Últimas

Domingo, 14 de Outubro de 2007, 07h:50 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:19

CONVENÇÃO DO PR

Petista Enelinda entra na lista de denunciados

Vereadora é a 5ª acusada de propaganda extemporânea e MCCE critica falta de agilidade do Ministério Público

     A um ano das eleições municipais, cinco pré-candidatos já foram denunciados em Cuiabá pelo Movimento Cívico de Combate à Corrupção Eleitoral (MCCE). A última representação foi contra a sanfoneira Enelinda Scala, vereadora petista que se articula em busca de um novo mandato. Outros do PT também devem explicações por propaganda extemporânea, como o vereador Lúdio Cabral, deputado estadual Alexandre Cesar e o federal Carlos Abicalil. Todos usaram programas do governo federal para tirar proveito político, caracterizando, segundo o MCCE, propaganda extemporânea e uso indevido da logomarca da administração central.

    O secretário de Saúde de Várzea Grande, Arilson Arruda (DEM), é outro denunciado por propagnda ilegal. A lista pode aumentar, pois segundo o coordenador do MCCE, Antonio Cavalcante Filho, o Ceará, imagens que comprovam a propaganda eleitoral totalmente fora de época já estão sendo reunidas contra os apresentadores e deputados Sérgio Ricardo (PR), Maksuês Leite (PP) e Walter Rabello (PP). De acordo com Ceará, esta é uma maneira de coibir os abusos. Rabello e Sérgio são "prefeitáveis" em Cuiabá e, Maksuês, em Várzea Grande.

    "Fazemos o que está ao nosso alcance. Já denunciamos uma vez e vamos seguir firmes. Mas o Ministério Público deveria ter feito já alguma coisa quanto a eles (Sérgio, Maksuês e Rabello). Enquanto isso, eles continuam a desafiar a inteligência do povo e da Justiça, exatamente porque nada acontece”, reclama Ceará. O MCCE busca também junto à OAB/MT uma forma de identificar técnicas para prevenir tais práticas e propaganda extemporânea.

              O que pesa contra cada um

  • A vereadora Enelinda Scala produziu cinco mil panfletos sobre o programa Farmácia Popular do Brasil. O material distribuído traz a logomarca do governo, com o símbolo do PT, e também a logomarca de campanha da petista. O panfleto destaca também o endereço eletrônico da parlamentar.
  • Os parlamentares petistas Carlos Abicalil, Alexandre Cesar e Lúdio Cabral elaboraram panfletos com informações do Programa Universidade para Todos (ProUni) e inseriram suas fotografias e também logomarcas de campanhas eleitorais. O material foi distribuído a centenas de estudantes, principalmente da Grande Cuiabá.
  • O secretário de Saúde de Várzea Grande, Arilson Arruda, distribuiu milhares de adesivos para veículos com indicação de sua pré-candidatura a prefeito.
  • Sérgio Ricardo, Maksuês Leite e Walter Rabello são deputados, apresentadores de TV e pré-candidatos a prefeito. Eles usaram os programas na TV para veicular ações parlamentares e promovem assistencialismo de forma escancarada. Fazem desde entrega de leite à marcação de consultas médicas, de passagens a casas. Tudo é distribuído gratuitamente aos eleitores da periferia.

Postar um novo comentário

Comentários (7)

  • gilmar | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    A Justiça Eleitoral e o Ministério Publico Eleitoral alegam falta de estrutura para combater propaganda antecipada. Pode isso. O MCCE -MT sem estrutura nenhuma, somente com a boa vontade de um Advogado esta fazendo sua parte. E tem dado resultado. Valeu Ceará.

  • Mauricio Fernandes de Menezes | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Todo apoio ao Ceará pela ação contra esses enganadores do povo, que usam programas de tv para propagandear um falso moralismo e pseudo defensores da ética e de salvadores da pátria. São uns demagogos tranvestidos de cordeiro, usando linguagem fácil e messiânica para ludibriar os excluidos da periferia de cuiabá e várzea grande. Vou mais longe, a justiça eleitoral deveriam processar também os donos de canais de tv, que também ganham com as ascenção dos seus bonecos de fantoche, que posteriormente são agraciados com contratos para beneficiarem tais canais. Se fosse agir por interesse político, como não sou eleitor nem de wilson e nem murilo poderia até apoar esses oportunistas, no entanto, estamos fartos dessa gente e já está na hora da sociedade matogrossense acordar sobre os esquemas utilizados por esses tipinhos de poliqueiro de última categoria.

  • Maneporrete | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Fica provado que a esquerda,nada mais é que uma via de mão única sem retôrno,para se chegar à direita.Uma vêz ali chegando,jamais fazem o trageto contrário,ou seja;da pinga ao Scotch,do jabá ao Caviar,do fusca ao Vectra, do real ao Dolár. c.q.d.

  • ELIFAS JOSE RIBEIRO | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Parabens Ceara e sua aguerrida equipe mesmo sem a estrutura que o TRE alega não ter voce faz a diferença à aqueles que estão chiando um consolo: não vai mais mamar nas tetas gordas do poder.

  • ELY | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Sabe gostaria muito de perguntar ao Ceara, será que você não tem algo a fazer amigo, ou melhor, ocupação que vc encontrou foi de infernizar quem realmente quer trabalhar.


  • Antonio Carlos Cuiabano | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Ta na hora do ceara denunciar o prefeito nepotista Wilson Santos.... Ele esta usando a maquina da prefeitura para fazer campanha pessoal... exemplo: Onubus com propaganda inganosa de sua gestão, pintura de meio fio (branco e verde) nas vias principais da cidade, site da prefeitura fazendo propaganda do homem Wilson, entre outras.

  • Plinio | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    omo se diz, Elanãoélinda, ou simplesmente Enefeia, se usa de artimanhas baratas do governo do PT prá se promover. Porque ela não proncuncia a respeito do governo do PT, que é só escândalos e corrupção? braincadeira né D. E.... (não sei se digo Elanãoélinda ou Enefeia)....

Extremista vai ter que se explicar na PF

Marcelo Stachin 400   O barulhento militante de extrema-direita Marcelo Stachin (foto) tem perdido o palco desde que teve um pífio desempenho nas urnas e acabou com apenas 0,8% dos votos para prefeito de Sinop. Em sua busca incessante por aparecer, o bolsonarista, que é investigado pelo STF por espalhar fake news, decidiu ironizar e...

Prefeitos, MPE e afastamento do cargo

jose antonio borges 400 Prefeitos de MT que descumprirem as diretrizes do decreto estadual que impôs o toque de recolher em todo o território podem até mesmo ser afastados do cargo. O alerta é do procurador-geral de Justiça, José Antônio Borges Pereira (foto), e reforçada pelo procurador Domingos...

Prefeito se rebela e é enquadrado

vander masson 400 curtinha O prefeito de Tangará da Serra Vander Masson (foto), do PSDB, bem que quis ser rebelde, mas acabou enquadrado pelo MPE. Vander fez um decreto mais ameno que o do governo do Estado, impondo toque de recolher a partir das 23h, mas teve de recuar após ser notificado pelo MPE. Nas redes sociais, para evitar desgaste com...

AL realiza lockdown de faz de contas

Funcionários da AL se mostram revoltados com o lockdown de “faz de contas” promovido por deputados. Isso porque, apesar de estar com as portas fechadas, funcionários estariam sendo obrigados a ir trabalhar e entrando por outras portas. Atendem parlamentares que preferem trabalhar presencialmente. Pelo menos 36 funcionários estariam infectados e os servidores temem que mais pessoas sejam contaminadas pelo coronavírus. O pânico ficou ainda maior...

EP na batalha por vacinas e insumos

emanuel pinheiro 400 O prefeito de Cuiabá Emanuel Pinheiro (foto) entrega nesta segunda (8) PL para a aquisição de vacinas para combate à Covid-19, medicamentos, insumos e equipamentos. O documento foi elaborado pela Frente Nacional dos Prefeitos (FNP) e será votado na Câmara. Esse é mais um movimento...

Fúrio volta à carga contra secretário

celio furio 400 curtinha Depois de se enganar ao abrir investigação contra o secretário de Saúde Gilberto Figueiredo e ter de pedir desculpas, o promotor Célio Fúrio (foto) voltou à carga. Fúrio entrou na Justiça para que Gilberto seja condenado à perda da função...