Últimas

Sábado, 07 de Junho de 2008, 10h:26 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:21

RUMO ÀS URNAS

Partidos se rendem às articulações de Bezerra


Carlos Bezerra dita as regras do PMDB há mais de uma década

  Por mais que leve as pechas de "pé-frio", de "abraço da morte" e de "mão-de-pilão", o deputado federal Carlos Bezerra, presidente regional do PMDB há mais de uma década, continua ditando as regras em todas as instâncias do partido. Nos bastidores, nenhum acordo político é fechado sem o seu consentimento. Alguns até tentam costurar entendimentos à revelia, mas sabem que, ao final, precisam pedir "benção" para o cacique.

   Em Cuiabá, por exemplo, o prefeito Wilson Santos apostou todas as fichas numa articulação com o presidente da Câmara Municipal, vereador Lutero Ponce, que conduz o diretório municipal do PMDB. Com Lutero, acertou (quase) tudo, desde participação do partido na atual administração, estrutura de campanha e parcerias futuras. Bezerra avalizou o acordão, depois. Eis que surge o pré-candidato adversário de Santos, Mauro Mendes, e começa a "jogar pesado" para cooptar o PMDB. Bezerra escala Lutero para as primeiras conversações e fica na retaguarda. Depois, entra nas articulações. Conclusão: sob as ordens de Bezerra, os peemedebistas na Capital resolvem abandonar Santos e vão estar agora no palanque de Mendes.

   Em Várzea Grande, o vice-prefeito Nico Baracat só resolveu entrar na disputa à prefeitura após receber autorização de Bezerra, assim como o deputado Zé do Pátio em Rondonópolis. Bezerra carrega consigo alguns trunfos eleitorais que acabam "seduzindo" os candidatos. Um deles é o bom espaço que o partido usufrui no horário eleitoral na TV. Essa distribuição do tempo considera o número da bancada de deputados federais.

  Nas últimas campanhas eleitorais, Carlos Bezerra acabou recebendo a culpa por derrotas, principalmente nas disputas majoritárias, devido ao seu desgaste político e à forma de conduzir alianças, feitas em nível de cúpula sem consultar as bases. Em 1998 e em 2002, por exemplo, ele levou o PMDB e todo um grupo político à derrocada. Se juntou ao então adversário ferrenho Júlio Campos, derrotado a governador e, depois aos tucanos Dante de Oliveira e Antero de Barros, que também perderam para senador e governador, respectivamente.

   Mesmo sob críticas, Bezerra sobrevive na política. Advogado e militante histórico do velho MDB, ele começou como prefeito de Rondonópolis. Depois foi deputado estadual, governador e senador e hoje ocupa cadeira de federal pela segunda vez. Muitos militantes afirmam que Bezerra não permite ser "engolido" internamente. A estratégia dele é limitar a atuação de quem o ameaça dentro do PMDB. É por isso que vive em rota de colisão com o vice-governador Silval Barbosa, uma das opções do partido para concorrer ao Palácio Paiaguás, em 2010. De todo modo, a cada eleição o cacique se auto-valoriza, afinal, é quem manda no PMDB. Os demais, seguem-no.

Postar um novo comentário

Comentários (8)

  • edesio do carmo adorno | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Na condição de empresário e amigo do rei da soja, Mauro Mendes (PR) alimenta o sonho de menino rico de governar Cuiabá. Trata-se de um capricho, uma fantasia excêntrica. Vai se apresentar ao eleitorado como dono de uma proposta nova, moderna. O novo, no entanto, se restringe ao campo da retórica. Na prática Mauro já se aliou ao que de mais velho, retrógado e ultrapassado existe no mundo político de mato Grosso. Ele já recebeu o abraço da morte. Esta fadado a derrota. Esse arranjo com o deputado Carlos Bezerra (PMDB) é fatídico e de resultado previsível. Se as chances do menino rico conquistar a prefeitura da Capital já eram pequenas, com a cooptação do PMDB, Bezerra et caterva, reduziram ainda mais. Quem viver, verá!

  • jose | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    que infeliz ideia,com a turma da botina e agora com o abraço da morte com este enterra candidatura isso nao dara em nada... contiue fazendo o que vc faz bem...ganhando dinheiro rapido.

  • Milton Ribeiro | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Permita-me meu amigo Dr. Edezio do Carmo, só uma complementação:
    MENINO(S)RICO(s)? ou ficaram ricos com o dinheiro do BANCO DO BRASIL?

  • Maria Auxiliadora | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    É lamentável essa aliança. O PR tava indo tão bem agora com essa união com o Bezerra, Lutero e demais desavisados, podem chamar o William Gomes e pedir a ele para preparar o Batomuche que a tchurma da botina já vai para a fila. Olhem quem tá no PMDB? Lutero, Domingos Sávio (aquele que era do PT, falso moralista lembra)? Dai só salva o homem sortudo das loterias e bingos, o Mauro Lucio que até agora demonstrou ser de uma conduta ilibada o resto é só tranqueira, por isso meus pesames Mauro Mendes. Cuiabá agradece.

  • Moura | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Esse Bezerra já era e quem articula com ele também.

  • Luiz Barbosa de Alencar | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Vote...cobra dagua, coligar com Bezerra é o fim da picada...e uma derrota inevitavel.Mauro Mendes, eu até tinha vontade de votar contigo, mais com essa união com o PMDB de Bezerra,Lutero Ponce,Sival e outro..prepare-se para decidir em quem voce votarão no segundo turno: Wilson Santos ou Walter Rabello, pois Cuiabá deteesta a turma do PMDB...que gostam imensamente de estar próximo ao cofre público..ainda bem que Wilson trancou os cofres da Sanecap,pois sinão até o Nico Baracat, atravesava a ponte e vinha pegar uma cascinha da $$$$ da Sanecap,para sua fracassada candidatura em V.Grande.

  • Jacyara | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Aarão Bezerra, pai de Dr.Carlos, possuia a fazenda MÃO DE PILÃO, as margens do Rio da Casca, onde o menino Carlos foi criado.
    Hoje esta fazenda foi comprada e restaurada por Aécio Campos, que é o mentor da comunidade Ponte Alta, dedicada a São Francisco e onde se realizam festas memoraveis.
    Quero crer que o apelido se deva a fazenda.
    Acredito que o PMDB e PT, divididos sejam as únicas coisa que poderia se aliar a Mauro Mendes e é bem feinho que Novack.

  • PEDRO PAULO BARROS LIMA | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    O TAL DO PODER DEVE TER UMA SUBSTANCIA ALUCINOGENA,POIS OS BOTINUDOS SÓ PODEM ESTAR SOBRE O EFEITO DE UMA PODEROSA DROGA,PERDERAM A NOÇÃO DO BOM SENSO E SE ESQUECERAM QUE CHEGARAM NA POLITICA SE APRESENTANDO COMO O NOVO,PREGANDO MUDANÇAS EM NOSSA POLITICA.

    ENTRETANTO O QUE CONSTATAMOS AGORA,PRATICAS DE POLITICA DE CONCHAVOS,BENEFICIOS PARA OS GRUPOS DA CASA,DESPRESO AOS COMPANHEIROS QUE ACREDITARAM EM SUAS FALSAS PROMESSAS.

    E AGORA PARA COMPLETAR A TRAIÇÃO AO POVO MATOGROSSENSE,SE ALIAM A QUALQUER UM,DESDE QUE BENEFICIE OS SEUS SUJOS PROPOSITOS POLITICOS.

    HOJE ESTÃO TODOS JUNTOS PR,PSDB ,PMDB , E AGORA O PT.,ENFIM JÚLIO,JAYME,MURILO DOMINGOS,AVALONE,ABICALIL,ALEXANDRE CESAR,SERYS,ROBERTO FRANÇA,PEDRO HENRY,CHICO DALTRO(HISTORICO PEESSEDEBISTA)MALHEIROS,LOUREMBERG E PALMA.

    E AI FICA A PERGUNTA QUE NAO QUER E NÃO PODE CALAR.O QUE MUDOU RESPOSTA MUDOU O CHEIRO, A M......CONTINUA A MESMA.

Dal Bosco com 3 na disputa em Sinop

dilceu dal bosco 400 curtinha   Neste pleito eleitoral, a família Dal Bosco se dividiu em três grupos de apoio em Sinop, a chamada capital do Nortão. O ex-deputado estadual Dilceu Dal Bosco (foto) coordena no município e região a campanha à reeleição do senador Carlos Fávaro (PSD). O...

Tentativa de ser 1ª prefeita de Barão

margareth munil 400 curtinha   A candidata à prefeita de Barão de Melgaço, Margareth Gonçalves da Silva (foto), é tão conhecida nas ações conjuntas com o marido nas áreas da saúde e assistência social que está levando para as urnas a combinação do seu...

Froner segue com o vice de Gilberto

osmar froner 400   Osmar Froner de Mello (foto), escalado de última hora para a disputa em Chapada dos Guimarães, manteve de vice o mesmo que estava na chapa de Gilberto Mello (PL), o vereador Carlos Eduardo, que era conhecido como Carlinhos do PT e agora é do PDT. Froner e Carlinhos não têm afinidades...

Ministro Tarcísio rasga elogios a Fávaro

tarcisio 400 curtinha   O ministro da Infraestrutura, Tarcísio Gomes de Freitas (foto), em vídeo de congratulações, só faltou pedir voto para Carlos Fávaro, senador interino que busca à reeleição e que completou 51 anos nesta segunda. Disse que Fávaro, com quem possui bom...

Vinicius e demagogia sobre salário

vinicius nazario 400 curtinha   Em Alta Floresta, o delegado de polícia Vinicius de Assis Nazario (foto), candidato a prefeito pelo Podemos, tem se apresentado como "o novo", prega honestidade, transparência e renovação, mas, em algumas pautas, nada diferente dos demais políticos. Uma de suas propostas, mais de...

2 candidaturas vetadas em Torixoréu

ines coelho 400 curtinha torixoreu   Em Torixoréu, de três candidaturas a prefeito, a Justiça Eleitoral já barrou duas, em decisão de primeira instância. O juiz da 9ª Zona Eleitoral de Barra do Garças, Douglas Romão, indeferiu o pedido de registro da candidatura do ex-prefeito e ex-deputado...