Últimas

Terça-Feira, 04 de Dezembro de 2007, 10h:37 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:19

VARIEDADES

PGE contrata segurança armada por R$ 79,8 mil

   A Procuradoria Geral do Estado sob João Virgílio contratou uma empresa de segurança e vigilância no valor de R$ 79,8 mil. De acordo com o combinado os seguranças vão ficar armados durante 24 horas durante os sábados, domingos e feriados, e, desarmados das 18 h às 6h de segunda a sexta. A Procuradoria pagará pelos serviços um valor mensal de R$ 6,6 mil à Segvel - Serviço de Segurança e Vigilância Ltda durante o período de um ano.

    O contrato celebrado entre a diretora-geral da Procuradoria, Luciana Barbosa Moura Ferreira Leite, e o representante da Segvel, Gildomar Alcerio Maleron prevê gastos do fundo de Aperfeiçoamento dos Serviços Jurídicos da Procuradoria Geral do Estado. (Pollyana Araújo)

Postar um novo comentário

Comentários (5)

  • Maria de Fatima | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Abre o olho Blairo!!!
    Abre o olho MP!!!
    Abre o olho TCE!!!

  • Mario Escobar | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Se o estado ta contrando segurança, então o que deve fazer a socidade????
    Ou tão disfaçando, para roubar!!!

  • Dalto Peres | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    DEPOIS QUEREM PAGAR ESSE SALARIO MISÉRAVEL Á POLICIA, QUE GORVERNO É ESSE!!!

  • Joao VIGIA !!! | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    A PGE devia mesmo é pagar os DIREITO ATRASADO de seus PROCURADORES aposentados , e nao ficar com MEDO de assaltante !!! Chega Joao Virgilio ... desocupa a cadeira que não te pertence !!!

  • jeovaldo | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Moço da um salario desses para Cabos e Soldados da Policia Militar, que voces vão ver o que e trabalhas 24,48 e 72 horas dioturnamente. Ai meu filho ninguem dorme no ponto... convenhamos essa turma merece, pois e a que esta nas ruas e vielas da cidade. Vamos lá Srº Governador acorde. Fui...

Taisir coordena campanha de Eliene

taisir karim 400 curtinha   O ex-reitor da Unemat e uma das lideranças do PSD na região Oeste, Taisir Karim (foto), que chegou a se lançar de última hora como pré-candidato a prefeito de Cáceres, mas logo em seguida recuou, será o coordenador-geral da campanha de Eliene Liberato (PSB), atual...

Inaugurados 67 km de asfalto da 020

mauro mendes 400 curtinha   O governador Mauro Mendes (foto) inaugurou nesta 5ª a pavimentação de 67,5 km da MT-020, entre Paranatinga e Canarana. Essa estrada faz parte do pacote de obras que foi retomado e já concluído nesta gestão. Foram investidos R$ 45 milhões do governo estadual. O...

Saggin critica "ditadura" e apoia Raye

paulo raye 400 curtinha   O empresário e advogado Sandro Saggin, que desistiu da candidatura a prefeito de Barra do Garças e agora apoia Paulo Raye (foto), do Pros, explica que em nenhum momento os diretórios estadual e nacional do Podemos, de cujo partido é filiado, encaminharam qualquer orientação aos...

Pode abandona Raye e pune Saggin

sandro saggin curtinha 400   Sandro Saggin (foto) amargou outra derrota em Barra do Garças. Inicialmente, seria candidato a prefeito pelo Podemos. Mas resolveu, por conta própria, levar o partido para uma coligação com partidos de esquerda que lançaram o ex-prefeito Paulo Raye, apoiado pelo PC do B, PT e Pros. A...

Ex-vereador recua para apoiar primo

divino 400 barra do bugres   Ex-vereador, ex-presidente da Câmara e empresário bem sucedido, Chico Guarnieri (PTB) não será candidato a prefeito de Barra do Bugres nas eleições deste ano. Guarnieri, que disputou a prefeitura em 2016, até ensaiou, mas recuou ao ver que o primo, pedetista Doutor Divino...

3 ex-prefeitos viram cabos eleitorais

percival muniz 400 curtinha   Dois candidatos de oposição em Rondonópolis têm ex-prefeitos como principais cabos eleitorais. O empresário Luiz Fernando, o Luizão (Republicanos), conta com apoio de Adilton Sachetti, que já comandou o município e perdeu na tentativa de reeleição, e...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Você acha que o efeito-Bolsonaro terá impacto no resultado das eleições de novembro em MT?

sim - onda Bolsonaro continua

não - efeito não influencia mais

sei lá!

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.