Últimas

Domingo, 14 de Dezembro de 2008, 09h:50 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:22

LEGISLATIVO

Pivetta e Brunetto já lideram frente contra o FAP

Fernando Ordakowski
Otaviano Pivetta e Ademir Brunetto aguardam documentos na 3ª

  Os empresários e deputados Otaviano Pivetta (PDT) e Ademir Brunetto (PT) recebem nesta terça (16) a documentação sobre o trâmite do projeto das Lideranças Partidárias, que resultou na 9.041, que repristina (devolve a vigência) à lei do extinto Fundo de Assistência Parlamentar (FAP) e, assim, assegura pensão a deputados da legislatura passada (2003/2006).  O FAP foi extinto em 1995 e, mesmo assim, continua recebendo novas "levas" de beneficiários.

    A Lei foi sancionada pelo governador em exercício Silval Barbosa (PMDB), um dos que têm direito à pensão que pode chegar a R$ 12,7 mil mensais para o resto da vida. Hoje, 106 ex-deputados e dependentes recebem, juntos, R$ 721 mil mensais. Esse dinheiro sai do duodécimo da Assembléia.

  Pivetta afirma desconhecer o projeto e se posiciona contra o FAP. Perguntado se existe a possibilidade da lei vir a ser extinção, o pedetista pondera: "Estou aguardando as informações que pedimos à Mesa Diretora. De posse delas vamos analisar com cuidado e ver o que pode ser feito". O curioso é que até agora ninguém sabe quem são essas lideranças que, em tese, assinaram o projeto para dar início a sua tramitação. Sem alarde, virou lei. O caso veio à tona a partir de uma reportagem do RDNews - confira aqui.

   Alguns deputados, como Brunetto, Pivetta e Chico Galindo (PTB), afirmam que não tinham conhecimento da manobra e que reprovam a idéia de repristinação da lei para produzir efeitos sobre a 15ª Legislatura. "Nós não concordamos com essa situação, contudo ainda não recebemos as informações e não podemos tomar nenhuma atitude ainda", reforça Pivetta.

   A pensão varia conforme a contribuição previdenciária. Os parlamentares podem ganhar até seu salário integral, hoje de R$ 12,7 mil. Nos últimos 12 meses, quatro ex-deputados entraram para o FAP, sendo eles Humberto Bosaipo, Eliene Lima e Homero Pereira, além de Jota Barreto. (Patrícia Sanches)

Postar um novo comentário

Comentários (24)

  • matilde maria da costa | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Sabe gente, me expliquem. Quero entender. O pagamento das aposentadorias prematuras dizem que saem do DUODECIMO da Assembleia. Pergunto:-E este duodecimo vem de onde? quem paga? torno a dizer o quanto um medico tem que estudar, fazer residencia e trabalhar para se aposentar e com quanto?E o professor?E o policial?Quero explicações convincentes. Alguem pode me dar? Quero evoluir no conhecimento das causas, afinal pago impostos, trabalho muito e devo me aposentar com um miserê...

  • Natalia | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Pede pra esses dois deputados comparecem a sessão em vez de ficar pedindo vista de processos de lei que já foi até sacionada, já era, a hora de questionar é na tribuna, cresça e apareça, arrumando briga com os proprios colegas em troca apenas de se aperecer, acorda aqui é Capital.

  • Antonio | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    O Engraçado é que ao invés de ficarmos discutindo quem são os responsaveis pela aprovação ou pela ausência de deputados da assembleia deviamos nós Contribuintes atentarmos para questão que quem paga a conta somos nós que trabalhamos para pagar os impostos.E trabalhamos 30,35 anos para termos direito a uma migalha que chaman de aposentadoria enquantos certas classes depois de dois ou três mandatos se aposentam com salarios exorbitantes .Estão certos mesmo que tardiamente os dois deputados em cobrarem o pq destes beneficios.Fico boquiaberto quando leio comentarios que apoiam a aprovação destes beneficiosnão devem dar valor ao seu proprio trabalho.
    Temos nós povo Brasileiro que lutar contra esses tipos de mordomias que nossos ilustres representantes tem já não basta um monte de regalias que tem ainda querem mais ,parecem um bando de sangue sugas.
    Meus parabéns deputados Pivetta e Brunetto por essa atitude espero que mais deputados vejam que estão comentendo um absurdo e juntem se a eles.

  • Joaquim Tavares Santiago | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Ora,ora faltando a sessão outra vez Bruneto? Onde você estava ex-companheiro?Quem não cumpre com sua obrigação não pode reclamar.Quando eu e minha fam´lia votamos na vossa excelência foi pra nos representar e defender o interesse do povo e não somente os seus como tem feito ao longo desses meses.Sua obrigação era estar presente na sessão e contestar nahora e expor quem de direito.Agora que comeu moscas quer sapatesr e aparecer ?Oh assim não vale.

  • rondon toscanelli | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Onde estava o nobre deputado Pivetta qdo foi aprovado esse descalabro? Nas suas empresas? Na realidade o deputado ainda não disse ao que veio, não exerçe o mandato que o povo lhe deu, é um ausente nas suas funções públicas.

  • Paulo Roberto de Oliveira | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    O deputado ou o ex-deputado que requerer aposentadoria
    no famigerado FAP, mostrarar realmente que são verdadeiros parasitas e sanguesugas do povo, vampiros mesmos.

    Assalto ao contribuinte, usando a lei como desculpa.

  • João Antonio Fernandes | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Parabéns Romilson pelo seu trabalho mais vc há de convir comigo que esses dois deputados provavelmente não estavam no local da votação trabalhando e honrando seus gordos salários pagos pelo povo.Esses caras são uns palhaços e deveriam prestar mais atenção no que estão votando.Agora querem ir pra galera se aparecer ? Um erro não justifica o outro.

  • JANAINA FORTES LANDIM | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    MEU ADMIRAVEL ROMILSON GOSTARIA DE TE SUGERIR UMA PAUTA JORNALISTICA:QUE TAL UMA MATERIA SOBRE A FREQUENCIA DOS NOSSOS NOBRES PARLAMENTARES NAS SESSOES NESTE ANO?SEMPRE VEMOS NO SEU SITE OS CARAS RECLAMANDO QUE NÃO SABEM OU NÃO VIRAM A TRAMITAÇÃO DESSA OU DAQUELE PROJETO.ACHO QUE VC ESTARÁ PRESTANDO UM GRANDE SERVIÇO PRA POPULAÇÃO.QUANTO A POSIÇÃO DO BRUNETO QUE TAL ELE BUSCAR EXPLICAÇÕES TBÉM QUANTO O CAIXA 2 DO PT NA ELEIÇÃO MUNICIPAL DE2004?

    Resposta - Prezada Janaína, a sua sugestão de pauta quanto à frequência dos deputados nas sessões ordinárias é fantástica. O problema é ter acesso a essas informações. Já tentamos por várias vezes. O Guardiões da Cidadania, grupo de pessoas voluntárias com trabalho apartidário, tentou e não conseguiu cópias das atas sobre frequência. A Mesa Diretora da AL promete fornecer os dados, mas "enrola" e, assim, vai postergando as informações. De todo modo, continuaremos tentando.
    Grande abraço,
    Romilson Dourado

     

  • servidor | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Vetado por conter expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas.
    Queira, por gentileza, refazer o seu comentário.

  • Maria Lucia | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    SINCERAMENTE, TEM COISAS MAIS IMPORTANTES PARA SE PREOCUPAR.

    O BRASILEIRO AS VEZES COM A DESCULPA DA MORALIDADE, TEM A MANIA DE OPINAR SOBRE INSIGNIFICANCIAS, PARECE QUE SE NÃO TOMARMOS CONHECIMENTO DE FATOS COMO ESSE, NÃO TERÍAMOS CULTURA. NÃO SERIAMOS O QUE SOMOS SE NÃO SOUBÉSSEMOS, LEDO ENGANO. DESDE QUANDO SABER SE DEPUTADO APOSENTOU OU NÃO FARÁ DIFERENÇA PARA NÓS POBRES MORTAIS? O QUE IRÁ OCORRER É QUE AQUELE QUE NÃO QUISER NÃO RECEBERÁ APOSENTADORIA. SE OS DEPUTADOS CONTRIBUIRAM PARA O FUNDO, O QUE HÁ DEMAIS NISSO? NÃO VEJO IMORALIDADE NENHUMA NISSO, SERIA IMORAL SE NÃO HOUVESSE CONTRIBUIDO. PRECISAMOS É TER A CONSCIÊNCIA DE QUE HÁ COISAS MAIS IMPORTANTES A SER DISCUTIDA E QUE NÃO ELEVAMOS NOSSA CONSCIENCIA QUANDO TOMAMOS PARTE EM PICUINHAS. AQUI VIVEMOS A USURA AS AVESSAS, PREFERIMOS QUANDO HÁ ALGUÉM COMENDO CAVIÁ AO NOSSO LADO QUE ESTAMOS COMENDO FARINHA, EM ACHAR QUE DIGNO NÃO É NÓS ALÇARMOS AO DIREITO DE EXPERIMENTAR CAVIAR, MAS AQUELE SE MISTURAR À NOSSA FARINHA, ISSO É PENSAR DE FORMA LIMITADA. FICAMOS NO MORALISMOS BARATO.
    SE QUE MUITOS VÃO TORCER A CARA POR AQUILO QUE ESTOU DIZENDO, POR ACHAR QUE NÃO É ÉTICO. É SIMPLES, CANDIDATE A DEPUTADO, CONTRIBUA E TERÁ DIREITO AO FAP, SE NÃO QUISER, PACIENCIA, O MUNDO NÃO IRÁ ACABAR POR ISSO!
    VERINHA, SE OS SEUS ELEITORES LHE CONCEDEU UM MANDATO DE DEPUTADA E VOCÊ CONTRIBUIU, NÁO TEM QUE TER VERGONHA EM RECEBER AQUILO QUE LHE É DEVIDO, NÃO ESTÁ SENDO ANTI ÉTICA POR ISSO. SERIA SE TIVESSE ENVOLVIDA EM TRAMÓIA, SE ACHA QUE NÃO PRECISA DELE, DOA, PAGUE DÍZIMO, ADOTE UMA INSTITUIÇÃO QUE NECESSITA, SE ACHA QUE ESSE DINHEIRO É SUJO DÊ A ELE UM FIM SOCIAL. AGORA ABRIR MÃO POR RAZÕES IDEOLÓGICAS E FAZER A VONTADE DE GENTE MEDIOCRE.
    PRECISAMOS É TER A CONSCIÊNCIA DE CLASSE, TEM MUITA GENTE QUERENDO RECEBER POR ALGO QUE NÁO CONTRIBUIU. A CLASSE POLÍTICA NÃO DEVE SE AMENDRONTAR QUANDO FAZ AQUILO QUE PELO MENOS SEJA LEGAL, POIS MORALIDADE AS VEZES É MUITO PESSOAL, TEM GENTE QUE TEM E ENTENDE, TEM GENTE QUE NÃO TEM E QUER EXIGIR DOS OUTROS. SINCERAMENTE ESTA É UMA DISCUSSÃO PÍFIA. MUITOS DICORDARÃO, MAIS É O QUE PENSO! ME DESCULPEM OS PSEUDOMORALISTAS DE PLANTÁO, TO NEM AI PRA ELES, SENDO EU UM DEPUTADO ELEITO QUE CONTRIBUI, SOLICITARIA, SIM.

Sob efeito-cavalo paraguaio em ROO

thiago muniz 400 curtinha   Em Rondonópolis, o candidato a prefeito, vereador e empresário Thiago Muniz (foto), se transformou num cavalo paraguaio, expressão muito usual no futebol quando se refere a um time que dispara no início do campeonato mas, lá pela metade, começa a cair pelas tabelas. Acreditava-se...

Lula na TV deve afundar mais Julier

lula 400   O advogado Julier Sebastião da Silva, que disputa pela segunda vez a Prefeitura de Cuiabá - na primeira, em 2016, pelo PDT, ficou em terceiro lugar e, agora, pelo PT -, levou para o seu horário eleitoral o ex-presidente Lula (foto). A participação, com pedido de voto para Julier, da maior...

Na contramão dos investimentos

jose wenceslau 400 curtinha   Ao invés de reconhecer e aplaudir a iniciativa do governo estadual, que anunciou investimentos de R$ 9,5 bilhões em obras e ações, sendo R$ 6 bilhões (63%) de recursos próprios, a Fecomércio-MT, sob José Wenceslau Júnior (foto), reagiu com críticas....

Filho de ex-deputado rumo a vereador

willy taborelli 400   O coronel PM da reserva e ex-deputado estadual Perry Taborelli, que concorreu e perdeu para prefeito de Várzea Grande em 2016, lançou de novo o filho à cadeira de vereador. Trata-se do jovem advogado Willy Jacyntho Taborelli (foto), de 32 anos. Desta vez, ele concorre pelo PV. Na eleição...

Beto vê aliado como mais preparado

wellington marcos 400   O prefeito de Barra do Garças, Beto Farias (MDB), tem sido um cabo eleitoral fundamental para o candidato à sucessão municipal, advogado e atual vice-prefeito Wellington Marcos (foto), do DEM. Beto, que está concluindo o segundo mandato consecutivo com 80% de aprovação popular,...

Produtores e a unificação de eleições

antonio galvan 400 curtinha   Mato Grosso pode ter três eleições no mesmo dia, 15 de novembro. Isso porque, além das municipais e a suplementar ao Senado, alguns produtores rurais se movimentam para que a escolha do novo presidente da Aprosoja também seja na mesma data das eleitorais. Inicialmente, o pleito da...