Últimas

Terça-Feira, 03 de Novembro de 2009, 16h:32 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:24

TRIBUNAL DE CONTAS

Para conter crise, Albano cobra planejamento de prefeitos

   O novo presidente do TCE, Valter Albano, aproveitou o seu primeiro discurso para deixar bem claro que não vai “dar mole” aos gestores e que pretende ter uma atuação enérgica. Perguntado sobre a reclamação por parte da maioria dos prefeitos acerca da arrecadação e os impactos nas contas dessas cidades, ele foi categórico. “A arrecadação das cidades é cíclica e os prefeitos têm que estar preparados para quedas na arrecadação. É necessário haver planejamento”, argumentou Albano. Segundo ele, é inadmissível que uma prefeitura paralise os trabalhos por causa da queda na arrecadação. "É necessário que haja uma prevenção para eventuais quedas na arrecadação”, avaliou Albano, conhecido por seu caráter técnico.

  Ele defende que o TCE haja de maneira mais dura para coibir erros, fraudes e desvios na administração pública, por isso, em seu plano estratégico pretende intensificar o controle concomitante sobre os atos dos governos e das gestões, além da adoção de medidas cautelares e representações. A medida foi recebida de maneira consensual entre os conselheiros. “Precisamos fazer a biópsia nas células enquanto elas estão vivas para matar o câncer”, observou o presidente do TCE, Antônio Joaquim, que deixa o cargo em 31 de dezembro. Albano assume em 4 de janeiro e ficará por 2 anos.

  Para Joaquim, a maior missão do novo presidente será consolidar as ações feitas pelo TCE e aproximar cada vez mais a população do Tribunal de Contas. “Devemos consolidar todos os projetos de políticas públicas realizados”, pondera o presidente, que foi eleito como vice-presidente do próximo biênio. Já o novo corregedor-geral, José Carlos Novelli, ficará responsável por cuidar para que os prazos sejam cumpridos e os quase 10 mil processos sejam julgados. (Patrícia Sanches)

Postar um novo comentário

Comentários (4)

  • Rubens | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Vetado por conter expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas.
    Queira, por gentileza, refazer o seu comentário.

  • Luis Marcelo | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Virou rotina os chefes do executivo tentarem impedir uma CPI, como se isso fosse atrapalhar o governo deles e não descobrir todas as maracutaias. Engraçado as pessoas acham normal vamos impedir uma CPI...Palhaçada! Essa comissão está sendo usada como moeda de troca dos poderes.

  • maria jose alves de arruda | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    muito bem, isso realmente tem que acontecer, essas cobranças são necessárias, o cumprimento dos, PPA/PTA, são necessario sem Planejamento não ha mudanças tornar isso realidade e muito compricado, enfim boa sorte.

  • Etevaldo | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Tudo no mundo está em constante muudança, mas os políticos brasileiros querem fazer o impossível, manter a política tal como era na época do império. Por aqui, as mais elementares práticas da boa administração são absurdamente ignoradas, a única medida que conhecem é a do aumento de arrecadação, aumento de cargos comissionados, aumento de privilégios... é uma lástima.

França, a gritaria e as contradições

roberto franca 400 curtinha   Roberto França (foto) sempre fez campanha eleitoral na gritaria. É daqueles populistas que fazem cara feia, falam alto e batem na mesa para tentar assustar e intimidar adversários e posar para o eleitor como "cabra macho", "valente" e acima de qualquer suspeita. Foi assim que se elegeu e se...

Reconhecimento de um governo ruim

pedro taques 400   Pedro Taques (foto) recorreu a uma observação feita pela mãe, professora Eda Taques, de que fora melhor senador do que governador. No horário eleitoral, o candidato ao Senado, agora pelo SD, menciona a frase da mãe para, em seguida, dizer que reconhece que sua atuação em...

Apoiado por deputados bolsonaristas

jose medeiros 400 curtinha   Um dos vice-líderes do Governo Bolsonaro na Câmara, o deputado José Medeiros (foto), do Podemos, vem recebendo apoio na disputa ao Senado de vários parlamentares bolsonaristas. O chamado núcleo duro do presidente no Congresso Nacional está com Medeiros, entre eles os deputados...

Justiça barra ficha suja em Poconé

clovis martins 400   A Justiça Eleitoral barrou em Poconé o ex-prefeito Clovis Damião Martins (foto), considerado ficha suja. Está inelegível por oito anos. Filiado ao PTB, ele foi condenado pelo TCU por irregularidade insanável que configura ato doloso de improbidade administrativa. Enquanto...

3 estão fazendo pesquisa em Cuiabá

Três institutos de pesquisa entraram em campo na capital nesta semana para levantar as intenções de voto para prefeito. São eles: Malujoa Comunicações, que geralmente divulga os resultados no site Olhar Direto; a Voice Pesquisas e Comunicação, do site Midianews; e Real Time Big Data. A Voice poderá tornar públicos os números apurados da pesquisa a partir de segunda (26), enquanto os outros dois estão autorizados...

Marino enaltece Leitão para o Senado

marino franz 400 curtinha   O empresário e ex-prefeito de Lucas do Rio Verde, Marino Franz (foto), anunciou apoio a Nilson Leitão (PSDB) para o Senado. Disse que conhece o candidato tucano de longa data, desde quando este foi prefeito de Sinop e assegura que Leitão é preparado, representa muito bem a região e o...