Últimas

Sábado, 21 de Julho de 2007, 15h:04 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:16

INFRAESTRUTURA

Para procurador, governo federal mudou regra

    O procurador-geral da Prefeitura de Cuiabá e diretor-presidente da Sanecap, José Antonio Rosa, contestou as declarações da leitora Maria José. Ela afirmou, em matéria abaixo intitulada "Prefeito endurece diálogo e complica empréstimo", que Santos fora infantil e teria dificultado as negociações com o governo federal para obter recursos à Capital, diferente dos gestores Murilo Domingos (Várzea Grande) e Adilton Sachetti (Rondonópolis), que deixaram Brasília com verbas do PAC asseguradas.

José Rosa critica mudança na regra sobre contrapartida para obter recursos do PAC     "Na reunião, o prefeito Wilson Santos afirmou que o governo federal mudou a regra do jogo no meio do caminho. Isso foi feito por uma questão estratégica de só liberar dinheiro com contrapartida de 20%, o que dá um valor muito alto", contrapôs José Rosa, que estava presente nas duas reuniões na última quarta (18), uma na Casa Civil e a outra, mais tarde, no Ministério das Cidades. José Rosa afirma que o Município "não tem como fabricar dinheiro para bancar a contrapartida". Para ele, o ideal seria que esse percentual baixasse de 20% para 5%.

   "Não podemos fazer loucura e pegar empréstimo por pegar. Temos que ter compromisso com a gestão pública. O Município tem que ter condições de pagar. Então, o que houve foi uma defesa da gestão feita pelo prefeito, que foi incisivo e verdadeiro". O presidente da Companhia de Saneamento da Capital observa que no Ministério das Cidades, onde foi feita uma nova engenharia, as negociações avançaram mais do que em relação à Casa Civil.

    Foram aprovados os projetos Cuiabairros e o PAC Sanear. No caso do primeiro, serão liberados R$ 35 milhões, sendo R$ 28 milhões do BNDES e R$ 7 milhões de contrapartida da prefeitura. Sobre o PAC Sanear para investimentos em abastecimento de água, esgotamento sanitário, habitação e drenagem, estão aprovados R$ 34,6 milhões, com contrapartida de 18%.

      "Diferente do que essa mulher (Maria José) falou, não teve nada disso (de recusa de negociação). Foi só defesa intransigente da gestão porque está claro para o governo federal que, se não tiver contrapartida, os projetos não andam", explicou José Antônio Rosa. Segundo ele, os dados técnicos apresentados pelo prefeito Santos e auxiliares foram elogiados por representantes do governo federal.

Postar um novo comentário

Comentários (5)

  • Marcelo Souza | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Vilson Nery ou vc não gosta da pessoa do prefeito Wilson Santos ou vc não bante muito bem da cabeça, pois não será os tucanos e muito menos o PT que vai pagar os 20% de contra partida, mas sim Eu, Vc e a população de Cuiabá. Está sim, correto o Prefeito Wilson Santos que defende Cuiabá e a sua população. Inveja mata cara, vai estudar para ver se vc consegue ser algo na vida cara.

  • Renato Santos | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    O governador Blairo Maggi precisa tomar cuidado, porque esta ajudando esse povo ai com recursos que eu dúvido que seja realmente aplicado no saneamento. Até porque quem vai fiscalizar a aplicação desse dinheiro? Esse Antonio Rosa é uma raposa que agora esta cuidando do galinheiro. Outra coisa, Maggi ta alimentando cobra.

  • ana maria | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Ha bem , logo vi que alguem mentia nesse caso a Dona Maria Jose:não sei por qual razão, o que sei e que Cuiaba esta precisando de AJUDA FEDERAL, ESTADUAL E ATE INTERNACIONAL
    pois o que vemos ela esat relegada por esses governos mediocres que não querem ver Cuiaba progredindo despontando pelo progresso , existe sim mtos trabalhando contra Cuiaba .Pois não perdem por esperar a politica é dinamica do jeito que esta logo virá o troco tenho dito.........;;;;

  • Marcelo Souza | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Prefeito há um comentário nos bastidores que o Blario magi foi quem organizou a reunião do PAC em Brasília onde aconteceu da seguinte forma: cada cidade discutiria separada os seus recursos, começando por Rondonópolis e em seguida com Várzea Grande e finalizando com Cuiabá. Sendo que nas duas primeiras cidades o Governador Participou e exigiu a presença da Ministra Dilma onde o Gorverno de mato Grosso assumiu algumas contrapartidas que deveriam ser assumidas por Rondonópolis e Várzea Grande e quando aconteceu a reunião com Cuiabá o Blairo e a Dilma não compareceram. É Verdade Prefeito?

  • Vilson Nery | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Esses tucanos são mesmo incoerentes. Lembra-se que eles renegociaram as "dívidas" do Estado (na verdade rombos causados por sucessivas ladroagens),comprometendo 22 por cento da receita estadual.

    Agora, na prefeitura, assumir o compromisso de pagar 20% de uma obra que será construída de imediato, com resultados positivos para a cidade, eles não querem. O desejo da tucanalha é que o Governo Lula faça a obra e eles [os tucanos] instalem as placas!

    Vilson Nery

PEC da Previdência na pauta nesta 5ª

dilmar dal bosco 400 curtinha   A polêmica e controversa PEC da Previdência, apresentada pelo governador Mauro, deve ser apreciada nesta quinta, em primeira votação, pelos deputados. O Executivo conseguiu os votos mínimos necessários para conseguir aprovação. Deputados da oposição...

Caminho bem consolidado à reeleição

leonardo 400 curtinha   Dos prefeitos que podem ir à reeleição de cidades pólos, o que encontra situação mais confortável é Leonardo Bortolini, o Léo (foto), de Primavera do Leste. Bem articulado e habilidoso politicamente e com uma relação extensa de obras e...

PSDB e balão de ensaio para prefeito

paulo borges 400 curtinha   Bastante enfraquecido e fragilizado, após perda do comando do Executivo estadual e de quadro de filiados, o PSDB anuncia que terá candidato a prefeito de Cuiabá. E até lista três "prefeitáveis", sendo eles os empresários Luiz Carlos Nigro e Dorileo Leal, além do...

Grupo de Fabinho ávido pelo poder

fabio tardin 400 vereador   Uma ala do DEM de Várzea Grande, que se sente excluída do Paço Couto Magalhães, está torcendo pela cassação da prefeita Lucimar e do vice Hazama. O placar do julgamento no TSE está em 2 a 1 pela manutenção do mandato. Esse bloco anti-Lucimar é...

Vereadores oficializam 2 férias por ano

emerson 400 alta floresta curtinha   Os vereadores de Alta Floresta, no Nortão, aproveitaram este período de pandemia, com as atividades presenciais suspensas, para garantir dois períodos de "férias" por ano. Em decisão desta segunda, a Câmara Municipal, presidida por Emerson Sais Machado (foto), alterou o...

Comissão da Câmara sob efeito-Covid

renivaldo 400 curtinha   Em meio às discussões sobre transparência e compras emergenciais de medicamento, insumos e equipamentos às unidades de saúde, na luta contra a pandemia da Covid-19, a Câmara de Cuiabá criou uma Comissão Especial, composta por três vereadores. Tem a...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Até dezembro, o IFMT terá eleição para Reitoria. Quem você acha que será eleito dos candidatos abaixos?

Deiver Alessandro

Julio Santos

Nenhum deles

Não tenho ideia

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.