Últimas

Terça-Feira, 13 de Outubro de 2009, 17h:05 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:24

ASSEMBLEIA LEGISLATIVA

Petista se irrita com veto a projetos contra homofobia

   O deputado estadual Alexandre Cesar (PT), que ocupa a cadeira do titular Ságuas Moraes, reclamou mais uma vez do fato de que todos os seus projetos que tratam de questões ligadas ao combate à homofobia estão engavetados pela Comissão de Constituição, Justiça e Redação, composta pelos deputados Sebastião Rezende (PR), Nilson Santos (PMDB), Dilceu Dal Bosco (DEM), Airton Português (PP) e Percival Muniz (PPS).

   O petista não reclamou em momento algum de outros projetos que se encontram na mesma situação, mas que teriam maior relevância à sociedade mato-grossense, especialmente os ligados às áreas de segurança pública, saúde e educação. Alexandre "gritou" em seu discurso inflamado na tribuna da AL que ele chega à conclusão que a Casa é homofóbica diante de tantos projetos trancados.

   Ainda segundo Alexandre, a tramitação fará aniversário somente aguardando parecer da CCJ. "Não me resta alternativa senão solicitar a reconstituição dos projetos combinada com a apreciação da matéria em plenário”, reclama.

   Outros parlamentares ficaram na bronca com o petista, especialmente os que são ligados à CCJ, já que foram acusados de homofobia por Alexandre, que vem marcando posição em defesa das chamadas minorias e, especialmente, de gays, lésbicas, bissexuais, travestis e transexuais. Apresentou, por exemplo, duas propostas nessa linha. Uma institui o Dia Contra a Homofobia no Estado e, outro, prevê penalidade a quem discriminar em razão de orientação sexual. A proposta do deputado petista é extremamente plausível, mas outros parlamentares criticam-no por deixar em segundo plano outras pautas, envolvendo os segmentos da segurança pública, saúde e educação, saneamento básico e transporte. (Flávia Borges)

Postar um novo comentário

Comentários (31)

  • Marcos | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Será que Alexandre César está legislando em causa própria? Com a palavra o nobre deputado....

  • Maria Geni | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    fica óbvio que o site é parcial, pq náo exclui os comentários pejorativos ao deputado. Liberdade de imprensa é uma coisa. informaçáo tendenciosa e sugestiva de opiniáo é outra. Legislar em caua própria é o que os deputados estáo fazendo ao deixar de lado os projetos que favorecem a cidadania LGBT.





    A Assembléia anda com um discurso mais pautado na bíblia do que na constituiçáo. mas na horas de desvios e faucatruas os políticos se esquecem dos 10 mandamentos básicos.

  • Luis Marcelo | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Algumas pessoas só sabem usar esse mesmo discurso retrógrado: tem não sei o que pra fazer e ele fazendo isso, tanta gente morrendo de fome e ele preocupado com igualdade. Qualé, há maneiras melhores de criticar os projetos do AC. Creio que ele está certo, é preciso fibra pra defender estes projetos, sem medo de ser taxado de GLBT... Só acho que tem motivação política por trás destes projetos, mas convenhamos, quem faz - ou aprova - projeto sem que tenha interesse político?!

  • EDSON SILVA | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Vai cassar oque fazer deputado segundo a constituição federal da cr/88 no seu art. 5º caput diz que todos são iguais perante a lei,sem distinção de qualquer natureza... se o sr. não tem projetos consistentes para o seus eleitores que te colocaram ai na assembléia pede para sair e de a vaga a quem trabalhar nada contra os glbt, mas tem tanta coisa a ser feita deputado; Porque será que só agora o nobre parlamentar se preocupa com este grupo tão esquecida! hora deputado me faça o favor e vá trabalhar.

  • Seo José da frutaria | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Ííííchi,home! isso tudu tá cherando a rosquinha queimada na assembréa.sei não...

  • moacir moreira lima | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    O senhor esta perdendo tempo e gastando a paciencia do povo com essas balelas. Tanta coisa para melhorar que vão refletir nesses assuntos de discriminação, como educação que é uma´pasta do seu PT e esta porcamente administrada.... Haja paciência senhor deputado...o povo não merece isso.

  • joão | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Gambá cheira gambá...deixa ele defender sua classe
    aiaiaiuiuiui

  • JEDAE | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    SE NÃO TEM O QUE FAZER DEPUTADO, TOME ALGUMA ATITUDE QUANTO AS GATUNAGEM DO PRESIDENTE DA CASA, FISCALIZE AS AÇÕES DO SEU GOVERNADOR. TEM MUITAS COISAS ERRADAS E NINGUEM DIZ NADA, EITA PT! NADA COMO UM DIA DEPOIS DO OUTRO. DEIXA DE SER FRESCO!

  • Mossueto | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0



    Certissimo os deputados, pois voce é um estranho no meio, não foi eleito, e suplente não é deputado, voce está deputado, a qualquer momento que o titular julgar necessário pede a sua cadeira e tchau, acabou a farra, a população já te podou e só voce não desconfia que é rejeitado pela população e fica gerando artificios para estar na assembléia, não sabe nem por que está ai, e fica ocupando tempo, molhando a horta depois da chuva, os seus projetos não melhora em nada a vida de quem pensa que está defendendo, o que voce busca junto a assembleia, a carta magna já assegura a essa minoria. Com todo respeito que nutro pelo grupo GLS, o que falta neste pais não são leis de proteção, mas consciencia da população.

  • Joao Pedro | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Com essa noticia, eu so posso deduzir que o deputado ta legislando em causa propria. sera que isso confirma o que os outros comentam, QUE ELE É????, sem preconceitos deixem o deputado realizar os desejos dele.

PT na oposição independente do eleito

edna sampaio 400   Independente de quem ocupar o Palácio Alencastro, a partir de janeiro, a professora Edna Sampaio (foto), única eleita pelo PT à Câmara de Cuiabá, fará oposição ao prefeito. E dá sinais de que será uma parlamentar bastante atuante. Neste segundo turno, como o seu...

Secretário não consegue eleger Fred

fred gahyva 400 curtinha   O vereador licenciado e secretário estadual de Saúde, Gilberto Figueiredo, foi um cabo eleitoral incansável pela candidatura de Fred Gahyva (foto) a vereador pela Capital. Ele liderou reuniões nas unidades de saúde, reforçando pedido de voto para o aliado e amigo de...

Deputado agora pula de palanque

elizeu nascimento 400 curtinha   O ex-vereador e hoje deputado estadual Elizeu Nascimento (foto), que amargou a oitava colocação na disputa ao Senado na eleição suplementar do último dia 15, mudou de lado, como se troca de camisa. Em princípio, era apoiador do projeto de reeleição do prefeito...

Ex-aliado, Sales lembra quem é Abílio

coronel sales 400   Em mensagem enviada aos amigos, reforçando pedido de voto para Emanuel Pinheiro, o coronel PM da reserva e secretário de Ordem Pública da Capital, Leovaldo Sales (foto), diz conhecer bem os dois candidatos que disputam, neste segundo turno, o Palácio Alencastro. Sobre Emanuel, lembra que este tem...

Uma perna no muro e dicas indiretas

eduardo botelho 400 curtinha   O presidente da Assembleia, Eduardo Botelho (foto), chega ao final deste 2º turno das eleicões em Cuiabá com uma perna no muro. Ele liberou toda sua equipe para votar em quem quiser e todos pedem voto para Emanuel. Já Botelho, particulamente, preferiu não assumir publicamente o seu...

Nezinho, nova derrota e aposentadoria

nezinho 400   Aos 69 anos, o petebista Carlos Roberto da Costa, o Nezinho (foto), considerado da velha guarda política, tentou, mas foi reprovado nas urnas em Nossa Senhora do Livramento. Ele concorreu a prefeito em quatro pleitos. E já exerceu dois mandatos. Nezinho já foi secretário-adjunto de Fazenda do Estado,...

MAIS LIDAS