Últimas

Quarta-Feira, 16 de Maio de 2007, 10h:27 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:15

Artigo

Padrões de perfeição

     Brasília - A Folha aqui em Brasília está em frente a um edifício chamado "Venâncio 3000". O prédio é horrível. Em três blocos, assemelha-se a grandes caixas de sapatos alinhadas. Do lado de fora, uma reforma de quase meia década tenta dar uma maquiada no lugar. Outro dia choveu. As entradas do estacionamento ficaram alagadas. Alguém esqueceu de fazer um bueiro para as águas pluviais.
     O Venâncio 3000 é mais ou menos como o Brasil: está melhor do que antes da reforma, mas há uma sensação de trabalho malfeito combinado com falta de planejamento. Cedo ou tarde a maquiagem se vai e teremos problemas sérios.
     Não é esse o entendimento do presidente Luiz Inácio Lula da Silva sobre o país. Na sua entrevista coletiva ontem, o petista ontem só faltou colocar o Brasil à frente da Suécia ou de outro país estável do Primeiro Mundo. Não só o Brasil. Lula também se acha em excelente estado. Uma de suas frases: "Eu já estou atingindo a minha perfeição".
     É um padrão curioso de perfeição. Lula parece confundir situação melhor com excelência.Beneficiou-se de uma fórmula engenhosa e eficaz: o crescimento medíocre conjugado à inflação baixa (para padrões brasileiros). Reeleito, passou a acreditar ter encontrado uma espécie de "santo graal" para a administração do país. Nunca a expressão "conceder uma entrevista" foi tão verdadeira.
     Ontem, era o comandante supremo fazendo uma concessão -não um homem público cumprindo o dever de prestar contas. As réplicas dos jornalistas eram inúteis. A respostas vinham, em regra, desprovidas de objetividade.
     Mesmo talvez detestando a maioria dos presentes, Lula sorria para os perguntadores. Buscava uma cumplicidade cordial. Emulou à perfeição -aí, sim- o estilo dissimulado descrito por Sérgio Buarque de Holanda em "Raízes do Brasil".

Fernando Rodrigues é jornalista da Folha de S. Paulo

Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia

Ex-vereador, demagogia e contradição

everton pop 400   O ex-vereador por Cuiabá e apresentador de um programa popular de TV que leva o seu nome, Everton Pop (foto), gravou um vídeo em que critica o fato da Mesa Diretora da Câmara da Capital pagar os servidores todo dia 20, antecipando o salário em 10 dias do fechamento do mês. Pop só não...

Jayme é contra decreto do governador

jayme campos 400 curtinha   O senador Jayme Campos (foto), que já foi governador e prefeito, engrossa a lista dos que defendem isolamento social mais rigoroso neste momento. A postura vai na contramão do correligionário Mauro Mendes. O governador editou decreto que prevê a abertura de shoppings e comércio, desde...

EP e 2 medidas junto à Águas Cuiabá

emanuel pinheiro 400 curtinha   O prefeito Emanuel Pinheiro (foto) impôs duas medidas à concessionária Águas de Cuiabá. A empresa está proibida de cortar a água de inadimplentes e não terá direito a um aumento de 6%, aprovado pela Arsec. As medidas, segundo o prefeito, são...

Vice e o uso político do Creci pró-Julio

claudecir 400 creci curtinha   O sindicato dos profissionais do Mercado Imobiliário de Mato Grosso, sob Juliano Lobato, em nota de repúdio, detona o atual vice-presidente do Creci-MT, Claudecir Contreiras (foto), para quem está fazendo uso político da entidade e beneficiando, de forma descarada, o...

Toninho e expectativa de retorno à AL

toninho 400 curtinha   Toninho de Souza, que no ano passado estreou como deputado, permanecendo no cargo por 46 dias, no lugar de Eduardo Botelho, vive expectativa de retornar à cadeira na Assembleia. Mas isso vai depender de uma decisão de Janaína Riva, que está no quarto mês de gravidez. Ela tem...

Parlamentar temido reassume em VG

caio cordeiro 400 curtinha   Com menos de 15 dias no cargo de vereador em Várzea Grande, o primeiro-suplente Caio Cordeiro (foto), do PRP, já terá de desocupar a vaga. Eis que está de volta, da prisão para retomar o assento de parlamentar, Jânio Calistro, que está no segundo mandato e responde...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Você concorda com a decisão de prefeitos, que começam a decretar estado de emergência, fechando comércio, serviços públicos e o transporte coletivo?

sim

não

sei lá!

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.