Últimas

Sexta-Feira, 25 de Setembro de 2009, 07h:37 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:24

SANEAMENTO

PAC continua empacado em Cuiabá; prazo termina em 1 ano

 Fernando Ordakowski

Aparecido Alves, coordenador dos projetos de R$ 238 mi do PAC, que continuam paralisados em Cuiabá 

  A um ano de vencer o prazo estabelecido pelo governo federal, a Prefeitura de Cuiabá continua com as obras do PAC paralisadas, a exemplo a vizinha Várzea Grande. O coordenador dos projetos na Capital, Aparecido Alves, o Cido, aguarda posicionamento da Justiça para retomada da execução dos lotes. As obras foram embargadas no início de agosto, após a Operação Pacenas, que resultou na prisão de 11 pessoas acusadas de fraudar licitações, entre elas servidores, empreiteiros e advogados, e determinação por novos certames. Empreiteiras estão com bens bloqueados. A interferência da Justiça deixou o PAC "empacado" de vez. Essa situação traz desgaste sem precedentes ao prefeito Wilson Santos (PSDB), principalmente por ser pré-candidato a governador.

   Santos tenta recomeçar. Ele anulou a concorrência pública feita em 2007 e determinou que o procurador-geral Ussiel Tavares, que entrou no lugar de José Antonio Rosa, um dos que ficaram presos por uma semana, se cerque de representantes de todos os órgãos e Poderes, inclusive do governo estadual, para as novas licitações não apresentarem problemas. Apesar do esforço, a ordem de serviço deve ocorrer apenas em 2010. O prefeito reconhece em nove meses não conseguirá terminar a concluir dos sete lotes. São obras de saneamento que demandam mais de R$ 200 milhões de investimentos.

  No Decreto 4824/2009, o prefeito justifica que o cancelamento das licitações é necessário porque houve “confisco dos equipamentos e materiais existentes nos canteiros das obras”, depois que a Justiça detectou a existência de supostas fraudes na fase de concorrência pública. Ele determina que a Sanecap faça um inventário detalhado dos serviços prestados pelas empreiteiras, devendo ser catalogado também “todos os bens, instalações e equipamentos ocupados”.

  Santos elenca várias instituições e órgãos que ele deseja como participantes dos novos processos licitatórios, como Controladoria-Geral da União, Tribunais de Contas do Estado e da União, Ministérios Público do Estado e Federal e a Caixa Econômica. Quer afastar o fantasma de “fraudes”. Dentro do Palácio Alencastro foi montada uma força-tarefa, conduzida pelo próprio prefeito, por Ussiel e Cido. Eles tentam descascar o “abacaxi”, afinal, apenas 5% das obras foram executadas e, até agora, a cada passo, vinha se deparando com uma irregularidade.

   O prefeito apelou até para o Exército brasileiro, que ficou responsável para cuidar do lote 1, referente à universalização do acesso à água tratada, considerada emergencial e orçada em R$ 20 milhões. Mesmo assim, como o 9º BEC está concentrado na pavimentação de rodovias, só poderá se dedicar às obras em Cuiabá no próximo ano - veja mais aqui.  (Patrícia Sanches)

(11h30) - Cido reforça que prefeitura corre contra o tempo para regularizar situação

   Os engenheiros da Sanecap trabalham a todo vapor para atualizar as planilhas dos projetos dos sete lotes. Além disso, a nova Comissão Licitatória está praticamente montada. As informações são do coordenador das obras do PAC em Cuiabá. Cido conta que a prefeitura vai convidar a sociedade organizada e órgãos fiscalizatórios para participar da confecção do novo edital. "Queremos que tudo seja transparente", reforça. A prefeitura aguarda também o aval da Justiça para tapar os buracos das obras embargadas e retomar a construção da ETA Tijucal. "O MP se pronunciou favorável. Estamos aguardando a decisão do juiz Julier (Sebastião)", conta Cido.  

Postar um novo comentário

Comentários (18)

  • Jacyara dos Mattos | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Parabens, FERNANDO ORDAKOWSKI, pela primeira vez os numeros apresentados, de obras já realizadas, correspodem a verdade.
    Venho falando sempre que as reações de maggi e Wilson, são politiqueiras e visam não criticar o LULA - que na realidade só prometeu o repasse porem não entrega o ouro, ou seja, o dinheiro.
    Não tem governo estadual nem municipal, o que ocorre hoje no Mato Grosso é uma das tragedias mais incriveis em termos sociais: Um governador oriundo das classes privilegiadas, cercado de incompetes secretários (existem exeções) e um populista com as mesmas caracteristicas, que conseguiram se unir na arte de nada fazer, de tudo começar e nada terminar.
    Acredito que nem Freud conseguiria identificar o comportamento psicologico dos dois.
    Julier entrou na dança e apresentou numeros grandiosos, fez repases monetarios irem para conta especial da Justiça federal e a conta continua sem crédito.
    Dr.Pagot, cai na besteira de mexer com Demosthenes Torres e proporcionou uma carta resposta das mais sublimes, já lidas por este missivista, obra fantastica onde eleca,O Senador, as 17.000.000.000,00 -bi, de razões que levaram o Tobata (pequeno trator agricola usado no trato de granjas pequenas, de Maggi, a uma vergonhosa constatação do não uso dos dicionários.
    E agora o novo capitulo da história da copa, à Agencia, gente a permisividade das escolhas é digna de imorais, não preocupados com o carater de uma sociedade mais justa, é um atentado ao respeito coletivo.
    A maioria dos nomes são do continuismo dos dois lideres, Excelencia e Galinho, esta ação, agora sacramentada pelos orgãos de justiça, mostra a excencia podre das lideranças, acima mencionadas.

    Mas, meu caro FO, pelo menos ficamos menos no escuro.

  • Paulo Roberto | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Quando a gente chama o prefeito WS e secretária-
    dos de incompententes e outras coisas mais, tem
    puxa-sacos e outros bichos que acham ruim, não
    gostam. E o nosso nobre alcaide quer ser gover-
    nador de MT. É mole.....kakakakak

  • Saladino | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Tô vendo êle com a pazinha. Fico pensando; SERÁ QUE ESTÁ À PROCURA DOS COMPUTADORES DO INTERMAT?

  • Van Hausen | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Ei JOÃO Paulo! De que reputação tu estais a falar? A de ilusionista ou pinóquio?

  • ALACIR DE MIRANDA SCHURING | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    AS CAPITAIS E CIDADES METROPOLITANA COM MAIS DE 500 MIL HABITANTES SEGUNDO BRASILIA OS SANEAMENTOS BASICOS LOGO, LOGO SERÃO ADMINISTRADO PELOS GOVERNOS ESTADUAIS ENTÃO EU SUGIRO AOS PREFEITOS WILSON SANTOS E MORILO DOMINGOS PORQUE NÃO ENTREGAR A SANECAP E O DAE PARA O GOVERNO DO ESTADO QUE IRÃO SE LIVRAR DESSA BOMBA.

  • Amaral | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Concordo com o Rodolfo em cuiaba o PAC estava saindo do papel, estava acontecendo, em que pese as irregularidades que ocorrem em todo o país, ou seja, de cab o a rabo no que diz respeito ao PAC. Mas aqui tinha a obra aconrtecendo, agora parou tudo e quem sofre é a população., Justiça Federal, deixa o homem trabalhar gente...

  • Jonil | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Chega a causar perplexidade alguns comentários que são postados parece até que é gente de outro planeta, de outro mundo. O PAC, todo mundo sabe, foi um grande problema, quando concebido pelo governo federal mas virou politicagem nacional. Por isso, chega a ser leviano levantar quialquer suspeitas. no caso de cuiabá, até a federal isentou a prefeitura, aliás, como servidor público, pude observar que o PAC de Cuyiabá foi um dos mais investigados do país

  • joao paulo | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Wilson santos, se não acontecer esse pac, vai ficar na historia, maior desrepeito com a populaçao cuiabana, é perigoso tambem de não ter a copa2014, e ai pergunto como vai ficar a sua reputação...

  • elizeu | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    COMO ESTE DINHEIRO É DO POVO,
    AS OBRAS TEM QUE SEREM CONCLUIDAS, NÃO INTERESSA EM QUAL GOVERNO.
    -NÓS CIDADÃOS PAGADORES DE NOSSOS IMPOSTOS E CUMPRIDORES DE NOSSAS OBRIGAÇÕES PRECISAMOS INSURGIR E EXIGIRMOS, SE NÃO DER PARA TERMINAR EM SETEMBRO/2010 DEVE TERMINAR EM OUTRA DATA POSTERIOR, MAIS O QUE NÃO PODE É DEIXAR DE FAZER.
    -PORQUE O ATUAL PRESIDENTE QUER INAUGURAR EM SEU GOVERNO.

  • Paulo Roberto | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    O governo federal deveria mandar PRENDER todos os envolvidos nesse PAC de Cuiaba...
    Todos!!! E ainda ressarcir o COFRE PÚBLICO desse escândalo Horroroso! Como o Governador permite uma atrocidade dessas neste Estado de Mato Grosso!

Hospital cobra R$ 2,4 mi da prefeitura

luiz carlos pereira 400 tce   O Instituto de Saúde Santa Rosa recorreu ao TCE, na esperança de encontrar respaldo para receber R$ 2,4 milhões da secretaria de Saúde da Capital. Argumenta que a prefeitura, com quem mantém contrato desde 2019, está inadimplente, pois não teria pago integralmente os...

Definido novo presidente do Sanear

hermes avila 400   O prefeito Zé do Pátio nomeou à presidência do Serviço de Saneamento Ambiental de Rondonópolis (Sanear) o engenheiro Hermes Ávila de Castro (foto), que tende a se efetivar no cargo. Hermes ocupa a cadeira que, desde janeiro de 2017, pertencia à Terezinha Silva de Souza,...

Afilhado de Bezerra nomeado adjunto

clovis cardoso 400   O MDB, sob o cacique político Carlos Bezerra, "emplacou" mais um filiado histórico em cargo relevante na gestão Mauro Mendes. O advogado e ex-superintendente regional do Incra-MT, Clovis Figueiredo Cardoso (foto), foi indicado e já nomeado para o cargo de secretário-adjunto de Agricultura...

MPE suspende censo previdenciário

jose antonio borges 400 curtinha   O procurador-geral de Justiça, promotor José Antonio Borges (foto), suspendeu o censo previdenciário cadastral dos membros e servidores inativos e pensionistas do MPE. O recadastramento deveria ter iniciado no último dia 11 para ser concluído no final de fevereiro. Borges tomou...

Juca e os 7 secretários da Câmara

andre pozetti 400 curtinha   O presidente Juca do Guaraná definiu sete dos nove secretários que vão ajudá-lo a administrar a Câmara de Cuiabá. O secretário de Administração é Bolanger José de Almeida. O coronel PM da reserva Edson Leite conduz o Patrimônio e...

Morre mais um pastor da Assembleia

pastor jose alves de jesus 400   A Covid-19 transforma mais um pastor da Igreja Assembleia de Deus em vítima fatal. Morreu nesta terça José Alves de Jesus (foto), que presidia há vários anos o Campo Eclesiástico Autônomo da Igreja de Primavera do Leste e região. Ele estava hospitalizado com o...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

O Governo de MT optou pela implantação do BRT em Cuiabá-VG em detrimento do VLT. O que você acha disso?

Estou de acordo

Discordo

Tanto faz

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.