Últimas

Sexta-Feira, 08 de Junho de 2007, 08h:23 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:15

ARTICULAÇÃO

Pagot vai para Dnit pensando no governo de MT

    O executivo Luiz Antônio Pagot carrega consigo dois grandes desafios para os próximos três anos. Primeiro, quer assumir a direção-geral do Departamento Nacional de Infra-Estrutura (Dnit), consolidar em curto espaço tempo obras vitais para Mato Grosso e, em seguida, disputar o governo do Estado. Os planos do afilhado político do governador Blairo Maggi são ambiciosos.

    Ex-secretário de Infra-Estrutura, Casa Civil e Educação, Luiz Pagot tem um perfil mais técnico que político e o seu estilo trator encontrará resistência à frente de um órgão dominado hoje pelas empreiteiras. Muitos empresários do setor têm feito lobby para o Senado reprovar Pagot durante a sabatina, que acontece até o final deste mês. No Dnit, o ex-secretário conduzirá um orçamento de R$ 12 bilhões, dos quais R$ 9 bilhões são do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC). A intenção de Pagot é priorizar Mato Grosso. O problema é que, sob pressão, já se comprometeu a viabilizar outras para outros Estados.

   Pagot recebeu convite pessoal do presidente Lula para comandar o Dnit, após articulação do governador Maggi. Na conversa, Lula pediu ao ex-secretário que fizesse articulação política junto aos parlamentares para não ter o nome reprovado no Senado. A sabatina é condição indispensável para ocupar cargo importante como o de diretor-geral do Dnit.

    Acuado devido a denúncias que deixaram-no preocupado pela repercussão nacional, Pagot saiu em busca de apoio. Bateu à porta do governador de Minas, Aécio Neves (PSDB). Este prometeu empenho junto à bancada tucana, mas aproveitou para "amarrar" tanto com Pagot quanto com o próprio presidente Lula, recursos para viabilizar rodoviais federais no Estado mineiro. Pagot foi atrás de outro tucano, o senador Marconi Perillo (GO), relator do processo que conduzirá a sabatina. De novo, recebeu reivindicação e assegurou, desde já, obras para Goiás.

    Agora, o ex-trator do governo Maggi chegará ao Dnit com parte do orçamento comprometido, mas sem perder Mato Grosso de vista. Quer fazer estrago, no sentido de destravar obras importantes para o Estado, como as BRs-163 (Cuiabá-Santarém) e a 158 (Araguaia) para, aos poucos, consolidar sua pré-candidatura ao Palácio Paiaguás, em 2010. Se a gestão foi pífia, enterrará o sonho de ser sucessor de Maggi, condição inédita, já que um mesmo grupo político até hoje não conseguiu se manter no poder estadual por 12 anos de forma ininterrupta.

Postar um novo comentário

Comentários (6)

  • José Vieira | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Eu acredito que Pagot vai para o Denit; eu acredito em Papai Noel; em Bicho Papão; Disco Voador.....

  • Ariosto Cunha | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Esse pagot não se manca mesmo... É antipático, politicamente truculento e zero de carisma... Não tem voto de ninguém, é desconhecido pelo povo e quer ser candidato... Tudo bem sonhar não faz mal a niguém...

  • Aristóteles Potter | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Temos que pensar de forma construtiva. Torço pela nomeação do Pagot e pelo seu sucesso à frente do Dnit. Agora, creio que não vai haver favorecimento para o nosso Estado, porque isso não é da indole dele, como também, ele não vai sobreviver no cargo. É um espaço que todos os Estados desejam, e portanto, como matogrossense, estou torcendo por ele. Agora se ele escorrer no tomate vou vir aqui e critica-lo, sem nenhuma problema de consciência, porquê honestidade e integridade não está escrito na testa. Certas criticas não são construtivas, vamos pensar em Mato Grosso e parar com politicagem inconsequente!

  • ana maria | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Eu acredito que o Sr PAGOT poderia talvez ,quem sabe ,fazer uma boa gestão aqui mesmo em MT,por ex na educação onde estava, mas a ambição é maior e agora pode nadar nadar e morrer na praia pq DNIT e GOVERNO de MT ele não mais consegue ja conhecemos esse filme (BOTA A CARA E O rabo aparece)

  • Fernanda | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Superção esta é a palavra que pode definir Luiz Antônio Pagot.
    Uma pessoa integra, honesta e trabalhadora que em sua gestão frente a Sinfra construiu 30.000 casas e pavimentou 2.000 km de estradas em nosso estado.
    Vale lembrar que em 2003 Mato Grosso tinha 1.900 km de estradas pavimentadas.
    Será que devemos ou podemos questionar sua competência???

  • marcos | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    estamos esperando para que isso acontessa pois conhecemos a sua capacidade e a sua honetidade pois precisamos de pessoas do seu tipo senhor PAGOT o governador esta muito certo de indicar o senhor PARABENS para vcs dois

Covid mata 20º pastor da Assembleia

aparecido domingues pastor cidao 400   Morreu neste sábado mais um pastor da Assembleia de Deus em consequência da Covid-19. Aparecido Francisco Domingues, o Cidão (foto), que era vice-presidente em Paranaíta, é o 20º pastor da Igreja em Mato Grosso a vir a óbito, após ser infectado pelo novo...

Os virtuais candidatos a governador

ygor moura 400   Mesmo que timidamente, alguns começam a externar, em privado, o desejar de disputar o governo estadual por um bloco de oposição, contrapondo o projeto de reeleição de Mauro Mendes. O empresário Ygor Moura (foto), da rede de clínicas de depilação Espaçolaser,...

Nomes "de fora" pra deputado federal

valtenir pereira 400   Enquantos os oito deputados da bancada federal de MT (Barbudo, Medeiros, Leonardo, Rosa Neide, Juarez, Bezerra, Emanuelzinho e Neri) vão em busca da reeleição, na esperança de continuarem em Brasilia por mais quatro anos, outros líderes correm por fora, dispostos a também entrar na...

Todos federais vão tentar a reeleição

carlos bezerra 400   Todos os oito deputados federais mato-grossenses estão trabalhando projeto de reeleição. Mas um resolveu espalhar, em paralelo, a ideia de tentar o Senado: Neri Geller (PP). Sabe-se, porém, que a jogada do deputado de Lucas do Rio Verde e que já foi ministro da Agricultura não passa de...

Mil cestas básicas vão para músicos

alberto machado 400   O secretário estadual de Cultura, Esporte e Lazer, Alberto Machado, o Beto 2 a 1 (foto), está comemorando a decisão do governador Mauro Mendes e da primeira-dama Virginia Mendes, que desenvolve ações sociais de forma voluntária, de disponibilizar mil cestas básicas para...

Assembleia cede espaço pra vacinação

Eduardo Botelho _ 400   O prefeito cuiabano Emanuel Pinheiro procurou e encontrou apoio da Assembleia para ampliar locais de vacinação da população contra Covid-19. Em reunião nesta sexta entre o prefeito e os deputados Eduardo Botelho (foto), Paulo Araújo e João José, que preside a...