Últimas

Quinta-Feira, 25 de Outubro de 2007, 13h:30 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:19

LEGISLATIVO

Passe-livre motiva bate-boca entre vereadores


Na presidência, Mário tenta conter ânimos de Dilemário e Lúdio

    O clima foi tenso na sessão da Câmara Municipal nesta quinta (25). Enquanto estudantes protestavam contra a restrição do uso do passe-livre, parlamentares "batiam boca" no plenário, tudo motivado pela polêmica do projeto aprovado pela base aliada do prefeito Wilson Santos (PSDB). O tucano vetou, num primeiro momento, mas os vereadores derrubaram o veto. O interessante é que os vereadores governistas começaram a bombardear a posição do prefeito e dos manifestantes.

   O primeiro a usar a tribuna para falar sobre o assunto foi Dilemário Alencar (PTB). Ele afirmou que a aprovação do projeto serviu para moralizar o uso do passe-livre. Também criticou a divulgação de um panfleto que traz fotos dos 14 vereadores que votaram a favor da restrição, inclusive do próprio Dilemário.  "É uma sacanagem atacarem a Câmara desta forma", diz o ex-secretário de Governo da gestão Santos. Mesmo o seu colega Levi de Andrade (PP) tendo sido flagrado divulgando o panfleto no Jardim Industriário I, Dilemário afirmou não acreditar que algum parlamentar tivesse prestado a esse papel.

    Em meio à discussão, Levi, um dos cinco que votaram contra a restrição do benefício concedido aos estudantes, reagiu às declarações de Dilemário. "O projeto chegou aqui como The Flash. Se tem alguém expondo a Câmara não são os cinco vereadores que foram a favor do veto e, sim, o prefeito Wilson Santos", disse. Levi também negou que tenha patrocinado o panfleto. "Não subsidiei nada, mas participaria de qualquer reunião com os estudantes sem nenhum temor", completou o pepista.

    Clóvis Hugueney, o Clovito (PTB), subiu a tribuna com nariz de palhaço para protestar contra a atitude do prefeito de ter vetado o projeto dos vereadores. "Como o prefeito veta um projeto para permitir que os estudantes possam utilizar o passe-liver para ir ao shopping?". Já o vereador Francisco Vuolo (PR) seguiu o discurso de Clovito e chamou o prefeito de irresponsável. Também se manifestou contra o veto de Santos o ex-democrata Deucimar Silva, agora no PP. "Wilson está sendo demagogo ao vetar o projeto".

   Por um momento, Mário Lúcio (PMDB), que presidia a sessão, chegou a interrompê-la para conter os ânimos entre Dilemário e Lúdio Cabral (PT). Ambos não paravam de discutir em plenário. Lúdio foi acusado por Dilemário de ter instigado a manifestação da Frente de Defesa do Passe-Livre. O petista acompanhou a passeata dos estudantes até um certo trecho, no momento em que ocorria sessão na Câmara. "Não abandonei a sessão, apenas fui ouvir os anseios dos estudantes", respondeu Lúdio. (Simone Alves e Pollyana Araújo)

Postar um novo comentário

Comentários (10)

  • jonas ribeiro | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Temos que separar o joio do trigo nesta história. Enquanto o movimento dos estudantes é justo e a prefeitura já demonstrou interesse de rever a situação que o prefeito provocou, por outro lado, alguns vereadores, liderados por leve levi, tentam aproveitar da situação para aparecerem na mídia. Amigo nosso nos confidenciou a gráfica que foi reproduzido o material, e a mando do vereador, que até ontem era secretário e agora quer atirar pedra em que o sustentou por três anos. Temos que desmascarar os hipócritas maniqueista e sem excrupulos que pisam na cabeça da própria mãe para se darem bem na vida.

  • valmir molina | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Queria que os vereadores Levi e Poção demonstrassem toda essa determinação assinando a CPI da Chica Nunes.

  • Daniel | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Esse Dilemário continua com suas briguinhas, todos sabemos que ele é puxa saco do prefeito, não deveria nem estar no cargo, assumiu com suplente sem estar filiado ao PSB, e ainda saiu atacando o Dep. Valtenir. (Isso não é coisa que se faça Vereador.).
    Quanto ao ir ao shoping, seria irônico negar que isso não acontece, mas quem estaria sendo o mais prejudicado com isso seria o próprio aluno, e que mesmo com a restrição também se pode ir ao shoping, isso não vai mudar, o caso é que a restrição do horário vai favorecer apenas as empresas de ônibus, já que as empresas recebem a quantidade que cada aluno fez a recarga, e não a quantidade que ele usa.
    Não posso esquece de falar da vezes que era feriado na quinta-feira e na faculdade sempre tem aula na sexta-feira, a MTU “esquece” que quem paga para estudar tem aula todo dia útil, e quem paga nesse dia? O Aluno. Ainda digo mais, tem duas escolhas:
    1 _ O aluno tem que inserir o cartão na catraca para liberar a passagem, depois desembolsar R$2,05 para ir para casa, e, mais R$2,05 para ir buscar o cartão e mais R$2,05 para ir para aula, e mais R$2,05 para voltar para casa, já que o cartão estudante não libera a passagem no dia da recarga. TOTAL: R$ 8:20.
    2 _ O aluno paga R$4,10 para ir para aula e voltar para casa.
    Senhores, não está sendo aberto outra discussão para liberar ou não o uso de aluno de escola particular, mas já que a Lei não diferencia o aluno particular do público, acho q a MTU deveria ressarcir essa diferença que o aluno paga.
    Não vejo outra medida para redução dos gastos da prefeitura que a recarga seja feita na instituição de ensino, ai a prefeitura vai ter economia.
    É assim, senhores Vereadores e Sr. Wilson Santos, que você pode reduzir os custo e sem prejudicar os alunos.

  • gilmar | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    O vereador Dilémario quando você era dirigente Sindical fez muita panfletagem é duro agora ser vidraça. Chega de demagogia a Câmara Municipal è um verdadeiro mar de lama, ambos Levi e Dilemário não estão tendo coragem e censatez de assinarem a CPI para invstigarem as notas frias, clonadas e empresas fantasmas usadas para desviar recursos do duodécimo da Câmara.
    Estamos acompanhando de camarote.

  • GABRIELA | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    ESSE DILEMÁRIO É UM GRANDE PICARETA!!!

    ESPERA A NOVA ELEIÇÃO SEU DILEMÁRIO!!!

    SE NESSA VC FOI ELEITO COMO SUPLENTE, NA PRÓXIMA NEM PRA SUPLENTE VC VAI SER!!!

    TODO MUNDO JÁ SABE QUE VC É ESPELHO DO WILSON SANTOS!!!

    MANTENHO: DE VIDRIN PRA VIDRAÇA!!!

  • LUIZ ANTONIO | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Esse Leve Levi nao passa de um tremendo CARA DE PAU. Ele, era Sec. do Prefeito agora faz oposicao. Pior sao os outros vereadores (ludio, Pocao, etc) que nao sao coerentes, e aceitar esse Levi juntos com eles agora, ou seja, antes o Levi nao prestava, agora o Levi ficou bom. Gostaria de entender, alguem possa me orientar esse tipo de comportamento.

  • ss | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    sem comentario

  • alice veras | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    acredito que se essa turma de vereadores que é contra o passe livre tivesse estudado só um pouquinho, saberia que educação não é só ir na escola, o estudante tem que ter condições de ir ao cinema, teatro, no shoping tem livraria... educação, é ir em biblioteca... mas isso só consegue entender quem estudou, pelo menos um pouquinho... não é o caso da maioria desses picaretas. Clovito, antes ir pro shoping que pra manguassa..

  • ELY | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    DILEMARIO VC JA NÃO CHEIRAVA BEM QUANDO ESTAVA COM O PREFEITO IMAGINA AGORA QUE VC É VEREADOR VC EM VEZ DE FICAR ATACANDO VEREADOR QUE LUTA PELO POVO, COM DIGNIDADE E RESPEITO DEVERIA SEGUIR SEU EXEMPLO.
    O POVO NÃO QUER SABER DISSA BAIXARIA ESSA IGUAL QUE VC FEZ DE QUERER CRITICAR O VEREADOR LUDIO, DEVERIA E DE SEGUIR SEU EXEMPLO.
    CRIE VERGONHA PÓS NOS ESTAMOS DE OLHO NOS VEREADORES QUE VOTOU CONTRA NÓS.

  • ANA MARIA | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    CUIABA ENCONTROU VEREADOR QUE LUTA PELO POVO .
    LUDIO VOCE ESTAR DE PARABENS, POR NÃO SE CALAR E LUTAR COM GARRA E MOSTRAR PARA CERTOS VEREADORES ( DILEMARIO) QUE O LUGAR DELE DEVERIA SER NA COCHEIRA.

Valtenir atrai lideranças para o MDB

valtenir pereira 400   Mesmo sem mandato eletivo, o ex-vereador pela Capital e ex-deputado federal Valtenir Pereira (foto) continua se articulando nos bastidores, agora pelo fortalecimento do seu partido, o MDB. Ele está convencendo algumas lideranças a se filiar na legenda emedebista. Dois líderes são prefeitos...

Chefe do Escritório de ROO em Cuiabá

mario marques 400 curtinha   O prefeito de Rondonópolis, Zé do Pátio, que iniciou neste mês o 3º mandato, mantém como parte da estrutura da administração um cargo de chefe do Escritório de Representação do município na Capital. E Pátio nomeou para esta...

Prefeito cria comitê pra debater modal

emanuel pinheiro 400 curtinha   Mesmo o governador Mauro Mendes já tendo anunciado que vai implantar o BRT na Região Metropolitana, em detrimento do VLT, o prefeito cuiabano Emanuel Pinheiro (foto) criou um comitê de análise técnica para, segundo ele, definir o modal de transporte para a região. Emanuel...

Desembargadores recebem 6 auxílios

maria helena povoas 400   O Tribunal de Justiça de MT, presidido pela desembargadora Maria Helena Póvoas (foto), vai pagar uma série de direitos e vantagens que "engordam" substancialmente o subsídio de seus magistrados e que foram programados pelo ex-presidente Carlos Alberto para liberá-los no orçamento...

Hospital cobra R$ 2,4 mi da prefeitura

luiz carlos pereira 400 tce   O Instituto de Saúde Santa Rosa recorreu ao TCE, na esperança de encontrar respaldo para receber R$ 2,4 milhões da secretaria de Saúde da Capital. Argumenta que a prefeitura, com quem mantém contrato desde 2019, está inadimplente, pois não teria pago integralmente os...

Definido novo presidente do Sanear

hermes avila 400   O prefeito Zé do Pátio nomeou à presidência do Serviço de Saneamento Ambiental de Rondonópolis (Sanear) o engenheiro Hermes Ávila de Castro (foto), que tende a se efetivar no cargo. Hermes ocupa a cadeira que, desde janeiro de 2017, pertencia à Terezinha Silva de Souza,...

MAIS LIDAS

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

O Governo de MT optou pela implantação do BRT em Cuiabá-VG em detrimento do VLT. O que você acha disso?

Estou de acordo

Discordo

Tanto faz

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.