu de Fazer História.

  • jorge maciel | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Com todo respeito à memória de Jonas Pinheiro (que fez mais pelos grandes grupos empresariais e por instituições, sempre à sombra do poder), a comparação com d. Aquino e Cândido Rondon é de extremo mau-gosto. JOnas fez um grande trabalho no Congresso, como depoutado federal e senador, ersa um poolítico hábil, de poucas palavras, tem muitos mértos, mas a comparação é esdrúxula. Marechal Rondon tem uma obra imensurável, extraordinária. O então presidente dos EUA, Theodore Roosevelt, certa feita, disse que no planeta havia apenas duas grandes obras (bm maiores que as maravilhas do Mundo): o Canal do Panamá, que abriu as portas dos portos das Américas e as associou economicamente, e a obra HUMANITÀRIA de ROndon. Ninguém no mundo, nem Roosevelt, nem Kennedy, Picasso, Einstein, Lavorsier, Danto, Lennon ou outro qualquer pensador certamente não citaria Jonas Pinheiro como autor de feitos tão memoráveis. Com todo respeito, JOnas merece e mereceu, mas as homnagns não devem chegar a tais parâmetros

  • dalto | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    eu se fosse da familia de dom aquino eu processaria a familia do jonas pinheiro, mta cara de pau , além disso o pessoal dafamilia do finado jonas é mo egoista...

  • Cesar de Oliveira. | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0


    Piada!

    Esse é mais um engodo plantado no governo dos botinudos por Pagot.

    Porque ele faz festa dizendo que anulou mais de 1.900 milhão de projetos.

    Pergunto: Porque ele não anulou o "espetáculo da semana santa". Só este projeto é mais da metade dos projetos cancelados.

  • José Carlos | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Jonas dava atenção somente para os grandes fazendeiros. Nós daqui é que sabemos. Ele usou o Banco do Brasil para isso. Dinheiro de financiamento era somente para os grandes. Os médios e pequenos que se danassem.

Mauro e vitórias na briga de decretos

mauro mendes 400 A estratégia do governador Mauro Mendes (foto) de articular com os Poderes a edição do decreto de toque de recolher vem dando frutos. O governo publicou decreto impondo toque de recolher das 21h às 5h, com fechamento do comércio às 19h. O prefeito de Cuiabá, Emanuel Pinheiro, discordou e fez...

Prefeito é intubado e pode ir para SP

Prefeito de Tapurah Carlos Alberto Capeletti   É grave o quadro de saúde do prefeito de Tapurah (432 km de Cuiabá), Carlos Alberto Capeletti (PSD). Após piora, ele precisou ser intubado nesta quinta (4). Foi internado na terça (2), após testar positivo para Covid-19, em uma UTI no Hospital 13 de Maio, em...

Setasc doou 330 mil cestas básícas

Rosamaria 400 curtinha   A Secretaria Estadual de Assistência Social e Cidadania (Setasc), sob Rosamaria de Carvalho (foto), já entregou mais de 330 mil cestas básicas desde o inicio da pandemia, sendo 110 mil em Cuiabá e Várzea Grande. E como assistência social foi considerada como serviço essencial,...

Interinos ficam sem cargos no TCE

jose carlos novelli 400 curtinha   Com o retorno dos conselheiros do TCE, Antonio Joaquim e José Carlos Novelli (foto), dois substitutos perderam os postos não apenas nas relatorias, como também ficam sem os cargos na gestão. É o caso de Isaías Lopes da Cunha, que deixou de ser ouvidor-geral, sendo...

MT perde José Afonso Portocarrero

portocarrero-400   Morreu nessa quarta  (3), aos 93 anos, José Afonso Portocarrero (foto). O ex-presidente dos extintos  Banco do Estado de Mato Grosso (Bemat)  e Loteria do Estado de Mato Grosso (Lemat)  morreu de causas naturais. Viúvo, deixa quatro filhos.  Na vida profissional, foi o responsável...

Secretários filiados e sem pretensões

Beto 2x1 400 curtinha   Presidente do DEM em Cuiabá, o secretário estadual de Cultura, Esporte e Lazer, Alberto Machado, o Beto 2 x 1 (foto), disse, em visita ao Rdnews, quando concedeu entrevista à tvweb RDTV, que alguns colegas secretários estão filiados ao partido, mas isso não significa que eles...