Últimas

Segunda-Feira, 22 de Setembro de 2008, 10h:35 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:21

RONDONÓPOLIS

Pátio não vai aguentar, avisa aliado de Sachetti

Deputado Gilmar Fabris (DEM) Deputado afirma que prefeito é chato, mas faz boa gestão e garante que Júlio ganha em VG para reforçar Jayme ao governo em 2010

 O polêmico deputado estadual Gilmar Fabris, escalado pelas cúpulas do DEM e do PR para "operar" nos bastidores em defesa das candidaturas de Júlio Campos, em Várzea Grande, e de Adilton Sachetti, em Rondonópolis, disse nesta segunda (22), em entrevista ao programa de rádio "Chamada Geral" de Lino Rossi, que Zé do Pátio (PMDB), que concorre à sucessão em Rondonópolis "não vai aguentar". Ele se referiu ao fato do peemedebista liderar as pesquisas de intenção de voto, mas ter como adversário um prefeito que vem crescendo e conta com boa gestão e apoio de vários grupos políticos. Segundo Fabris, a administração do republicano "deixou bons resultados".

   Perguntado por Rossi, radialista, apresentador de TV e ex-deputado federal, sobre a dificuldade enfrentada por Sachetti em se reeleger, Fabris foi enfático. Disse que "Sachetii é um cara muito chato, antipática (...), mas que, aos poucos, vai tendo o trabalho reconhecido". "Se fosse ele (Sachetti) quem estivesse dando esta entrevista, já iria querer dar palpites no microfone, no estúdio. Ele é aquele cara que sabe de tudo", ironiza o deputado.

   Gilmar Fabris disse que voltou de sua quarta licença, desta vez em definitivo até concluir os dois anos que ainda restam de seu mandato. O parlamentar fez afirmações pretensiosas sobre estas eleições. "Tenho certeza de que Júlio Campos vai vencer em Várzea Grande. Ele fortalece o nome do partido". Fabris vai além. Segundo ele, "com a vitória de Júlio, o próximo governador de Mato Grosso já tem nome: Jayme Campos".

   O deputado diz concordar com um comentário de Lino Rossi, que considera parlamentar office-boy de luxo, já que enfrenta espécie de dependência do Poder Executivo para levar ações à população. "A Assembléia Legislativa é o lugar onde menos se trabalha". Em seguida, o parlamentar democrata observa que "é muito difícil aprovar projetos". "Tudo não pode. Tudo é inconstitucional", reclama. (Andressa Boa Sorte)

Postar um novo comentário

Comentários (30)

  • Denilson | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    O Zé guenta sim Gilmar... Ele não é nenhum borra-botas, ele é o líder de muita gente, nunca está só e nunca teme gente poderosa, rica e arrogante. Fica na sua q o Zé nosso próximo prefeito.
    15,,,15,,, e 15 de novo!!!

  • João Osmar Capello | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Vetado por conter expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas.
    Queira, por gentileza, refazer o seu comentário.

  • ADALBERTO LUIZ | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0


    Sempre vi a política com ressalvas. É preciso muito cuidado para andar nesse terreno farto de areia movediça. Triste destino terá o candidato que levar para o palanque tipos como o senhor Fabris. Cabo eleitoral ruim assim acaba conseguindo votos para o adversário. Acho melhor o Sachetti mantê-lo lá em Várzea Grande, o estrago será menor.

  • JOMARDI | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    MEU CARO FABRIS! JULIO BERERÉ SÓ TERIA UMA CHANCEZINHA SE NÃO TIVESSE VOCE COMO CABO ELEITORAL. VOCE SÓ SERVE PARA CEDER TUA FAZENDA PARA ESCONDERIJO! LEMBRA DO ZÉ GUIA? VOCÊ É RUIM EM TUDO! COMO DEPUTADO, COMO CABO ELEITORAL, COMO SER HUMANO E COMO HOMEM TAMBEÉM, POIS NÃO TEM NENHUM ESCRÚPULOS! NÃO FIQUE SE ESPONDO MUITO, POIS TUA BATATA ESTÁ ASSANDO, FIQUE ESPERTO VOCE SERÁ O PRÓXIMO A SER CASSADO!

  • CARLOS | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Vetado por conter expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas.
    Queira, por gentileza, refazer o seu comentário.

  • Hugo Barreto Gomes | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    se o Zé quer mesmo ganhar a eleição precisa se desvenciliar do Riva e pedir para que ele fassa compania ao amigo intimo do julinho o Gilmar Truculento e.........Fabris para apoiar o Sachetti e combine tambem com com o Riva para trazer o Julinho e o Walter Rabelo um especialista em baixaria e outro em demagogia.
    E por falar em Fabris a policia Federal precisa monitorarlo mais de perto.

  • Miguel Soares | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Só concordo com ele em seguinte ponto: O Tal do Sachetti sabe tudo ... aff hominho prépotente ... poxa o cara entende de alfinete a roda de avião !!! Prefeitura que é bom nao entende NADA ... kkkkkk

  • Pedro Junqueira | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Interessante que nem um dos dois grupos querem perde as eleições em Rondópolis, e nem em Varzea Grande. Porque o projeto político de Pagot e Jaime Campos, passam por essas duas cidades. Agora, para ganhar em Rondonópolis só se for na base do dinheiro, de repente a confiança do Brutus Gilma Febre está ai. A rigor, o Zé Carlos deve chamar a imprensa a nível nacional e mostra a atual situação, além de convocar a polícia federal, juntamente com o ministério público, porque vai rola dinheiro, pois já está rolando. Agora, em Varzea Grande o Júlio está morto, já jogou a toalha. É fim para a era Campos. Entretanto, quem vem com a força total, trazendo a juventude e a interligência, e falando a mesma língua dos matogrossense será o Wilson Santos!!! Futuro Governador!!!

  • ESSE GORDO | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Vetado por conter expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas.
    Queira, por gentileza, refazer o seu comentário.

  • MARCIO GOMES DE SOUZA | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Vetado por conter expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas.
    Queira, por gentileza, refazer o seu comentário.

Um novo embate entre Diane x Adair

diane alves 400 curtinha   Adair José Alves Moreira, que vinha atuando na assessoria do vice-governador Otaviano Pivetta, decidiu mesmo concorrer de novo à Prefeitura de Alto Paraguai. Ele já foi prefeito por duas vezes. Adair será o principal nome da oposição à prefeita democrata Diane Alves (foto),...

Taques ofuscado e sob mira do MPE

pedro taques 400 curtinha   Pedro Taques (foto) achou que o recall dos tempos de senador e governador, ajudando-o a se posicionar de forma razoável nas pesquisas, bem antes do início da campanha, o manteria como favorito na corrida ao Senado. Ledo engano. Não levou em consideração o alto índice de...

2 caciques não disputam Alto Garças

roland trentini 400 curtinha   Após décadas de rixas, de campanhas ostentadoras, rachas e brigas eleitorais intermináveis em Alto Garças, os ex-prefeitos Rolando Trentini (foto) e Júnior Pitucha resolveram não mais concorrer ao Executivo. Mas, um deles segue se movimentando nos bastidores. Pela...

Um ex-prefeito inelegível em Poconé

clovis martins 400   Dificilmente o ex-prefeito petebista Clovis Damião Martins (foto) terá registro de candidatura a prefeito de Poconé deferido pela Justiça Eleitoral. O promotor de Justiça, Mário Anthero, já pediu impugnação do registro do petebista por inelegibilidades. Clovis, que...

Briga em Sinop entre Juarez e Dorner

juarez costa 400 curtinha   Em Sinop, a briga eleitoral caminha para tensão e acirramento entre o emedebista Juarez Costa (foto) e Roberto Dorner (Republicanos). Hoje, o ex-prefeito seria eleito, mas Dorner vem crescendo nas adesões, com ajuda do vice de sua chapa, ex-vereador Dalton Martini (Patriota). O apoio da prefeita Rosana...

França elegível; CNJ desatualizado

roberto franca 400 curtinha   O advogado Rodrigo Cirineu, que assumiu a assessoria jurídica da campanha a prefeito de Cuiabá de Roberto França (foto), assegura que o ex-prefeito está elegível. Explica que o cadastro de inelegibilidades do Conselho Nacional de Justiça, constantando ainda o nome de...