Últimas

Segunda-Feira, 26 de Março de 2007, 10h:38 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:15

INFRAESTRUTURA

Pagot se recusa a fazer lobby junto a senadores

Cotado para Dnit, assessor de Maggi avisa a futuro ministro que não vai procurar senadores antes da sabatina

    O secretário de Estado de Educação, Luiz Antônio Pagot, disse não à sugestão apresentada pelo senador Alfredo Nascimento (PR-AM), futuro ministro dos Transportes, no sentido de fazer lobby junto aos senadores para ter o nome aprovado na sabatina e, assim, poder assumir a direção-geral do Departamento Nacional de Infra-Estrutura de Transportes (Dnit).

    Pagot esteve reunido com Nascimento semana passada. No encontro, o futuro ministro pediu que o principal interlocutor político do governador Blairo Maggi aproveitasse um encontro de senadores que acontece esta semana em Fortaleza para buscar apoio político. Pagot observou que tinha sido convidado pessoalmente pelo presidente Lula para comandar o Dnit e, depois, pelo próprio Nascimento, e que não considerava ético se submter a lobby para passar na sabatina no Senado.

    O trator da administração Maggi comentou ainda para Alfredo Nascimento que, se o nome não fosse aprovado pelos senadores, não teria problema, pois está gostando de atuar como secretário de Educação de Mato Grosso. Mesmo sob a chancela do presidente da República e do Ministério dos Transportes, para ocupar o cargo de diretor-geral do Dnit, o nome indicado precisa passar por sabatina dos 81 senadores. Pagot afirma não temer por esse obstáculo. Assegura ter conhecimento técnico suficiente para convencer os congressistas a avalizar o seu nome. Um dos partidos que estão de olho no Dnit é o PMDB, do deputado federal mato-grossense Carlos Bezerra.

   Além de Lula, Nascimento e do governador Maggi, Luiz Pagot conta com respaldo da ministra-chefe da Casa Civil, Dilma Rousseff.

   O cargo de diretor-geral do Dnit é um dos mais cobiçados da estrutura da máquina federal. Comanda R$ 12 bilhões por ano, um orçamento três vezes superior ao do Ministério da Agricultura, que é de R$ 4 bilhões.

Postar um novo comentário

Comentários (1)

  • Julião das Neves | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Mal informado o texto. Dilma jamais apoiaria Pagot. E mais: Pagot saiu da boca de Blairo, de ninguém mais.

Recuo do DEM e agora no Republicano

gabriel guilherme 400 curtinha   O DEM terá de excluir da lista de pré-candidatos a vereador pela Capital o nome do jovem Gabriel Guilherme (foto), de 22 anos. Ele optou por se filiar ao Republicano. Lotado na Assembleia como assistente da Secretaria de Orçamento e Finanças e filho do ortopedista Paulo Fonseca...

Galvan vai deixar PDT e ir pra o PRTB

antonio galvan 400 curtinha   Embora não tenha perdido de vistas o Aliança pelo Brasil, partido que está sendo criado por Bolsonaro, Antonio Galvan (foto), presidente da Aprosoja e que acabou levado à frigideira dentro do PDT em meio ao embate por tentativa de candidatura ao Senado, se mostra disposto a ingressar no...

"Pátio igual gato, comendo e miando"

jose medeiros 400 curtinha   O deputado José Medeiros (Podemos), vice-líder do Governo Bolsonaro na Câmara, disse que o prefeito Zé do Pátio, de Rondonópolis, está parecendo gato, comendo e miando, pois recebe recursos federais, inclusive de programas habitacionais e, mesmo assim, ainda alardeia nos...

Adair lançará ex-vice em Alto Paraguai

adair 400 curtinha   O ex-prefeito de Alto Paraguai, advogado emedebista Adair José Alves Moreira (foto), não vai disputar novamente, apesar da insistência do seu grupo. A tendência é de apoiar o seu ex-vice Luiz Figueiredo, com quem administrou a cidade de 2013 a 2016. Luiz também é do MDB e...

Deputado bolsonarista critica prefeito

claudinei deputado curtinha 400   O deputado Claudinei Lopes (foto), morador em Rondonópolis, ficou na bronca com o discurso populista do prefeito Zé do Pátio, para quem o povo nordestino votou em massa no PT e que não tem conseguido construir mais casas populares porque, diferente dos governos petistas, o presidente...

Sem Senado e tudo pela Mesa da AL

max russi curtinha 400   Presidente regional do PSB-MT, o deputado Max Russi (foto) tem participado das discussões para definição de candidaturas ao Senado, na suplementar de abril, mas não mais como pré-candidato. Seu desafio é outro. A prioridade é a busca da reeleição como...

MAIS LIDAS

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Na sua opinião, como está indo o Governo Bolsonaro...

excelente

bom

razoável

ruim

péssimo

não sei

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.