Últimas

Terça-Feira, 05 de Junho de 2007, 11h:10 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:15

SEGURANÇA PÚBLICA

Para 75%, culpa pela tragédia é da própria PM

 A Polícia Militar foi responsabilizada por 75,5% da população rondonopoliense pelo incidente da simulação da PM que vitimou um menor e feriu várias pessoas.  Os dados são da pesquisa Mark realizada entre os dias dois e três de junho. Foram 416 entrevistados questionados sobre a quem atribui a responsabilidade na tragédia em Rondonópolis.

      A Polícia Militar foi indicada como a maior responsável. O Secretário Estadual de Justiça e Segurança Pública, Carlos Brito, foi responsabilizado por 7,7% da população.  O nome do prefeito de Rondonópolis, Adilton Sachetti, aparece com 6,3% de culpa sobre a tragédia e 2,9% indicaram o governador Blairo Maggi. Apenas dois entrevistados, que equivalem a 5% da pesquisa, afirmam que ninguém é responsável e 7,2% não sabem responder.

    Além dos entrevistados citarem nomes  espontaneamente, a pesquisa foi realizada com nomes específicos. Sobre o grau de culpa do governador Blairo Maggi no episódio, 60,8% acreditam que ele não seja responsável e 20,2% atribuem a ele a parcela de culpa. 9,6% não sabem dizer e 9,4 dizem que Maggi não é responsável.

     Na opinião de 56,5% dos questionados, o Adilton Sachetti não pode ser responsabilizado pelo episódio, porém 21,2% imputam a ele a parcela de culpa, 13% defendem que ele não é responsável e 09,4% não sabem responder.   
  
    Carlos Brito foi isentado por 37,7%. De acordo com 32,5% afirmam que possui uma parcela de culpa, 19% afirma ser ele o responsável e 10,8% não sabem responder.

     Dos entrevistados, 40% atribuem a culpa pelo incidente ao Comandante Regional da PM, Wilkerson  Sandes. Sendo que 23,1% afirmam que ele possui uma parcela de culpa, 22,4% não o considera responsável e 14,2% não sabem responder.

Postar um novo comentário

Comentários (3)

  • Paulo Elias Dantas Aquino | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Tudo bem que a maioria culpa a policia pelo acidente do Jardim das Flores,eu não concordo,tem que dividir entre a policia e o poder executivo que não tinha nenhuma necessidade de levar a policia Militar para fazer apresentações em um bairro tão carente como o que ocorreu.Sempre teve mutirões desde a época de percival Muniz,mas sem a policia Militar é claro.

  • Donizete | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Toda essa atrapalhada ficou caracterizada que a culpa fui de quem morreu? vai recorrer para quem Blairo Maggi.

  • mrcos | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    eu sempre disse que a culpa nao seria nem do secretario e muito menos do governador a prova disso esta ai jogaram a culpa em cima pro pura politicagem e politica nao se faz assim

2 abstenções e briga pela 4ª Secretaria

silvio favero 400   Dois deputados se abstiveram na eleição da Mesa Diretora da Assembleia desta terça cujo votação foi secreta. Nos bastidores, os comentários são de que as abstenções foram de Sílvio Fávero (foto), que se lançou à disputa e, sequer, teve...

Petista, incoerência e voto contrário

ludio cabral 400   O petista Lúdio Cabral (foto), daqueles parlamentares do morde e assopra, na tentativa de marcar posição, expõe cada vez mais suas incoerências em votação na Assembleia. Na sessão que antecedeu a eleição para a nova Mesa Diretora, provocada pela decisão...

Projeto sobre VI na Saúde está na AL

gilberto figueiredo 400 curtinha   Já está na Assembleia, para votação dos deputados, o projeto do governo que garante retomada do pagamento da verba indenizatória aos profissionais da Saúde que atuam na linha de frente do combate à Covid-19 nas unidades hospitalares, ambulatoriais e...

2 desembargadores vão para TRE-MT

carlos alberto tj 400 curtinha   O Pleno do Tribunal de Justiça define, na quinta (25), em votação secreta e por videoconferência, dois desembargadores que comporão os quadros de comando do TRE-MT pelos próximos dois anos. O ex-presidente do TJ, Carlos Alberto Alves da Rocha (foto), é um dos inscritos...

Primeira-dama pede retorno de auxílio

marcia_pinheiro_curtinha400 Primeira-dama de Cuiabá Márcia Pinheiro (foto), em visita à sede do Rdnews e entrevista ao Rdtv, pede que a bancada federal de MT se mobilize e vote favorável ao retorno do pagamento do auxílio emergencial às famílias em situação de vulnerabilidade. Márcia...

Retorno, um novo tempo e inocência

jose carlos novelli 400 curtinha   Os conselheiros José Carlos Novelli (foto) e Antonio Joaquim participaram nesta terça da primeira sessão do Pleno do TRE, após três anos e seis meses afastados por determinação da Justiça, com base em denúncias sem provas de que cinco conselheiros...