Últimas

Quinta-Feira, 18 de Setembro de 2008, 09h:09 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:21

CONJECTURAS

Para Abicalil, PT deve dobrar o número de eleitos

   O presidente estadual do PT, deputado Carlos Abicalil, crê na ampliação do número de petistas eleitos no pleito deste ano. Para ele, o partido do presidente Lula deve dobrar o número de prefeitos em Mato Grosso, que hoje é de apenas 7, e aumentar o quadro de vereadores, dos atuais 102 para 150 no embate eleitoral de 5 de outubro. "Iremos dobrar o número de prefeitos, podendo superar a meta", assegura.

   O parlamentar acredita ainda que a base aliada do PT no Estado (PT, PMDB e PR) tende a crescer, já que conta com nomes de "peso" no cenário político estadual, como o próprio governador Blairo Maggi (PR). Entre as cidades destacadas por Abicalil como sendo as que têm maior possibilidade de vitória do arco de alianças que envolve o PT, estão Sinop, onde a sigla apóia Juarez Costa (PMDB); Rondonópolis, onde o partido resolveu apoiar o candidato republicano Adilton Sachetti, além de Cáceres, com adesão à candidatura do ex-prefeito Túlio Fontes (DEM).

   Abicalil garante que tem viajado por diversas cidades e, a partir daí, avaliado as campanhas dos petistas. Ressalta, porém, que em alguns municípios há restrições quanto às campanhas eleitorais devido aos Termos de Ajustes de Conduta (TACs), firmados entre os candidatos, Ministério Público e a Justiça Eleitoral. Para ele, após as eleições devem ser corrigidos alguns pontos dos TACs, os quais qualifica como "excessos". "Há municípios que, em função do TAC, os candidatos não podem nem fazer visitas ao comércio", observa o parlamentar. (Flávia Borges) 

Postar um novo comentário

Comentários (1)

  • Gilmar | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Lula em alta, e a militancia do PT em MT desmotivada e desmantelada por culpa da direção. O PT, não ter candidato na capital e nem nas principais cidades foi um suicidio politico, prevaleceram os interesses pessoais.

Câmara chama secretária para vaga

chico 2000 curtinha   Após a destituição de Ralf Leite (MDB) da vaga de Chico 2000 (foto), licenciado, por força de decisão judicial, a Câmara de Cuiabá convocou a primeira suplente Luciana Zamproni (MDB) para assumir mandato temporário no Legislativo, menos de 30 dias. Ela atua como...

PTB perdeu uns, mas ganhou outros

emanuelzinho 400   Em Várzea Grande, enquanto alguns militantes do PTB, puxados pelo secretário jaymista Silvio Fidelis foram para os braços do candidato a prefeito Kalil Baracat (MDB), que tem Hazama (DEM) de vice, militantes de outras legendas decidiram abraçar a candidatura do petebista Emanuelzinho (foto). São...

PT de Cuiabá passivo; ROO, autêntico

kleber amorim 400 curtinha   O PT de Rondonópolis se organizou melhor, mobilizou a militância, se tornando mais autêntico do que o núcleo petista de Cuiabá. Para se ter ideia, o partido, numa posição de coragem e levando preocupação ao prefeito Zé do Pátio, que tinha...

DEM é "suprapartidário" em Cuiabá

wilson santos, 400 curtinha   Para uns, o DEM de Cuiabá se tornou "suprapartidário". Para outros, um partido de aluguel. Além de não ter cabeça de chapa para prefeito, o partido do governador Mauro e dos irmãos Júlio e Jayme Campos enfrenta uma situação inusitada de concorrentes...

Diretório do Podemos-VG dissolvido

mara podemos curtinha 400   A direção estadual do Podemos, sob o deputado José Medeiros, destituiu o diretório municipal de Várzea Grande e anulou o encaminhamento para apoio a Kalil Baracat a prefeito. Agora sob comando provisório da professora Wilcimara Carnelós, a Mara (foto), que está na...

Silvio provoca debandada no PTB-VG

silvio fidelis 400 curtinha   Silvio Fidélis (foto), afilhado político de Chico Galindo e que se tornou fiel escudeiro da prefeita várzea-grande Lucimar Campos, de cuja gestão é secretário de Educação, provocou debandada geral no PTB local. Inconformado com a decisão de Emanuelzinho de...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Você acha que o efeito-Bolsonaro terá impacto no resultado das eleições de novembro em MT?

sim - onda Bolsonaro continua

não - efeito não influencia mais

sei lá!

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.