Últimas

Sábado, 05 de Dezembro de 2009, 19h:22 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:24

HUMOR

Paródia de Saudosa Maloca recorda a trajetória de Arruda

   O cerco continua se fechando contra o ex-senador e governador José Roberto Arruda (DF). Após concluir a primeira etapa da análise dos documentos apreendidos semana passada na Operação Caixa de Pandora , a Polícia Federal decidiu pedir a quebra do sigilo bancário do democrata e de mais 17 investigados no inquérito sobre o chamado mensalão do DEM. O sim ou não ao pedido caberá ao relator do caso, ministro Fernando Gonçalves, do Superior Tribunal de Justiça (STJ).

   Arruda é acusado de montar um esquema de cobrança de propina de empresas com contratos com o governo e de usar parte dos recursos para comprar apoio político na Câmara Legislativa do DF. Num dos vídeos , ele aparece recebendo dinheiro das mãos do ex-secretário de Relações Institucionais Durval Barbosa, em 2006, antes de assumir o cargo. A PF tentará também fazer o rastreamento de parte do dinheiro distribuído por Durval a políticos e altos funcionários do governo Arruda, a partir dos registros feitos pelo serviço de inteligência antes da partilha. Nas fotos aparecem as cintas dos pacotes de dinheiro com os nomes dos bancos de onde os recursos foram retirados antes de serem entregues a Durval. Com as informações, a PF acredita que chegará até a origem de parte do suposto mensalão de Arruda, que alegou que o dinheiro seria para comprar panetones para crianças carentes.

   O chargista Maurício Ricardo não perdoa Arruda. Nesta charge animada ele faz uma paródia de Saudosa Maloca, de Adoniran Barbosa, gravado por Demônicas da Garoa em 1957, para lembrar a trajetória do democrata desde a época em que foi senador e se envolveu na violação do painel do Senado.

------------------------------------------------------
Clique no play 2 vezes e confira. Está imperdível

Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia

Silvio provoca debandada no PTB-VG

silvio fidelis 400 curtinha   Silvio Fidélis (foto), afilhado político de Chico Galindo e que se tornou fiel escudeiro da prefeita várzea-grande Lucimar Campos, de cuja gestão é secretário de Educação, provocou debandada geral no PTB local. Inconformado com a decisão de Emanuelzinho de...

PTB tem 25 e deve eleger 2 à Câmara

misael galvao 400 curtinha   O PTB lançou 25 nomes a vereador em Cuiabá. E a tendência é de eleger entre um e dois. As maiores apostas são os seus próprios vereadores: Misael Galvão (foto) e Adevair Cabral, respectivamente, presidente e primeiro-secretário da Mesa Diretora da Câmara....

Retorno à Câmara após 6 mandatos

fulo 400 curtinha   Figura bastante popular, especialmente na região da Vila Operária, Lourisvaldo Manoel de Oliveira, o Fulô (MDB), que foi vereador de Rondonópolis por seis mandatos, está de volta. Hoje suplente, ele assume provisoriamente nesta segunda a cadeira do titular Thiago Muniz, que pediu licença...

Bolsonaro nem aí para políticos de MT

nelson barbudo 400 curtinha   O cerimonial da Presidência da República deu de ombros para os políticos, inclusive para a bancada federal mato-grossense, na visita de Bolsonaro, sexta, em Sinop e Sorriso. Alguns tentaram, de forma insistente, tirar foto com o presidente. E até conseguiram. Mas o capitão preferiu...

Tião com Flávio e "pau" nos Campos

tiao da zaeli 400 curtinha   A maior bronca dos Campos em Várzea Grande hoje é com o ex-prefeito Tião da Zaeli (foto), que motivou o amigo e empresário Flávio Vargas, dono do frigorífico Frical, a entrar na disputa à sucessão municipal. E Flávio conseguiu construir um amplo arco de...

A única dos maiores fora da reeleição

rosana martinelli 400 curtinha   Seis dos 10 prefeitos dos maiores municípios de MT poderiam disputar a reeleição neste ano por estarem no primeiro mandato ou já tendo exercido outros não consecutivos. E, destes, somente Rosana Martinelli (foto), de Sinop, não se recandidatou. Percebeu dificuldades...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Você acha que o efeito-Bolsonaro terá impacto no resultado das eleições de novembro em MT?

sim - onda Bolsonaro continua

não - efeito não influencia mais

sei lá!

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.