Últimas

Domingo, 28 de Janeiro de 2007, 00h:00 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:15

ARTICULAÇÃO

PMDB é excluído de cargos; Pátio fica livre na AL

Deputado ganha liberdade e se une a Muniz para derrotar Sachetti em Rondonópolis     

     O deputado reeleito para segundo mandato Zé Carlos do Pátio é o único peemedebista que está contente com o fato do seu partido não ter sido convidado para assumir secretaria no governo Blairo Maggi. Assim, ele fica livre tanto para atuação independente na Assembléia quanto para fazer oposição ao prefeito de Rondonópolis, Adilton Sachetti, seu provável adversário nas urnas de 2008. Sem atrelamento ao Palácio Paiaguás, o parlamentar não precisa ficar 'no muro' ou assumir posição isolada e criar divergências dentro do PMDB.

      Zé do Pátio é forte candidato a prefeito de Rondonópolis, segunda economia no ranking estadual. Na eleição de 2004, ele foi considerado a grande surpresa. Perdeu por falta de estrutura financeira. Com 26.133 votos (30,3% dos válidos), o peemedebista ficou em terceiro lugar, mas com diferença de apenas 1.798 votos de Wellington Fagundes (PR), segundo colocado com 27.931 votos (32,4%), e 4.799 do vencedor, o atual prefeito Adilton Sachetti (PPS), que conquistou 30.932 votos (35,9%).

   Agora, Pátio se uniu ao ex-prefeito e também deputado estadual eleito Percival Muniz (PPS) para contrapor Sachetti, aliado do governador Maggi (ex-PPS). O bloco PMDB/PPS articula adesão do PT, Psol e PC do B. O grupo aposta nas forças populares para contrapor o que chama de candidato da elite, numa referência ao prefeito-empresário Adilton Sachetti. A possibilidade mais concreta é de Pátio encabeçar a chapa com a ex-secretária de Estado de Educação, Ana Carla Muniz, de vice. Carla é esposa de Percival, que está praticamente rompido politicamente com o atual prefeito.

    Já Sachetti, com respaldo de Maggi, se uniu ao ex-adversário Wellington Fagundes. Ele vai jogar todas as fichas na reeleição porque tem um desafio ainda maior. Quer ser candidato a governador em 2010 com apoio da turma da botina. A tendência é Sachetti ter como candidata a vice a empresária Mariene, esposa do deputado Fagundes. Mesmo a mais de um ano das eleições municipais, as principais lideranças políticas começam a se juntar a dois grupos. Por conta dessa polarização e do cenário que se desenha para a eleição de governador, o pleito em Rondonópolis, onde Maggi reside, deve se tornar o mais importante de todos os 141 municípios do Estado, até mais do que o processo eleitoral em Cuiabá.

Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia

Prédio da Câmara receberá decoração

misael 400 curtinha   A Câmara Municipal de Cuiabá vai gastar R$ 41 mil com decoração natalina. E quem executará os serviços para deixar o prédio do Legislativo todo iluminado é a Capriata de Souza Lima & Souza, vencedora do pregão eletrônico. Com seus 25 vereadores, 521...

Avalone aposta em Nigro pra prefeito

carlos avalone 400 curtinha   Carlos Avalone (foto), hoje vice-presidente da Executiva estadual do PSDB, está cheio de planos como futuro presidente tucano. Já anunciou que em fevereiro Paulo Borges renuncia ao comando partidário e, então, passa a tocar a legenda no Estado e com a missão de coordenar os trabalhos...

"Choque" de agenda de EP e de MM

mauro mendes 400 curtinha   Prefeitos e primeiras-damas estão sendo convidados para dois eventos programados para o mesmo dia e horário, em Cuiabá. Um partiu do prefeito Emanuel Pinheiro, que entrega 100% do Hospital Municipal de Cuiabá em 18 de novembro, às 20h, e espalhou convites para tanto gestores municipais,...

Mutirão já negociou quase R$ 40 mi

O Mutirão Fiscal Fecha Acordo do Governo de Mato Grosso, em parceria com o Judiciário, já negociou, na primeira semana, R$ 22.430 contratos, somando brutos R$ 37,7 milhões. E, com os descontos, ficaram em R$ 20,8 milhões, sendo R$ 12 milhões à vista. As negociações são feitas por meio da PGE e da Sefaz. O mutirão começou em 1º de novembro e segue até o próximo dia 29. Funciona no segundo...

Parceiros pra eventos de final de ano

emanuel pinheiro marcia 400 curtinha   Esta semana o prefeito da Capital Emanuel Pinheiro e a primeira-dama Márcia, que faz trabalho social voluntário, iniciam a maratona de reuniões com empresários em busca de apoio e parcerias para realização de festas natalinas e do réveillon. A ideia é,...

Fora da disputa e elogios à prefeita

toninho domingos 400 curtinha   Irmão do ex-prefeito Murilo Domingos (já falecido), o empresário Toninho Domingos (foto), que foi vice-prefeito por duas vezes, das gestões Nereu Botelho (94/98) e Jayme Campos (2001/2004), disse neste domingo que não está animado para concorrer à sucessão em...