Últimas

Sexta-Feira, 10 de Julho de 2009, 11h:15 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:23

INVESTIGAÇÃO

PF prende advogada por tráfico; militar estaria envolvido

  A Polícia Federal realiza a Operação Volver em Mato Grosso, Goiás, Acre e Espírito Santo.  Ao menos uma advogada já está presa em Cuiabá.  Ela é acusada de ser integrante de uma quadrilha que fomenta o narcotráfico nos quatro Estados. Entre os envolvidos estariam comerciantes, advogados, um servidor público, além de um militar das forças armadas. Presidiários que cumpriam penas em presídios de Mato Grosso e Espírito Santo também teriam participação no esquema. Eles são acusados de comandar o tráfico de drogas do interior dos presídios.

  Ao total serão cumpridos 37 mandados de prisão temporária, dois mandados de prisão preventiva e 23 mandados de busca e apreensão. Em Mato Grosso a ação ocorre em Cáceres e Cuiabá.

   A operação nasceu a partir de investigações vinculadas à Operação Teimoso, deflagrada em 2008. Durante o processo de investigação já foram instaurados seis inquéritos, presas onze pessoas; apreendidos 43 quilos de cocaína; uma submetralhadora e R$ 56,8 mil.

   Nesta operação, a PF conseguiu juntar provas contra membros da quadrilha que, à época da Operação Teimoso, não puderam ser comprovados. Os membros da quadrilha continuaram com os crimes, o que justifica o nome da operação. Entre os investigados na operação, 60% tem passagem pelo mesmo crime de que estão sendo acusados agora e 30% estão presos, mas, mesmo assim, continuam comandando o tráfico de drogas, deixando claro o círculo vicioso em que estão inseridos os membros destas quadrilhas, sem perspectiva de deixar a criminalidade. (Flávia Borges e Patrícia Sanches)

(11h40) - Faiad diz que deve ingressar com HC para libertar advogada

   O presidente da Ordem dos Advogados do Brasil em Mato Grosso, Francisco Faiad, confirmou a prisão de uma advogada com pré-nome Katlyn. Ainda segundo ele, a OAB já está ingressando com um habeas corpus para tirar a advogada da cadeia. “A Polícia Federal está cumprindo diversos mandados de busca e apreensão em vários escritórios de advogados da Capital e de Cáceres”, confirma Faiad. O presidente da OAB disse que só vai se pronunciar depois que fizer um levantamento de todos os investigados.

(13h50) - PF cumpre 21 mandados no Estado; maioria é em Cáceres

   A Polícia Federal cumpre 21 mandados de prisão temporária, preventiva  e o sequestro dos bens em Mato Grosso. São 14 envolvidos em Cáceres, 1 em Rondonópolis e 6 em Cuiabá, além de outros 3 em Viana (ES), 4 em Vila Velha (ES), 2 em Uruaçu (GO), 2 em Jataí (GO), 1 em Rio Branco (AC). Outras três pessoas não foram localizadas. Em todo o país, 11 pessoas com prisão temporária decretada já estão nas unidades prisionais. Em Cuiabá já foi presa a advogada Katllen Káritas Dias.

   Além do crime de tráfico de entorpecente, os indiciados podem responder pelos crimes de formação de quadrilha, corrupção ativa e passiva, exploração de prestígio, posse ilegal de arma de fogo, dentre outros que podem surgir no processo. Diante do elevado número de mandados a serem cumpridos em Cáceres, o superintendente  da Polícia Federal em Mato Grosso, Oslaim Campos Santana, já se deslocou ao município para companhar os trabalhos.

(14h22)Advogada é presa em Cáceres; assessor jurídico vai pedir 2 habeas corpus

   Mais uma advogada foi presa pela Polícia Federal nesta sexta (10) sob acusação de envolvimento com traficantes. Lucy Rosa da Silva atuaria em defesa de pessoas denunciadas por formação de quadrilha, com ramificação em Goiás, Acre, Espírito Santo, além das regiões de fronteira em Mato Grosso.

   Com a prisão de Lucy sobe para dois o número de advogados presos na Operação Volver. Pela manhã, policiais federais prenderam em Cuiabá a advogada Katllen Káritas Dias. “É importante ressaltar que elas são acusadas, mas ainda não foi comprovada coisa alguma. Vou ingressar ainda hoje com pedido de habeas corpus”, adiantou ao RDNews o presidente da OAB, seccional de Mato Grosso, Francisco Faiad. (Andréa Haddad)

Postar um novo comentário

Comentários (8)

  • JEDAE | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    O QUE MAIS TEM, É ADVOGADO PICARETA. ESTOU SENDO PROCESSADO POR UM, QUE SIMPLESMENTE MONTOU A AÇÃO CONTRA MINHA PESSOA, COM UMA ASSINATURA CLARAMENTE FALSA! PRA MIM PROVAR QUE É FALSA, TIVE QUE ACIONAR O (CLIENTE) DESTE TAL ADVOGADO! ISSO DE TRÁFICO É COISA NORMAL NESTE BRASIL NOSSO DE CADA DIA!!

  • jl | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Se esta do lado do crime q pague pelos seus erros!

  • augusto neto | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Vetado por conter expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas.
    Queira, por gentileza, refazer o seu comentário.

  • André CUIABANO | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Uma enorme vergonha isso.
    A OAB MT nem sabe do que se trata as prisões e já sai cegamente em defesa dessa advogada, envolvida em crimes.
    Será que dessa forma estão agindo para alcancar a verdadeira JUSTIÇA?
    Logo a OAB MT que arrota seriedade e moralidade, inclusive, critica os coorporativismos do Judiciário, da Polícia Militar e Civil, do MP, dos médicos, dentre outros.
    Pergunto: sempre que alguém de bem sofre uma injustiça por parte do Estado onde estão esses advogados?

    VERGONHAAAAA!!!!!!!!

  • EDUARDA | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    ESSA ADVOGADA É UMA PESSOA SÉRIA, NÃO ACREDITO QUE ELA ESTEJA ENVOLVIDA.

  • Marcos Sena | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Brilhantes as palavras do sr. André

  • memoria curta | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Se eu fosse o Antonio Cavalcante, O ceara pedia a exclusão da OAB do MCCE

  • Arci Gallo da Silva | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Ora senhor Faiad

    Logo o senhor pessoa em que a sociedade de mt tem toda confiança, precisaria averiguar as 48 laudas do juiz que decretou o pedido de prisão das suas colegas, precisa averiguar os procedimentos investigativos contidos nesse relatorio antes de sair defendendo as colegas, o grau de envolvimento delas é comprovadamente demosntrado, além em Cáceres, que não conhece a advogada Lucy Rosa da Silva, quem não conhece a katleleen e sua projeção meteorica na carreira, a OAB tem que se postar ao lado da Justiça, ao lado das causas sociais, esse bando desarticulado vinha ameaçando juiz em Cáceres, jornalistas e até advogados, se o senhor não sabe fica sabendo, é melhor refletir sobre suas declarações sob pena de expor a vossa categoria a vexame, tem advogados confundindo a profissão com a atividade ilicita. Mais uma vez me rendo ao RDNEWS, pela brilhante cobertura.

Patriota, vários evangélicos e cantor

oscemario daltro 400 curtinha   O nanico Patriota, hoje sem um assento na Câmara de Cuiabá, lançou chapa completa para vereador, com 38 nomes. E pode eleger até dois. A proporcional acaba se fortalecendo porque o partido tem cabeça de chapa ao Executivo, o ex-prefeito por dois mandatos Roberto França. Entre...

Colíder com 2 candidatos desgastados

jaiminho 400 curtinha   Em Colíder, duas figuras bastante desgastadas politicamente estão na disputa pelo Executivo, sendo o prefeito Noboru Tomiyoshi, que fechou aliança com apenas três partidos (DEM, PSD e SD), e o ex-prefeito Jaime Marques (foto), que concorre pelo PSC numa coligação que agrega DEM e...

PP com 25 a vereador projeta 3 vagas

orivaldo da farmacia 400 curtinha   O PP, da base aliada do prefeito Emanuel, conta com 25 candidatos a vereador pela Capital. Deve conquistar entre duas e três vagas. Os principais concorrentes são os já vereadores Orivaldo da Farmácia (foto), Marcrean Santos e Luis Cláudio, além do ex-vereador...

MPE vê prefeita de Torixoréu inelegível

ines 400 curtinha torixoreu   Para o Ministério Público Eleitoral, a prefeita de Torixoréu, Inês Mesquita Moraes Coelho (foto), que se lançou à reeleição pelo DEM, está inelegível. Numa ação de impugnação de registro de candidatura, o promotor...

Candidato amarga derrota na Justiça

adilson gon�alves 400 curtinha   O candidato a prefeito de Barra do Garças, delegado Adilson Gonçalves (foto), tentou, sem êxito na Justiça, censurar o Rdnews na publicação de matérias sobre o pleito eleitoral no município. Numa ação impetrada junto à...

Com certidão pra disputar 1ª suplência

dito lucas 400 curtinha   Filiado ao Podemos, Dito Lucas (foto), que entrou de última hora como primeiro-suplente da chapa ao Senado encabeçada por José Medeiros, assegura que vai apresentar novamente sua certidão junto à Justiça Eleitoral, de modo a provar que sua candidatura é legítima....