Últimas

Sábado, 16 de Fevereiro de 2008, 09h:09 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:19

ARTICULAÇÃO

Pitaluga nega ter quebrado Bemat e recusa cargo

  Às vésperas do governador Blairo Maggi anunciar ao menos 2 de 5 novos secretários, o assessor especial da secretaria estadual de Educação, advogado e historiador Paulo Pitaluga, cotado para a Cultura, disse que não tem mais interesse em compor o staff. Ele admite que o atual diretor-geral do Dnit, Luiz Antonio Pagot, a quem assessorou tanto na Casa Civil quanto na Educação, indicou o seu nome ao governador. Ele se antecipa publicamente para dizer que, se vier a ser convidado oficialmente por Maggi, não aceitará compor o staff. Prefere continuar na assessoria do secretário Ságuas Moraes.

   "Quem me indicou foi o Pagot, que é meu amigo e já trabalhamos juntos. Mas, preciso continuar com tempo para minha família, escrever livros e onde eu estou está sendo gratificante", diz Pitaluga, que desenvolve projetos específicos na Seduc, como, por exemplo, junto à escola de música de Cuiabá. Ele faz rasgados elogios a Ságuas, para quem é "excepcional, digno e competente". "Está sendo interessante trabalhar com o PT", completa, numa referência à militância político-partidária do secretário.

   Efeito Bemat

   Aos 60 anos, Paulo Pitaluga, ex-secretário de Fazenda no governo Júlio Campos e ex-presidente da extinta Turimat e, mais recentemente, ex-secretário-adjunto da Casa Civil, nega que a decisão de recusar cargo no primeiro escalão seja motivada por processos judiciais do passado, já que é acusado de ter quebrado o já extinto Banco do Estado de Mato Grosso (Bemat), que foi liquidado no governo Dante de Oliveira. "Isso é coisa ultrapassada. Eu tenho certidão sobre minha absolvição concedida pelo Banco Central à época". Pitaluga afirma que o fantasma do rombo do Bemat nunca o assustou. "Fui absolvido pela Justiça. Então, isso nunca me atingiu".

   O governador Maggi continua mantendo mistério sobre os novos integrantes do staff. Ele vem adiando há mais de um mês o anúncio oficial do que deve ser a maior reforma do secretariado desde quando assumiu o Palácio Paiaguás, em janeiro de 2003. Deve ser alterado o comando da Fazenda, Cultura, Esportes e Lazer, Indústria, Comércio, Minas e Energia, Desenvolvimento do Turismo e, provavelmente, Justiça e Segurança Pública e Casa Civil. Na segunda (18), Maggi pretende anunciar mudanças em duas pastas.

Postar um novo comentário

Comentários (9)

  • Valdir | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Onde a fumaça a fogo !

    Esse senhor Pitaluga e a família Campos quebrou o estado de MT. Parte, significativa, da dívida de R$ 5 bi, foi construída nas "Gestões" desastrosas dos Campos e depois na era do PSDB, do Dante de Oliveira e seus pares incompetentes.

    A população de MT deve ficar atenta, os Campos estão aí, com sede, querendo voltar ! O passado nunca mais... xô Campos !

  • Maria de Fatima Lima | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    BRAVO!!!!!!!!!
    Graças a Deus o senhor não vai aceitar, pois para a classe artistica tê-lo na CULTURA será um retrocesso.
    Que Deus ilumine o Sr. Governador e que ele defina o mais rápido possivel ou pôr Fabricio ou continue com João que tem feito um excelente trabalho.


    Dias melhores para a CULTURA.

  • Frederico | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Quem conhece o Dr. Paulo sabe o valor de um homem culto e sério. Não existe outra pessoa melhor indicada para acabar com a "farra da cultura" que vigora na atual gestão. Só esse fiel escudeiro do Pagot pode mostrar o "rumo da porta" para os culturets de plantão. Os que atentam à sua moral tem muito o que temer. XÔ! parasitas.
    Fred.

  • Frederico | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Quem conhece o Dr. Paulo sabe o valor de um homem culto e sério. Não existe outra pessoa melhor indicada para acabar com a "farra da cultura" que vigora na atual gestão. Só esse fiel escudeiro do Pagot pode mostrar o "rumo da porta" para os culturets de plantão. Os que atentam à sua moral tem muito o que temer. XÔ! parasitas.
    Fred.

  • Jose Alberto | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Parabens Sr Pitaluga, homem digno age assim.Sobre o comentario deste Fred:se houve farra dentro da secretaria de cultura, foi patrocinada pelo responsavel pela pasta, e nao por artistas e produtores.Com certeza este senhor deve desconhecer o processo cultural do estado. Portanto nao deveria praticar comentario discriminativo e radical.Vá se aculturar sr. Fred, aí sim tente tecer cometarios mais produtivos.Governador, coloque sangue novo lá na secretaria, pode ter certeza q será o melhor.Sorte

  • Heraclito M. Fontes | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Agora que o Pitaluga saiu do páreo o caminho fica aberto ao Toco Palma. Mas para ser Secretário de Cultura não basta escrever 20 livros com o tal do Pitaluga fez. Bastaria o Toco ao menos ter lido 1 só livro durante a sua vida, o que nem isso ele conseguiu. Belo Secretario de Cultura ...

  • Afonso Pires da Silva | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Não conheço esse Paulo Pitaluga. Aqui em Roo tem uma av. Otávio Pitaluga que deve ser pai ou avô dele. Pelo que já escreveu sobre a nossa história, a Secretaria de Cultua só perdeu com a sua desistência. Me parece que é um bom intelectual e a cultura de MT perdeu uma boa oportunidade de uma boa gestão.

  • João Francisco | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Parabéns Sr. Pitaluga por ter negado esse cargo.Tenho certeza de que agora o Governandor colocará o nome de Fabrício Carvalho para a Secretaria.Tenho certeza de que Fabrício irá revolucionar a Cultura de Mato Grosso para o Brasil.Boa Sorte Maestro!!

  • Manoel Galdino | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Vamos parar com politicagem.
    O governador deveria escolher alguem que realmente esteja ligado diretamente com a area; esse negocio de colocar fulano que nao tem conhecimento do assunto, Por isso que muitas empresas e orgaõs do governo estao pagando dividas oriundoas de seus diretores irresponsaveis, sempre com aquela mentalidade de que la na frente ja não esta mais no governo, então que o proximo sifo; quem sofre as consequencias??? Sao os funcionarios efetivos. E essa historia do bemat de emprestimos a mega produtor, com aval dos governos da epoca, que apresentavam como garantia imoveis em outro planeta, foi uma das causas da quebradeira do bemat.

Arsec concede reajuste; prefeito veta

alexandro adriano arsec 400   No último dia 22, a diretoria-executiva colegiada da Agência Municipal de Regulação de Serviços Públicos Delegados de Cuiabá (Arsec), presidida por Alexandro Adriano Lisandro (foto), aprovou índice de reajuste de 2,21% nas tarifas de água e esgoto. E...

Novo ensaio do privilegiado Neurilan

neurilan fraga 400   Neurilan Fraga (foto) transformou mesmo a AMM não apenas num cabide de emprego, mas numa entidade para, em alguns casos, atender a seus interesses pessoais. Ali, investido no cargo de presidente, inclusive já pelo quarto mandato, mesmo não sendo mais prefeito, ele se articula politicamente o tempo todo....

Dobradinha no Podemos pela reeleição

claudinei 400 curtinha   Eleito deputado na onda Bolsonaro, o delegado de Polícia Claudinei de Souza Lopes (foto) resolveu deixar o PSL e vai se abrigar no Podemos. Sonha com a reeleição. Sua estratégia é trabalhar o que se chama de dobradinha eleitoral com o deputado federal José Medeiros, especialmente em...

Valtenir atrai lideranças para o MDB

valtenir pereira 400   Mesmo sem mandato eletivo, o ex-vereador pela Capital e ex-deputado federal Valtenir Pereira (foto) continua se articulando nos bastidores, agora pelo fortalecimento do seu partido, o MDB. Ele está convencendo algumas lideranças a se filiar na legenda emedebista. Dois líderes são prefeitos...

Chefe do Escritório de ROO em Cuiabá

mario marques 400 curtinha   O prefeito de Rondonópolis, Zé do Pátio, que iniciou neste mês o 3º mandato, mantém como parte da estrutura da administração um cargo de chefe do Escritório de Representação do município na Capital. E Pátio nomeou para esta...

Prefeito cria comitê pra debater modal

emanuel pinheiro 400 curtinha   Mesmo o governador Mauro Mendes já tendo anunciado que vai implantar o BRT na Região Metropolitana, em detrimento do VLT, o prefeito cuiabano Emanuel Pinheiro (foto) criou um comitê de análise técnica para, segundo ele, definir o modal de transporte para a região. Emanuel...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

O Governo de MT optou pela implantação do BRT em Cuiabá-VG em detrimento do VLT. O que você acha disso?

Estou de acordo

Discordo

Tanto faz

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.