Últimas

Domingo, 03 de Maio de 2009, 09h:05 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:23

CÂMARA FEDERAL

PEC obriga candidatos a voltarem para "banco da escola"

   Nas eleições de 2012, os candidatos a prefeito e a vereador terão que literalmente voltar para o “banco da escola”. Ao menos é o que estabelece a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) número 337, de autoria do deputado Paulo Abi-Ackel (PSDB-MG) e que começou a tramitar na Câmara a partir deste ano. A PEC estabelece a criação, pelos Estados, de escolas de formação para candidatos a cargos políticos municipais. O quadro hoje em Mato Grosso aponta 141 prefeitos e seus vice e 1.293 vereadores.

   A proposta ganha força porque a sociedade demonstra concordar com a tese de que a maioria dos ocupantes de cargos eletivos, principalmente de prefeito e de vereador, são despreparados para assumir os cargos. Caberá a essas “escolas” capacitar os futuros representantes do povo. Pela proposta, o curso terá duração de pelo menos 200 horas/aula. Segundo a PEC, o registro da candidatura só será concedido mediante apresentação do certificado fornecido pela escola de formação. "Verificamos, eleição após eleição, uma baixa qualificação dos gestores e legisladores municipais. Não é raro que cidadãos sejam eleitos sem o completo conhecimento das atribuições que exercerão após a posse", argumenta o autor da proposta.

   O projeto será analisado pela Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania (CCJC) da Câmara. Se aprovada, terá de passar pelo crivo de uma comissão especial. Além disso, precisa ser votada em dois turnos pelo plenário. O PDT já iniciou movimento parecido com a instituição da Universidade Leonel Brizola. O objetivo é fomentar a criação de núcleos de base, além de proporcionar capacitação de novos militantes que pretendam seguir carreira política. Manoel Dias, presidente nacional do partido, anunciou no último dia 16 de abril  que uma das novas unidades  será implantada no próximo ano em Mato Grosso. Confira mais aqui. (Patrícia Sanches)

Postar um novo comentário

Comentários (4)

  • MOSSUETO | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Aleluia!!! Até que enfim alguém teve a visão de que todo profissional tem que ter um minimo de qualificação para exercer um determinado cargo, o jovem termina o 2º grau e não consegue trabalho por que não tem experiencia no cargo que pleiteia. Agora a grande maioria dos nossos politicos não tem o ensino fundamental e é vereador, prefeitos idem, chegam ao cumulo de prometer revogar a lei da gravidade, criar rio na cidade para que o deputado traga verba para construir a ponte prometida em campanha por desconhecimento da geografia do municipio e por ai vai, acredito que deva ser criada escola de administração publica a nivel de 2º e 3º grau, sem isso, não pode se candidatar a nada, a sociedade brasileira está em um elevado grau de conhecimento e não pode mais aceitar que aeventureiros que não tem espaço na iniciativa privada por falta de qualificação, migre para a administração publica e fique fazendo as mais variadas besteiras, não sabe nem se portar no meio social (vide caso Ralf...). De parabens o deputado Paulo Abi-Ackel, e nós temos que fazer pressão sobre os nossos representantes para que essa ideia pioneira seja aprovada já e que para 2012 ja seja possivel pelo menos exigir dos candidatos pelo menos escolarização a nivel de 2º grau, pelo menos.

  • Luiz Carlos Campos | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Em países do tipo Brasil, a questão não envolve a gestão pública, mas sim o gestor. O problema está relacionado com a índole; portanto, absolutamente cultural.
    Deparamos todos os dias com dinheiro na cueca, acordos aqui e ali, nepotismo, enriquecimento ilícito, mensalão, mensalinho. Tudo isso, mais as mentiras. Aí, quem não aprende?
    Imagine, então, essas pessoas passarem por escolas... Com certeza, seria uma especialização.

  • Gilmar Maldonado Roman | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Até que enfim surgiu uma idéia deveras real para inicio da melhoria do plantel de politicos dos municipios brasileiros. Não se pode mais continuar aceitando candidatos analfabetos, enquanto que ha muitos anos a legislação não permite que o menor cargo publico seja suprido por trabalhador analfabeto. Parabéns Paulo Abi-Akel!

  • Adriano Pinto | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Puxa até que enfim! Teremos politicos capacitados, mas resta saber se essa moda vai pegar de fato.

Reconhecimento de um governo ruim

pedro taques 400   Pedro Taques (foto) recorreu a uma observação feita pela mãe, professora Eda Taques, de que fora melhor senador do que governador. No horário eleitoral, o candidato ao Senado, agora pelo SD, menciona a frase da mãe para, em seguida, dizer que reconhece que sua atuação em...

Apoiado por deputados bolsonaristas

jose medeiros 400 curtinha   Um dos vice-líderes do Governo Bolsonaro na Câmara, o deputado José Medeiros (foto), do Podemos, vem recebendo apoio na disputa ao Senado de vários parlamentares bolsonaristas. O chamado núcleo duro do presidente no Congresso Nacional está com Medeiros, entre eles os deputados...

Justiça barra ficha suja em Poconé

clovis martins 400   A Justiça Eleitoral barrou em Poconé o ex-prefeito Clovis Damião Martins (foto), considerado ficha suja. Está inelegível por oito anos. Filiado ao PTB, ele foi condenado pelo TCU por irregularidade insanável que configura ato doloso de improbidade administrativa. Enquanto...

3 estão fazendo pesquisa em Cuiabá

Três institutos de pesquisa entraram em campo na capital nesta semana para levantar as intenções de voto para prefeito. São eles: Malujoa Comunicações, que geralmente divulga os resultados no site Olhar Direto; a Voice Pesquisas e Comunicação, do site Midianews; e Real Time Big Data. A Voice poderá tornar públicos os números apurados da pesquisa a partir de segunda (26), enquanto os outros dois estão autorizados...

Marino enaltece Leitão para o Senado

marino franz 400 curtinha   O empresário e ex-prefeito de Lucas do Rio Verde, Marino Franz (foto), anunciou apoio a Nilson Leitão (PSDB) para o Senado. Disse que conhece o candidato tucano de longa data, desde quando este foi prefeito de Sinop e assegura que Leitão é preparado, representa muito bem a região e o...

Magali de fora em General Carneiro

magali vilela 400   A ex-prefeita de General Carneiro, Magali Vilela (foto), que se lançou novamente à disputa ao Executivo, foi barrada pela Justiça. Teve o registro indeferido, já que está inelegível por ter sido condenada à suspensão de seus direitos políticos em...

MAIS LIDAS