Últimas

Quinta-Feira, 27 de Dezembro de 2007, 12h:00 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:19

EXECUTIVO

Pela 2ª vez, Palma assume a cadeira de Furlan

  Pela segunda vez neste ano o ex-prefeito de Cuiabá, Rodrigues Palma (PR), assume provisoriamente o comando da secretaria estadual de Indústria, Comércio, Minas e Energia. Ele conduzirá a pasta de 2 de janeiro a 1º de fevereiro, em substituição ao titular Alexandre Furlan, que estará de férias de novo. Em agosto, Furlan havia se afastado por um mês. Ele está prestes a deixar a pasta de vez.

   Além de prefeito (75/79), Palma foi deputado estadual (83/87) e federal por dois mandatos (87/95). Esta será a terceira vez que ele ocupará cargo de primeiro escalão no governo Blairo Maggi. No início deste ano, ele atuava como adjunto de Agronegócio e, por dois meses, conduziu a secretaria de Desenvolvimento Rural, até o DEM concordar com a sugestão do governador de nomear Neldo Egon Weirich como secretário. Com a morte do adjunto de Desenvolvimento da Sicme, José Epaminondas Mattos Conceição, que faleceu em 02 de maio, Palma foi remanejado ao cargo.

   Palma tem ainda o filho Toco Palma no segundo escalão do governo Maggi. Toco é o atual adjunto da secretaria de Cultura.

Postar um novo comentário

Comentários (2)

  • Ana Carolina | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Só para esclarecer Palma foi por 03 vezes deputado federal (87/91/95), finalizando seus mandatos em 1998.

  • Jorge | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Não obstante o Secretario Furlan realizar um bom trabalho, o fato é que Rodrigues Palma é, sem dúvida, extremamente capaz e competente para ocupar cargo de Secretario do Governo Maggi.

    Sua atuação no Ministério da Agricultura, como um dos Assessores diretos do então Ministro Pratini de Moraes foi muito importante para Mato Grosso, pois conseguiu liberação de recursos e outros benefícios para implemetação da política agrícola no estado.

    Além disso, como Prefeito de Cuiabá, sua administração foi marcada pela visão de futuro para a capital, com obras importantes para a infra-estrutura de Cuiabá.

    Espero que o Governador tenha sensibilidade em reconhecer o valor de Palma para a administração pública deste Estado.

Silvio provoca debandada no PTB-VG

silvio fidelis 400 curtinha   Silvio Fidélis (foto), afilhado político de Chico Galindo e que se tornou fiel escudeiro da prefeita várzea-grande Lucimar Campos, de cuja gestão é secretário de Educação, provocou debandada geral no PTB local. Inconformado com a decisão de Emanuelzinho de...

PTB tem 25 e deve eleger 2 à Câmara

misael galvao 400 curtinha   O PTB lançou 25 nomes a vereador em Cuiabá. E a tendência é de eleger entre um e dois. As maiores apostas são os seus próprios vereadores: Misael Galvão (foto) e Adevair Cabral, respectivamente, presidente e primeiro-secretário da Mesa Diretora da Câmara....

Retorno à Câmara após 6 mandatos

fulo 400 curtinha   Figura bastante popular, especialmente na região da Vila Operária, Lourisvaldo Manoel de Oliveira, o Fulô (MDB), que foi vereador de Rondonópolis por seis mandatos, está de volta. Hoje suplente, ele assume provisoriamente nesta segunda a cadeira do titular Thiago Muniz, que pediu licença...

Bolsonaro nem aí para políticos de MT

nelson barbudo 400 curtinha   O cerimonial da Presidência da República deu de ombros para os políticos, inclusive para a bancada federal mato-grossense, na visita de Bolsonaro, sexta, em Sinop e Sorriso. Alguns tentaram, de forma insistente, tirar foto com o presidente. E até conseguiram. Mas o capitão preferiu...

Tião com Flávio e "pau" nos Campos

tiao da zaeli 400 curtinha   A maior bronca dos Campos em Várzea Grande hoje é com o ex-prefeito Tião da Zaeli (foto), que motivou o amigo e empresário Flávio Vargas, dono do frigorífico Frical, a entrar na disputa à sucessão municipal. E Flávio conseguiu construir um amplo arco de...

A única dos maiores fora da reeleição

rosana martinelli 400 curtinha   Seis dos 10 prefeitos dos maiores municípios de MT poderiam disputar a reeleição neste ano por estarem no primeiro mandato ou já tendo exercido outros não consecutivos. E, destes, somente Rosana Martinelli (foto), de Sinop, não se recandidatou. Percebeu dificuldades...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Você acha que o efeito-Bolsonaro terá impacto no resultado das eleições de novembro em MT?

sim - onda Bolsonaro continua

não - efeito não influencia mais

sei lá!

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.