Últimas

Sexta-Feira, 18 de Janeiro de 2008, 13h:03 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:19

ARTICULAÇÃO

PMDB não quer Turismo e Silval deve ir à Sinfra

Marchetti deve ser remanejado para Projetos Estratégicos no lugar de Vettorato

  Em nova negociação com o Palácio Paiaguás nesta sexta (18), membros da cúpula do PMDB não aceitaram a secretaria de Desenvolvimento do Turismo, que, em princípio, seria destinada para a ex-deputada Teté Bezerra. Agora, tudo caminha para que o partido venha a comandar a Infra-Estrutura, que detém um bom orçamento e proporciona ao gestor maior visibilidade. O nome indicado é do vice-governador Silval Barbosa, hoje o único peemedebista no staff do govenro Blairo Maggi. Nesse caso, Vilceu Marchetti, que conduz a Sinfra desde a saída de Luiz Pagot, seria remanejado para a pasta de Projetos Esteratégicos no lugar de Cloves Vettorato, que vai se desligar de vez do governo para cuidar de problemas de saúde.

   Com a oferta para o PMDB da Infra-Estrutura, que terá este ano um orçamento de R$ 490,2 milhões, Maggi espera reconquistar o partido por inteiro. Hoje, o partido se mostra dividido na Assembléia. O deputado Zé do Pátio, por exemplo, é ferrenho opositor à gestão Maggi. A cúpula peemedebista já avisou que não aceita indicar nome para o Desenvolvimento do Turismo por considerar um pasta "pequena" cujo orçamento para o exercício de 2008 é de apenas R$ 8,3 milhões.

   Projetos Estratégicos

Vilceu Marchetti, atual secretário de Infra-Estrutura   Já Vilceu Marchetti tende a assumir Projetos Estratégicos para dar continuidade a projetos, como o MT Regional e os consórcios intermunicipais. Até antes do Carnaval, o governador assegura que definirá as mudanças no primeiro escalão. Serão trocados secretários de Fazenda, Cultura, Esporte e Lazer, Turismo e, provavemente, Infra-Estrutura e Projetos Estratégicos. O clima entre os partidos e seus dirigentes é de expectativa quanto a essas mudanças no staff.

(Às 22h45) - Bezerra não aceita reaproximar da gestão

   O PMDB, sob o deputado federal Carlos Bezerra, disse não aos convites do Palácio Paiaguás tanto para indicar Teté Bezerra para o Desenvolvimento do Turismo quando o vice-governador Silval Barbosa para a Infra-Estrutura. O próprio Silva concluiu que, se assumir alguma pasta, não terá o poder no governo que exerce hoje porque ficaria "engessado". Dessa forma, o governador Maggi começa a pensar em outras alternativas.

   Em verdade, pré-candidatos a prefeito como os deputados Zé do Pátio (Rondonópolis), Adalto de Freitas, o Daltinho (Barra do Garças) e Juarez Costa (Sinop) pressionaram o cacique Bezerra para o partido não aceitar cargos na administração, o que poderia tirar seus discursos nas disputas eleitores de 5 de outubro.

Postar um novo comentário

Comentários (2)

  • José Carlos Freire Neto | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    O Romilson todos os sites estão dando como certo mudanças também na sema, portanto, favor inclui-la também nesta lista das reformas. A sema têm sido manchete de jornais e sites há vários meses, com dezenas de acusações de maracutaias, empreguismo, nepotismo, perseguições a técnicos de carreira, além de ineficiência da politica ambiental e da flagrante falta de estrutura fisica e operacional. A própria CPI da SEMA divulgou relatório onde proclama a falta gestão na sema, além de seus dirigentes (principalmente o secretário e secretário adjunto de meio ambiente) terem sido denunciados como despreparados para exercerem suas respectivas funções. Isso é público e notório, estamos apenas repetindo o que a imprensa tem divulgado nos últimos meses, e esperamos que o governador tenha a sábia reflexão para aproveitar este momento de reformas e dar uma nova visibilidade e filosofia a gestão ambiental do Estado, já por demais desgastada.

  • carlos augusto | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    SiLval Secretario !? qua! Qua! Qua! Qua!

Arsec concede reajuste; prefeito veta

alexandro adriano arsec 400   No último dia 22, a diretoria-executiva colegiada da Agência Municipal de Regulação de Serviços Públicos Delegados de Cuiabá (Arsec), presidida por Alexandro Adriano Lisandro (foto), aprovou índice de reajuste de 2,21% nas tarifas de água e esgoto. E...

Novo ensaio do privilegiado Neurilan

neurilan fraga 400   Neurilan Fraga (foto) transformou mesmo a AMM não apenas num cabide de emprego, mas numa entidade para, em alguns casos, atender a seus interesses pessoais. Ali, investido no cargo de presidente, inclusive já pelo quarto mandato, mesmo não sendo mais prefeito, ele se articula politicamente o tempo todo....

Dobradinha no Podemos pela reeleição

claudinei 400 curtinha   Eleito deputado na onda Bolsonaro, o delegado de Polícia Claudinei de Souza Lopes (foto) resolveu deixar o PSL e vai se abrigar no Podemos. Sonha com a reeleição. Sua estratégia é trabalhar o que se chama de dobradinha eleitoral com o deputado federal José Medeiros, especialmente em...

Valtenir atrai lideranças para o MDB

valtenir pereira 400   Mesmo sem mandato eletivo, o ex-vereador pela Capital e ex-deputado federal Valtenir Pereira (foto) continua se articulando nos bastidores, agora pelo fortalecimento do seu partido, o MDB. Ele está convencendo algumas lideranças a se filiar na legenda emedebista. Dois líderes são prefeitos...

Chefe do Escritório de ROO em Cuiabá

mario marques 400 curtinha   O prefeito de Rondonópolis, Zé do Pátio, que iniciou neste mês o 3º mandato, mantém como parte da estrutura da administração um cargo de chefe do Escritório de Representação do município na Capital. E Pátio nomeou para esta...

Prefeito cria comitê pra debater modal

emanuel pinheiro 400 curtinha   Mesmo o governador Mauro Mendes já tendo anunciado que vai implantar o BRT na Região Metropolitana, em detrimento do VLT, o prefeito cuiabano Emanuel Pinheiro (foto) criou um comitê de análise técnica para, segundo ele, definir o modal de transporte para a região. Emanuel...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

O Governo de MT optou pela implantação do BRT em Cuiabá-VG em detrimento do VLT. O que você acha disso?

Estou de acordo

Discordo

Tanto faz

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.