Últimas

Quarta-Feira, 23 de Janeiro de 2008, 20h:31 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:19

ARTICULAÇÃO

PMDB indica Teté e só quer pasta verticalizada

Ex-deputada Teté Bezerra deve ocupar mesmo a pasta do Turismo Com uma secretaria verticalizada, ou seja, de porteira fechada, o PMDB aceita compor o primeiro escalão do governo Blairo Maggi. As resistências, principalmente por parte do presidente regional do partido, deputado Carlos Bezerra, não passam de jogo-de-cena. Após declarar publicamente que o partido não está a procura de cargos e que o melhor mesmo seria manter independência, eis que Bezerra está agora prestes a aceitar a idéia apresentada pelo governador Blairo Maggi da ex-deputada federal Teté Bezerra vir a ser secretária de Desenvolvimento do Turismo. Teté é mulher de Bezerra.

   O PMDB apoiou à reeleição de Maggi, mas não conta até hoje com cadeira no staff, a não ser o cargo exercido pelo vice-governador Silval Barbosa. Em resposta ao convite do governador, que escalou Silval para atuar como interlocutor, Carlos Bezerra observou que é possível, sim, chegar a um entendimento com o Palácio Paiaguás. O partido quer a Sedtur com autonomia total para não só ocupar o primeiro escalão, mas os demais postos relevantes da estrutura da pasta. O que pode complicar, porém, a confirmação do nome de Teté é o fato dela ter sido denunciada por suposto envolvimento na máfia das sanguessugas.

   Na Assembléia

   Já existe uma costura interna para não deixar a rebeldia da bancada na Assembléia azedar o processo de reaproximação do PMDB com o governo. Em princípio, o deputado Zé do Pátio teria a liberdade para atuar com independência em relação à administração estadual. Ocorre que ele enfrentará nas urnas deste ano o aliado de Maggi em Rondonópolis, prefeito Adilton Sachetti. Já os deputados Juarez Costa e Adalto e Freitas, o Daltinho, continuariam carimbados como governistas de carteirinha.

Postar um novo comentário

Comentários (5)

  • Cleusa Morais | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Por ser mulher, seria uma boa pedida. Mas já tivemos uma mulher a frente do Turismo e foi uma GRANDE MULHER. TRABALHADORA, INVENCÍVEL. Primeiro Tete tem q resolver sua pendencias eleitoreiras, depois pensarrrrrr em cargos.
    E eu q achava o PMDB digno. Era só pose?

  • DEJAMIR SOUZA SOARES | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    POBRE DO BRILHANTE DEP. JOSÉ CARLOS DO PÁTIO QUE COM CERTEZA JÁ TEVE A SUA CANDIDATURA RIFADA PELO CEL BEZERRA, E VAI JUSTIFICAR DIZENDO AINDA QUE É APENAS UM SOLDADO DO PMDB. POBRE DO ZÉ!

  • cristiano souza | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    ai o bezerra controla a verba do orgao e fica tudo certo por parte do pmdb ....assim que funciona o sistema desse desgoverno. Onde que esse povo esta com a cabeça meu deus do céu, oq sera de nois pagadores de impostos... como gostamos de fazer papel de idiotas né, ninguem vai fala nada, pq assim é o desejo do senhor governador.

  • O Vigilante | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Vetado por conter expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas.
    Queira, por gentileza, refazer o seu comentário.

  • ALBUCASSIS RAMIRES | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    DEFINITIVAMENTE O TURISMO É UMA PASTA DESPREZIVEL PARA OS "BOTINUDOS"TIRAR DA SECRETARIA UMA PROFª YEDA E TODA SUA EQUIPE ,PARA EMPREGAR O PEDRO NADA"F",É ENTERRAR UM SETOR DA NOSSA ECONOMIA QUE VINHA DESPONTANDO COMO UMA DAS MAIS PROMISSORA.

    AGORA COLOCAR TETE BEZERRA,UMA DAS MAIS INEXPRESSIVA DEPUTADA FEDERAL QUE MATO GROSSO JÁ TEVE,PARA O LUGAR DE PEDRO NADA"F", É TROCAR SEIS POR MEIA DUZIA,OU SEJA , NADA POR COISA NENHUMA.

    ADEUS TURISMO EM MATO GROSSO, E AGORA FICA A GRANDE QUESTÃO,POR ONDE ANDA,O CONVENTION BUREAU,ABIH,E AS DEMAIS ENTIDADES REPRESENTATIVAS DO SETOR,QUE NADA FALAM,E QUE ESTÃO DE EXPECTADOR VENDO O SETOR SENDO DESMONTADO.

Ex-prefeito no páreo em Alta Floresta

robson silva 400 curtinha   Alta Floresta, uma das cidades pólos do Nortão, tem sete candidatos a prefeito. Um deles é Robson Silva (foto), empresário, ex-prefeito entre 93 e 96 e que concorre pelo MDB, mesmo partido do prefeito Asiel Bezerra, que está encerrando o segundo mandato e se tornou um dos principais...

Vice sinopense quer retornar à Câmara

gilson de oliveira 400 curtinha   O vice-prefeito de Sinop e apresentador de TV, Gilson de Oliveira (foto), resolveu concorrer a vereador, cadeira já ocupada por ele por dois mandatos, o primeiro pelo PSDB, entre 2005 e 2008, e, depois, pelo PSD (2009/2012). Foi candidato a deputado estadual duas vezes (2006 e 2010) e, como suplente da...

Vice que morreu na praia em Tangará

renato gouveia 400 curtinha   Assim que percebeu que não seria escolhido pelo prefeito Fabio Junqueira (MDB) como o candidato governista na briga pela Prefeitura de Tangará da Serra, ainda em junho, o vice-prefeito Renato Gouveia (foto), do PV, correu para os braços do tucano Vander Masson. Levou com ele uma chapa de 21...

Câmara chama secretária para vaga

chico 2000 curtinha   Após a destituição de Ralf Leite (MDB) da vaga de Chico 2000 (foto), licenciado, por força de decisão judicial, a Câmara de Cuiabá convocou a primeira suplente Luciana Zamproni (MDB) para assumir mandato temporário no Legislativo, menos de 30 dias. Ela atua como...

PTB perdeu uns, mas ganhou outros

emanuelzinho 400   Em Várzea Grande, enquanto alguns militantes do PTB, puxados pelo secretário jaymista Silvio Fidelis foram para os braços do candidato a prefeito Kalil Baracat (MDB), que tem Hazama (DEM) de vice, militantes de outras legendas decidiram abraçar a candidatura do petebista Emanuelzinho (foto). São...

PT de Cuiabá passivo; ROO, autêntico

kleber amorim 400 curtinha   O PT de Rondonópolis se organizou melhor, mobilizou a militância, se tornando mais autêntico do que o núcleo petista de Cuiabá. Para se ter ideia, o partido, numa posição de coragem e levando preocupação ao prefeito Zé do Pátio, que tinha...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Você acha que o efeito-Bolsonaro terá impacto no resultado das eleições de novembro em MT?

sim - onda Bolsonaro continua

não - efeito não influencia mais

sei lá!

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.