Últimas

Sexta-Feira, 07 de Novembro de 2008, 10h:10 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:21

INVESTIGAÇÃO

PF "caça" fraudadores em exportação no Estado

    A Polícia Federal desencadeou na manhã desta sexta (7) a operação "Vulcano" que tem como objetivo desmantelar organizações criminosas que fraudavam operações de exportação. Essas organizações, instaladas inclusive em Mato Grosso, praticavam a “exportação fictícia”, isto é, simulavam a exportação de determinado produto, gozando dos benefícios governamentais, sobretudo fiscais, incentivadores da exportação. A fraude consistia no fato de os produtos não deixarem o território nacional e serem introduzidos no mercado interno concorrendo deslealmente com as demais empresas do mesmo segmento, principalmente o de pneus e de cerveja.

   Um dos principais prejuízos para os Estados onde a fraude era praticada, é referente ao erário gerado como resultado da sonegação de tributos. Foram expedidos 48 mandados de busca e apreensão e 22 de prisão temporária a serem cumpridos nos Estados do Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Paraná, São Paulo, Rio de Janeiro, Santa Cataria, Bahia e Goiás. Concessionários públicos, empresários e auditores-fiscais da Receita Federal do Brasil estão envolvidos no esquema.

   As investigações tiveram início em 2006 e na reta final foram unificadas duas outras operações conduzidas pela SR/DPF/MS e pela DPF/Marília/SP, cada qual em seus respectivos juízos, mas deflagradas em conjunto pelo fato de terem alvos em comum. (Andressa Boa Sorte com Assessoria)

(14h30) - 17 já foram presos; outros 5 são procurados

   Após o juiz federal Raphael Cazelli de Almeida Carvalho expedir 48 mandados de busca e apreensão e 22 de prisão, 17 pessoas já foram presas na Operação Vulcano. A operação atinge os estados de Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Goiás, São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais, Paraná e Santa Catarina. São cumpridos 240 mandados de busca e apreensão e mais de 50 de prisão temporária. Mais de 600 policiais federais e 280 agentes da Receita Federal participam da operação.

   Conforme informações,os crimes cometidos contra a ordem tributária são facilitação de contrabando e descaminho, corrupção ativa e passiva, inserção de dados falsos em sistema de informações, falsidade ideológica, formação de quadrilha, crime contra o sistema financeiro nacional e lavagem de dinheiro, entre outros. (Flávia Borges)

Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia

Com Covid-19 e frequentando a AL

paulo araujo 400   O deputado Paulo Araújo (foto), do PP, está com reinfecção pelo Covid-19 e, mesmo assim, continua frequentando o prédio da Assembleia normalmente, como se não tivesse contaminado. Na primeira vez que foi infectado pelo vírus, também fez igual. Colegas parlamentares e...

2 abstenções e briga pela 4ª Secretaria

silvio favero 400   Dois deputados se abstiveram na eleição da Mesa Diretora da Assembleia desta terça cujo votação foi secreta. Nos bastidores, os comentários são de que as abstenções foram de Sílvio Fávero (foto), que se lançou à disputa e, sequer, teve...

Petista, incoerência e voto contrário

ludio cabral 400   O petista Lúdio Cabral (foto), daqueles parlamentares do morde e assopra, na tentativa de marcar posição, expõe cada vez mais suas incoerências em votação na Assembleia. Na sessão que antecedeu a eleição para a nova Mesa Diretora, provocada pela decisão...

Projeto sobre VI na Saúde está na AL

gilberto figueiredo 400 curtinha   Já está na Assembleia, para votação dos deputados, o projeto do governo que garante retomada do pagamento da verba indenizatória aos profissionais da Saúde que atuam na linha de frente do combate à Covid-19 nas unidades hospitalares, ambulatoriais e...

2 desembargadores vão para TRE-MT

carlos alberto tj 400 curtinha   O Pleno do Tribunal de Justiça define, na quinta (25), em votação secreta e por videoconferência, dois desembargadores que comporão os quadros de comando do TRE-MT pelos próximos dois anos. O ex-presidente do TJ, Carlos Alberto Alves da Rocha (foto), é um dos inscritos...

Primeira-dama pede retorno de auxílio

marcia_pinheiro_curtinha400 Primeira-dama de Cuiabá Márcia Pinheiro (foto), em visita à sede do Rdnews e entrevista ao Rdtv, pede que a bancada federal de MT se mobilize e vote favorável ao retorno do pagamento do auxílio emergencial às famílias em situação de vulnerabilidade. Márcia...