Últimas

Terça-Feira, 22 de Setembro de 2009, 19h:36 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:24

RESGATE HISTÓRICO

Pinheiro salva Pedrossian do impeachment e marca época

Clique nas imagens para ampliá-las


Advogado formado pela Universidade do Rio de Janeiro, Emanuel Pinheiro da Silva marcou posição na vida pública em Mato Grosso nas décadas de 1960 e 1970. Militava no antigo PSD e foi um dos maiores defensores do governo Pedro Pedrossian (66/71). Logo no começo da administração, Pedrossian enfrentou processo de impeachment. Era engenheiro de uma empresa férrea e foi acusado de corrupção. No dia da votação, sob um clima tenso, o prédio da Assembleia Legislativa foi cercado pelos militares. Houve empate. Coube, então, a Emanuel Pinheiro o voto que acabou salvando o mandato do então governador. Pinheiro alegou que não havia prova contra o acusado. Pinheiro  foi deputado por dois mandatos e chegou a presidir a Assembleia de 67 a 68. Também exerceu mandato de deputado federal. Foi assassinado em 26 de julho de 74, aos 43 anos de idade, em Chapada dos Guimarães. A autoria do crime não ficou totalmente esclarecido pela polícia. Seu corpo foi velado na Assembleia e na Catedral e, o enterro, no cemitério do Coxipó.


Nas fotos acima, familiares e amigos se despedem de Pinheiro. O nome do ex-deputado deu origem a várias praças, ruas e escolas e, inclusive à rodovia que liga Cuiabá a Chapada dos Guimarães, que marcou a última viagem de Emanuel Pinheiro. Aliás, ele tinha se deslocado a Chapada de carona e o veículo furou o pneu três vezes até chegar no município vizinho. Emanuel Pinheio era casado com Maria Helena de Freitas Pinheiro, hoje com 75 anos. O casal teve cinco filhos, sendo eles Helena Maria, Marco Antonio, Marco Túlio, Emanuel Pinheiro, que veio a ser vereador por Cuiabá e deputado estadual, e Marco Polo Pinheiro, o Popó.
Fotos: Museu de Imagem e Som de Cuiabá

Postar um novo comentário

Comentários (17)

  • Alberto Romeu Pereira | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Cumprimento ao jornalista Romilson e sua equipe pela veiculação de fatos importantes, e portanto históricos, da política mato-grossense, a exemplo de vida e morte de Emanuel Pinheiro. A milhares de brasileiros que para aqui vieram, com famílias e constituindo outras, é fundamental dar importância a essas histórias. E o povo cuiabano preserva-la e mante-la viva, pois um povo sem história, não existe. Como paranaense nesta Cuiabá acolhedora desde 1983, tenho muito a conhecer e, assim, valorizar ainda mais o que o seu povo fez numa época de dificuldades de comunicação, de transporte. Manter viva a história - e conta-la como faz este RDNews - é e será importante para meus filhos e, imprescindível, para os filhos dos filhos desta terra!

  • Julio Pinheiro | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Ele foi avisado prá não ir lá, por causa daquilo que todos sabem. Teimou e foi. E aí a promessa foi cumprida. quem não se recorda?

  • totonho picanço | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Vetado por conter expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas.
    Queira, por gentileza, refazer o seu comentário.

  • Toni | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Há muito tempo quero parabenizar o RDnews pela publicação de fatos históricos, como são essas matérias resgatando a vida política da Capital. Que continue assim..Parabéns

  • DITO ALBUQUERQUE | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    MATA-SE UM DEPUTADO ESTADUAL E A PULIÇA NÃO DESCOBRE QUEM FOI...É BRINCADEIRA! A INEFICIÊNCIA VEM DE LONGE...ESTE CASO DEVERIA SER REABERTO E O PAU COMER EM CIMA DE QUEM COMETEU O ASSASSINATO, SE O DIABO JÁ NÃO LHE CARREGOU!!!

  • Paulo Silva | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Oportunismo barato dessa caricatura de deputado. As suas emendas nada acrescentam. São apenas provocativas e por serem incorretas, dispensáveis. Uma inutilidade total e completa perda de tempo, demonstração de incompetência parlamentar e de bom censo e de falta de que fazer.

  • anna de assis | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    1

    esse dia nunca esqueci,pois o deputado, por ser professor da ufmt,as aulas foram suspensas, e eu tinha uma prova final de cálculo ll nesse dia:adorei o feriado imprevisto!

  • Amado Amador | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Na verdade, a polícia descobriu o assassino sim, o que, devido as circunstâncias do fato não foi tão difícil. A polícia até o prendeu. A Justiça inclusive o condenou. Porém, o assassino acabou fugindo de Mato Grosso.

  • João Ubaldo | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Recordo-me perfeitamente desse trágico dia. Estava com minha família na chácara na rodovia q

  • João Ubaldo | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Qdo as pessoas e os fatos são marcantes ficam gravados em nossa memória. Lembro-me mto bem desse trágico dia. Estava com minha família em minha chácara qdo recebemos a impactante notícia: Assassinado o deputado federal Emanuel Pinheiro. MT ficou em silêncio........Cuiabá parou.......poucas vezes assisti em minha vida comoção como aquela. Gente de todas as classes sociais chorando, prestando homenagens no velório na Assembléia Legislativa e no enterro no cemitério co Coxipó. Uma verdadeira multidão se acotovelava para ver o corpo e se despedir pela última vez do grande líder. Até hoje me emociono qdo lembro o fatídico 26 de julho de 1974.............o dia em que mataram Emanuel Pinheiro. Ele era cuiabano nato, dinâmico, hábil, articulado, com grande oratória e espírito de liderança. Era jovem e tinha vários filhos pequenos o que aumentou a consternação. Seria o sucessor natural de Filinto Muller, morto 1 ano antes, e chegaria ao governo de MT. Uma grande perda para MT e pro Brasil. Umas das coisas que me marcou foi a frase do jornal Diário de Cuiabá após o enterro: CUIABÁ COM LÁGRIMAS NOS OLHOS LEVA O ÚLTIMO ADEUS A EMANUEL PINHEIRO.

Apelo dramático da Santa Casa de ROO

bianca talita 400 santa casa roo   A superintendente da Santa Casa de Rondonópolis, Bianca Talita (foto), fez um apelo dramático nesta terça, num grupo de WhatsApp, esperando sensibilizar o prefeito Zé do Pátio a repassar com urgência os recursos que estão repressados no Fundo Municipal de...

Emendas para todos os 24 deputados

Max 400 curtinha   O presidente da Assembleia, Max Russi (foto), em visita ao Grupo Rdnews, quando concedeu entrevista ao portal e à tv web Rdtv, defendeu as emendas impositivas, que são indicadas pelos deputados e pagas pelo governo, via orçamento. Lembra que são instrumentos importantes para fazer com que obras e...

Deputado defende cultos com até 600

sebastiao rezende 400   Num momento em que a segunda onda de contaminação pelo novo coronavírus avança em MT, levando o governo a retomar medidas restritivas para evitar colapso, já que cerca de 90% das UTIs estão lotadas, o deputado Sebastião Rezende (foto), da Igreja Assembleia de Deus, teve a...

"Batida" em apresentador por engano

ricardo martins 400   Durante a dupla operação deflagrada pela PF nesta terça em alguns municípios de MT, entre eles Cuiabá, agentes federais, por um equívoco no cumprimento de mandados, acabou batendo na porta do apresentador da TV Cidade Verde, Ricardo Martins (foto), que não tem a ver com o caso....

Paccola é cotado para diretor-geral

gianmarco paccola 400   O discreto e atuante delegado Gianmarco Paccola (foto), hoje diretor-geral-adjunto da Civil, já desponta nos bastidores como nome preferencial do Palácio Paiaguás para eventual substituição a Mário Demerval, que deve mesmo deixar o posto de diretor-geral para disputar as...

Luta pra isentar parte dos aposentados

eduardo botelho 400 curtinha   Primeiro-secretário da Assembleia, Eduardo Botelho (foto) disse que foi criada espécie de força-tarefa dos deputados para fechar um acordo com o governo, de modo a ajudar aposentados e pensionistas e portadores de doenças raras para isenção do pagamento da alíquota da...

MAIS LIDAS