Últimas

Segunda-Feira, 08 de Junho de 2009, 07h:47 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:23

RONDONÓPOLIS

Pacientes aguardam meses para atendimentos cirúrgicos

   A população de Rondonópolis enfrenta um verdadeiro caos na área da saúde pública. O Estado mostra dificuldades em contratar médicos e enfermeiros. Consultas, exames e cirurgias são marcados com antecedência, o que prejudica os pacientes, que esperam muito tempo, tanto para realizar os exames pré-operatórios, quanto para marcar o procedimento. Muitas vezes, na época da operação, é necessário refazer os exames. Em dezembro do ano passado, a Justiça decidiu lacrar o setor de atendimento dos pacientes pelo Sistema Único de Saúde (SUS) da Santa Casa de Misericórdia e Maternidade de Rondonópolis. Um mês antes, a Justiça já havia determinado a interdição temporária, parcial e imediata da ala que se destina exclusivamente ao atendimento dos pacientes pelo SUS da Santa Casa. A decisão atendia a uma ação civil pública ajuizada pela promotora de Justiça Ivonete Bernardes Oliveira Lopes, denunciando a falta de estrutura na ala pública e o tratamento diferenciado para pacientes do setor particular em detrimento dos pacientes do SUS.

   Cerca de 80% dos pacientes utilizam a saúde pública no município. Tentando amenizar os problemas, em 2003 foi criado o Consórcio Regional de Saúde. A secretária executiva Vânia Scapini atribui o caos à falta de investimentos na área de saúde básica. Ela ressalta que somente em 2008 foram liberados 60 mil procedimentos médicos pelo Consórcio. Mesmo assim, pacientes que precisam de cirurgias têm que enfrentar fila, especialmente no que se refere à intervenções cirúrgicas de média e alta complexidade. Quando o assunto é cirurgias ortopédicas, a espera por uma vaga é ainda maior. Autoridades atribuem a demora ao alto índice de acidentes nas estradas estaduais. (Flávia Borges)

-----------------------------------------------------------
Clique no play
e confira reportagem da TVCA

Postar um novo comentário

Comentários (2)

  • mariana Rodrigues | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Gente isso não esta acontecendo só em Rondonópolis....é no estado inteiro.....e as mortes não são informadas....Isso porque não é com os integrantes e familiares do governo.A saúde tá um caos no Estado inteiro, só que bem maquiada para não aparecer, ficando a Ao gostinho de quem sabe?????? e comandada pelo Deus Victor e pela maior perseguidora da população e dos servidores An Entala....Aliás quando será que o governo vai acordar? ou será que tá bão assim..... Olha , tem muito eleitor morrendo....Só vai ficar os zoiudos......Tá parecendo mil AF 447.......

  • cabelos azuis | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    E,ainda, a falta de compromisso de alguns setores elitizados da saúde,com a busca de resultados que atendam a necessidade daquele que paga seus impostos e espera um mínimo de atenção e respeito daqueles que recebem salários públicos.

PT na oposição independente do eleito

edna sampaio 400   Independente de quem ocupar o Palácio Alencastro, a partir de janeiro, a professora Edna Sampaio (foto), única eleita pelo PT à Câmara de Cuiabá, fará oposição ao prefeito. E dá sinais de que será uma parlamentar bastante atuante. Neste segundo turno, como o seu...

Secretário não consegue eleger Fred

fred gahyva 400 curtinha   O vereador licenciado e secretário estadual de Saúde, Gilberto Figueiredo, foi um cabo eleitoral incansável pela candidatura de Fred Gahyva (foto) a vereador pela Capital. Ele liderou reuniões nas unidades de saúde, reforçando pedido de voto para o aliado e amigo de...

Deputado agora pula de palanque

elizeu nascimento 400 curtinha   O ex-vereador e hoje deputado estadual Elizeu Nascimento (foto), que amargou a oitava colocação na disputa ao Senado na eleição suplementar do último dia 15, mudou de lado, como se troca de camisa. Em princípio, era apoiador do projeto de reeleição do prefeito...

Ex-aliado, Sales lembra quem é Abílio

coronel sales 400   Em mensagem enviada aos amigos, reforçando pedido de voto para Emanuel Pinheiro, o coronel PM da reserva e secretário de Ordem Pública da Capital, Leovaldo Sales (foto), diz conhecer bem os dois candidatos que disputam, neste segundo turno, o Palácio Alencastro. Sobre Emanuel, lembra que este tem...

Uma perna no muro e dicas indiretas

eduardo botelho 400 curtinha   O presidente da Assembleia, Eduardo Botelho (foto), chega ao final deste 2º turno das eleicões em Cuiabá com uma perna no muro. Ele liberou toda sua equipe para votar em quem quiser e todos pedem voto para Emanuel. Já Botelho, particulamente, preferiu não assumir publicamente o seu...

Nezinho, nova derrota e aposentadoria

nezinho 400   Aos 69 anos, o petebista Carlos Roberto da Costa, o Nezinho (foto), considerado da velha guarda política, tentou, mas foi reprovado nas urnas em Nossa Senhora do Livramento. Ele concorreu a prefeito em quatro pleitos. E já exerceu dois mandatos. Nezinho já foi secretário-adjunto de Fazenda do Estado,...