Últimas

Sábado, 06 de Outubro de 2007, 07h:07 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:16

VÁRZEA GRANDE

Pesquisa enterra plano de Pagot e congela Júlio

  O resultado de uma pesquisa qualitativa sobre a sucessão em Várzea Grande, bancada pelo novo presidente nacional do Dnit, Luiz Antonio Pagot, já levou para a geladeira o conselheiro do Tribunal de Contas do Estado, Júlio Campos. Ambos tinham avançados na linha de Júlio deixar o TCE para ser candidato a prefeito em 2008. Os números foram muito diferentes daqueles que Pagot e Júlio esperavam.

    A pesquisa apontou, por exemplo, que o ex-prefeito não teria mais chance de eleição e que a sociedade várzea-grandense reprova a estratégia de Júlio em volta a disputar cargo eletivo, além de considerar a candidatura oportunista. Alertou para reprovação de uma aliança do PR de Pagot e do prefeito Murilo Domingos com o grupo de Júlio, que militou por três décadas no PFL (hoje DEM).

    Como os dados sugeriram definitivamente aposentadoria de Júlio da carreira política, o projeto de lançá-lo a prefeito está descartado. Já em relação ao senador Jaime Campos, irmão de Júlio, a pesquisa aponta o contrário, ou seja, que há pontos positivos e que se este voltasse a ser candidato seria eleito prefeito novamente. Jaime já administrou Várza Grande por três mandatos e vem de uma eleição de senador, no ano passado, quando teve quase 800 mil votos.

   Em princípio, a idéia de Pagot, que montou a engenharia política na condição de um dos líderes do PR e de porta-voz do governador Blairo Maggi, era levar o seu partido a apoiar o nome de Júlio para prefeito, fritando o projeto de reeleição de Murilo. Nesse caso, Júlio deixaria o TCE para abrir vaga para o deputado federal Homero Pereira ou mesmo para o secretário de Fazenda, Waldir Teis, e seria candidato pelo DEM. Wallace iria para o PR para ser vice. Caso eleito, Júlio ganharia força política e em 2010 tentaria nova eleição de deputado federal, cargo já ocupado antes de ser nomeado conselheiro do TCE. Assim, Wallace viraria prefeito.

   Esse projeto político já foi enterrado, em que pese Júlio ter a prerrogativa de poder se aposentar, se filiar e entrar para a disputar eleitoral faltando até seis meses para o pleito. Mas, diante do cenário mostrado pela pesquisa, Júlio se recolheu numa geladeira e dificilmente deixará o TCE, onde tem mais 9 anos de carreira pela frente. Agora, seu objetivo é ser presidente do Tribunal. Wallace respira aliviado, afinal, vê livre o seu caminho dentro do DEM rumo ao novo paço Júlio Domingos.

(Atualização às 9h25) - O conselheiro Júlio Campos disse que, se Pagot, de fato, encomendou pesquisa qualitativa para avaliar como seria seu desempenho eleitoral em Várzea Grande nas urnas de 2008 não o comunicou ainda. "Ele (Pagot) não falou nada para mim. Acho estranho", diz Júlio, que foi prefeito de Várzea Grande, deputado federal, governador e senador. Ele admitiu que o PR havia feito uma amostragem para avaliar a situação do prefeito Murilo Domingos. A conclusão fora de que o projeto à reeleição seria inviável.

   Júlio disse que a última vez que conversou com Pagot foi numa viagem para Jangada, quando reivindicou do novo diretor-geral do Dnit infra-estrutura para o município comandado por seu irmão, o prefeito Dito Paulo. Durante a conversa, diz Júlio, Pagot o abordou sobre a possibilidade de vir a ser candidato. "Eu disse a ele que não estava com essa disposição, pois estou bem acomodado no Tribunal e nem fui presidente ainda". Perguntado sobre a euforia que vem demonstrando nos bastidores sobre a idéia de retomada à vida pública, Júlio Campos, bem humorado, disse: "Onde tem povo, eu cumprimento mesmo. Não é porque eu estou no Tribunal que tenho que me isolar, como fazem alguns, igual bicho do mato. Eu quero é participar. Eu não estou morto. Agora, não posso dar um sorriso e já acham que eu sou candidato!".

Postar um novo comentário

Comentários (7)

  • bernardo da siqueira filho | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    O povo não é bobo, um é político ultrapassado, com idéias arcaicas de centralismo político e relação autoritária com a sociedade, o outro, embora novo na política, deixando até uma impressão razoável na administração de algumas secretárias de estado, no entanto, se queimou políticamente quando forçou a barra para assumir o dnit, expondo toda a sua nebulosa biografia para toda a sociedade, inclusive a de receber salarios do senado sem trabalhar.

  • juca do guarana | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    O SR JULIO CAMPOS FOI O HOMEM QUE DESENVOLVEL O ESTADO DE MATO GROSSO É UM OTIMO ADMINISTRADOR SE ELE FOR CANDIDATO A PREFEITO DE VARZEA GRANDE EU QUE SOU ELEITOR DE CUIABA SINTO DE NÃO PODER VOTAR EM VARZEA GRANDE POIS TENHO CERTEZAQUE SERÁ UMA DAS MELHORES ADM DE TODOS OS TEMPOS.

  • Luiz Henrique | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    CAAAAAARA, OLHA O PAGOT ACHANDO QUE MANDA NO ESTADO! FAZENDO PLANOS PRO ESTADO? ESTE SENHOR NÃO CONSEGUE NEM SABER ONDE MORA OU TRABALHA! TINHA UM APARTAMENTO NO LEBLON, TRABALHAVA NA HERMASA E AINDA FAZIA BICOS EM BRASÍLIA! ELE É UM FENÔMENO!
    E AINDA ACHA QUE MANDA NO ESTADO, É O FIM MESMO..

  • Joaquim pessoa | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Só queria dizer pra esse tal Juca do Guaraná, já que ele gosta tanto do Julinho Bereré, que leve ele pra casa. Se esse Juca morasse em V.G. nunca mais votaria em um Campos. Pimenta no olho dos outros é refresco né seu Juca, ou será guaraná???

  • carlos alberto de moraes brito | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    O Pagot foi assado em banho maria, e chegou sangrando no dnit. Já há articulações no planalto para que o seu mandato se expire até o final do ano. Vêm bomba por aí.

  • ELIFAS JOSE RIBEIRO | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Eu não acredito que é o senhor Juca do guaraná que disse essas baboseiras todas eu o aconselho a processar quem esta usando o seu nome certo? Ou então o senhor juca é mais um daqueles que mesmo não morando em Cuiaba tomou agua de lavagem de cuéca dos campos. Espero que não!
    Quanto ao senhor pagot eu disse e repito: Um homem que consegui trabalhar em dois lugares ao mesmo tempo(mesmo com uma distancia de 3.200 km) com o aval de um senador da respublica descumprindo uma asfaltar o Brasil inteiro vai ser fichinha pro home a unica preocupação minha é eu fazer um comentario à estas horas
    (03:49 e ser vetado.

  • josé | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    como dizia a música "Julio, Julio, Julio, homem de grande valor" hahahahahaha este foi enterrado pra nunca mais voltar.

Chefe do Escritório de ROO em Cuiabá

mario marques 400 curtinha   O prefeito de Rondonópolis, Zé do Pátio, que iniciou neste mês o 3º mandato, mantém como parte da estrutura da administração um cargo de chefe do Escritório de Representação do município na Capital. E Pátio nomeou para esta...

Prefeito cria comitê pra debater modal

emanuel pinheiro 400 curtinha   Mesmo o governador Mauro Mendes já tendo anunciado que vai implantar o BRT na Região Metropolitana, em detrimento do VLT, o prefeito cuiabano Emanuel Pinheiro (foto) criou um comitê de análise técnica para, segundo ele, definir o modal de transporte para a região. Emanuel...

Desembargadores recebem 6 auxílios

maria helena povoas 400   O Tribunal de Justiça de MT, presidido pela desembargadora Maria Helena Póvoas (foto), vai pagar uma série de direitos e vantagens que "engordam" substancialmente o subsídio de seus magistrados e que foram programados pelo ex-presidente Carlos Alberto para liberá-los no orçamento...

Hospital cobra R$ 2,4 mi da prefeitura

luiz carlos pereira 400 tce   O Instituto de Saúde Santa Rosa recorreu ao TCE, na esperança de encontrar respaldo para receber R$ 2,4 milhões da secretaria de Saúde da Capital. Argumenta que a prefeitura, com quem mantém contrato desde 2019, está inadimplente, pois não teria pago integralmente os...

Definido novo presidente do Sanear

hermes avila 400   O prefeito Zé do Pátio nomeou à presidência do Serviço de Saneamento Ambiental de Rondonópolis (Sanear) o engenheiro Hermes Ávila de Castro (foto), que tende a se efetivar no cargo. Hermes ocupa a cadeira que, desde janeiro de 2017, pertencia à Terezinha Silva de Souza,...

Afilhado de Bezerra nomeado adjunto

clovis cardoso 400   O MDB, sob o cacique político Carlos Bezerra, "emplacou" mais um filiado histórico em cargo relevante na gestão Mauro Mendes. O advogado e ex-superintendente regional do Incra-MT, Clovis Figueiredo Cardoso (foto), foi indicado e já nomeado para o cargo de secretário-adjunto de Agricultura...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

O Governo de MT optou pela implantação do BRT em Cuiabá-VG em detrimento do VLT. O que você acha disso?

Estou de acordo

Discordo

Tanto faz

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.