Últimas

Quinta-Feira, 20 de Agosto de 2009, 09h:27 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:23

PREVIDÊNCIA

PF prende casal por 35 benefícios falsos junto ao INSS

  A Força Tarefa Previdenciária, composta pela Polícia Federal, Ministério da Previdência Social e Ministério Público Federal vai prender nesta quinta (20) em Cuiabá e Várzea Grande um casal e cumprir 8 mandados de busca e apreensão. Os nomes não foram revelados, por enquanto. A Justiça Federal determinou ainda 3 sequestros de bens. Onze pessoas devem ser conduzidas à 5ª Vara Federal coercitivamente.

   Ao todo, serão cumpridos 24 mandados judiciais na operação batizada de Bengala-MT. Para a atuação foram mobilizados 50 agentes da PF e 6 funcionários do Ministério da Previdência. Eles buscam desmantelar um esquema voltado para a obtenção fraudulenta de benefícios de auxílio-doença previdenciário e acidentário, aposentadoria por invalidez, amparo social a pessoa portadora de deficiência física e amparo social ao idoso.

   As 2 pessoas com prisão decretada são cônjuges e dentre os locais com mandado de busca e apreensão há 2 consultórios de médicos assistentes. A PF saiu com a missão de fazer devassa em suas residências e ainda na casa de uma servidora do INSS. O nome da operação de Bengala-MT é uma alusão ao despachante e agenciador “Mário da Bengala", que também é beneficiário da Previdência Social como deficiente físico e se utiliza de muletas para passar pela perícia médica, orientando as pessoas beneficiadas a utilizarem essa mesma simulação.

    Os trabalhos iniciais de apuração foram motivados por denúncia anônima feita junto à Delegacia de Repressão a Crimes Previdenciários em Cuiabá. As investigações duraram cerca de 10 meses e revelaram a atuação de um esquema de fraudes. O indício consiste no fornecimento de atestado e/ou laudo médico por dois médicos assistentes e orientação das pessoas beneficiadas no sentido de simularem supostos problemas psicológicos e ortopédicos junto à perícia médica do INSS. O esquema favorecia com aposentadoria pessoas que nunca contribuíram ou que perderam a qualidade de segurado para contribuir no mínimo 12 meses para adquirir a qualidade de segurado e carência para o benefício de auxílio-doença ou readquirir mediante 4 contribuições (1/3 da carência do benefício) possivelmente já sendo portadora da doença.

    Membros do esquema criminoso acompanhavam as pessoas beneficiadas nos consultórios dos médicos assistentes e na perícia médica do INSS. Para intermediação, o beneficiário deveria pagar R$ 100 pela consulta e obtenção do atestado ou laudo médico ideologicamente falso. Nesse caso, 20% da renda do benefício de aposentadoria deveriam ficar com quem articulou o esquema. Levantamento preliminar aponta 35 benefícios com indícios de irregularidades e prejuízo estimado de cerca de R$ 600 mil. Os presos serão encaminhados à penitenciária central em Cuiabá. Vão responder por estelionato formação de quadrilha).

(11h49) - Casal suspeito de fraudar Previdência Social presta depoimento na PF

   Policiais federais já cumpriram os dois mandados de prisão temporária, expedidos pela 5ª Vara Federal. Foram presos em Cuiabá um despachante e agenciador, conhecido por Mário da Bengala, e a esposa dele. Segundo informações da PF, o despachante é beneficiário da Previdência Social como deficiente físico e utiliza muletas para passar pela perícia médica. Ele teria orientado ao menos 11 pessoas a simularem deficiência física para obter, de forma fraudulenta, benefícios de auxílio-doença. 

   Mário da Bengala e a esposa prestam depoimento à delegada Luciana Midon Campos da Luz, na superintendência da PF em Mato Grosso. Depois, ele será levado para a penitenciária central de Cuiabá, antigo Carumbé, e a esposa ao presídio feminino Ana Maria do Couto Mey.

   Outras 11 pessoas, suspeitas de receber benefícios do INSS por meio de fraudes, foram intimadas a comparecer na superintendência da PF. Elas passam por nova perícia médica para comprovar se realmente têm as deficiências alegadas. Peritos da Previdência Social fazem os diagnósticos. Se não comparecerem à PF, serão levadas por policiais para passar pelo novo exame. A expectativa é que o superintendente da PF, Oslaim Campos, conceda uma coletiva às 15.  (Andréa Haddad)

(14h25) -
PF cumpre mandados de busca e apreensão; suspeitos passam por nova perícia

   Além dos dois mandados de prisão, a Polícia Federal já cumpriu os oito mandados de busca e apreensão, sendo dois em consultórios de médicos assistentes do INSS. Neste momento, peritos da Previdência Social examinam pessoas sob suspeita de receber benefícios por meio das fraudes. Ao todo, 11 beneficiados passarão pelo exame. (Andréa Haddad)

Postar um novo comentário

Comentários (3)

  • Prof. Shimizu | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    como agora, neste governo. Parabéns!

  • Chico Pezão | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Faço uma crítica, construtiva, ao site RDNews para vincular esse tipo de notícia após os mandatos serem cumpridos.
    Sabemos que o site possue um excelente número de acessos e isso pode prejudicar as ações da Polícia Federal.

  • anna de assis | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    quem tem o tempo necessario(30 anos,mulher) e 55 anos de idade não consegue aposentar.Tem sempre funcionario do inss envolvidos e não vai dar em nada.Perda de tempo da imprensa divulgar e nos leitores de ler.

Luizão e 10 promessas em cartório

luizao 400   O empresário Luizão (foto), candidato a prefeito de Rondonópolis pelo Republicanos, registrou em cartório 10 comprimissos de gestão, garantindo, em caso de eleito, executá-los logo no primeiro mês de mandato. O primeiro deles é de zerar a fila de consultas, exames e cirurgias. E...

Ex-secretários de França sem mácula

roberto franca 400 curtinha   A assessoria jurídica da coligação de Roberto França (foto), que concorre à Prefeitura de Cuiabá pelo Patriota, classifica de mentirosa e irresponsável a notícia de que ex-secretários de França, da época em que comandou a Capital, de 1997 a...

Líderes de Lucas e apoios ao Senado

otaviano pivetta curtinha 400   As principais lideranças políticas da "República" de Lucas do Rio Verde estão divididas nos apoios sobre candidaturas ao Senado. O vice-governador Otaviano Pivetta (foto), recém-desfiliado do PDT, faz campanha pela coronel Rúbia Fernanda (Patriota), propagada como a candidata...

Reeleição difícil em Barra do Bugres

raimundo nonato 400   Aos 81 anos, o piauiense de Campo Maior, Raimundo Nonato (foto), busca renovar o mandato de prefeito de Barra do Bugres pelo DEM. Embora considerado carismático e populista, pioneiro no município e ajudado pela força da máquina pública, Nonato, que já foi prefeito nos anos 82 e 90,...

4 com as maiores chances ao Senado

carlos favaro 400 curtinha   Todos os principais candidatos ao Senado, na suplementar de 15 de novembro, para eleger quem ocupará a cadeira da cassada Selma Arruda, estão trabalhando com tracking eleitoral, metodologia que consiste, basicamente, em realizar pesquisas de intenção de voto por telefone de forma...

Polarização entre Gustavo e os Maia

gustavo mello 400 curtinha   Em Alto Araguaia, três disputam a prefeitura, mas a briga eleitoral está mesmo polarizada entre o prefeito Gustavo Melo (foto), do PSB, e Martha Maia (PP), irmã do ex-prefeito por quatro vezes Maia Neto. Júnior da Farmácia (PSL) corre por fora, mas sem chance de êxito nas urnas....

MAIS LIDAS