Últimas

Terça-Feira, 22 de Janeiro de 2008, 12h:45 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:19

ARTICULAÇÃO

PMDB posterga acordo e prega independência

  Em reunião nesta terça, a cúpula do PMDB decidiu que, neste momento, não aceitará cargo na administração estadual, mas não fechou as portas de vez. Devolveu o recado ao governador, no sentido de não haver intermediários nas negociações. Os dirigentes peemedebistas querem que o próprio Blairo Maggi (PR) convide o partido para um diálogo direto. Sob controle do deputado federal Carlos Bezerra, o PMDB estadual reafirmou a disposição de manter independência em relação ao Palácio Paiaguás, mesmo tendo o vice-governador Silval Barbosa no staff.

   Silval, escalado por Maggi para costurar acordo com os demais peemedebistas, disse, após a reunião, que o partido prefere resolver a relação conflituosa diretamente com o governo, resultado de uma intensa briga pelo poder, para depois se falar em secretaria e, posteriormente, em um indicado. “Maggi quer uma reaproximação, isso é fato. Agora, falta o nosso partido decidir", destaca o vice-governador.

   Se a proposta apresentada por Maggi no sentido do PMDB indicar a ex-deputada federal Teté Bezerra para assumir a pasta do Desenvolvimento do Turismo, hoje sob Pedro Nadaf, o partido se reaproximaria do Paiaguás, mas, por outro lado, criaria novos problemas internos. A bancada peemedebista na Assembléia, por exemplo, está dividida. O deputado Zé do Pátio não aceita aliança com o governo e tem suas razões. Ele é pré-candidato a prefeito de Rondonópolis, num confronto direto com Adilton Sachetti (PR), que vai à reeleição com apoio de Maggi.

  “O governador quer o partido mais integrado, mas eu não posso definir nada sozinho, por isso estou de acordo os outros membros”, declarou Silval, que vive uma queda-de-braço com Bezerra.

   Para Bezerra, as divergências entre peemedebistas e republicanos são assuntos do passado. “O PMDB não faz política com ressentimentos”, diz o parlamentar.

   Além de Silval e Bezerra, participaram da reunião, entre outros, a ex-deputada Teté, o vice-prefeito de Várzea Grande e secretário-geral do PMDB regional, Nico Baracat, e o ex-deputado Elarmim Miranda. Para a imprensa, ninguém arriscou revelar nomes para vir a compor o staff do governo Maggi.

Foco do partido não está no staff, diz Bezerra

  Carlos Bezerra prefere postergar uma resposta ao governador Blairo Maggi (PR) quanto à indicação do PMDB para o comando da secretaria do Desenvolvimento do Turismo, sob o argumento de que o foco do partido não é uma vaga no staff e, sim, eleger vários prefeitos pelo Estado, com vistas a fortalecer a disputa na eleições gerais de 2010.

   "O PMDB não tem interesse em cargos. O que queremos e despontar nomes neste ano para chegar bem em 2010", disse o cacique. Bezerra dá como certa a candidatura própria ao governo estadual. Ele é uma das opções para liderar o projeto, assim como o atual vice-governador Silval Barbosa. "Não vamos abrir mão da candidatura própria em 2010", avisa Bezerra. (Simone Alves)

(Às 18h56) - Cúpula do PMDB e Maggi se reunem

   A cúpula do PMDB já se reuniu com o governador Blairo Maggi na tarde desta terça no Palácio Paiaguás. O encontro ainda não resultou em uma definição quanto à indicação para comandar a secretaria do Desenvolvimento do Turismo. Os membros do PMDB repetem o discurso de que precisam se acertar "na discussão política e institucional". Também precisam ouvir os integrantes da bancada peemedebista na Assembléia que estão de férias. Uma nova reunião será marcada para o início da próxima semana.       

Postar um novo comentário

Comentários (5)

  • DONIZETE | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    PRIMEIRO CECILTA PINHEIRO - AGORA TETE BEZERRA ESSES CASIQUE NÃO AGUENTA FICA LONGE DO PODER AGORA MAIS UMA QUERENDO MAMA MAMA MAMA MAMA NA CHUPETA DO GOVERNO MT????

  • luiza franco de assis | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Esse joguinho politico protagonizado pelo blairo e bezerra dá até vontade de vomitar. O povo matogrossense têm que acordar um dia, não é possível.

  • Roberto Pires vereador pmdb | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Seria uma incoerência do PMDB estadual assumir qualquer cargo neste governo. Primeiro este governo ja caminha para seu final, portanto os projetos e políticas públicas desta administração ja estão definidas no PPA e lógicamente seria só mais um emprego; segundo, o PMDB será vitorioso em seu projeto eleitoral em uma das principais bases eleitorais de MT, Rondonópolis, disputando com o compadre do atual governador.Bezerra está certo, se nós queremos um projeto viável para 2010 o PMDB precisa continuar independente com seu projeto político e consequentemente se fortalecendo nas principais bases eleitirais de MT...Parabéns Bezerra.

  • Celso Miranda | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Vetado por conter expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas.
    Queira, por gentileza, refazer o seu comentário.

  • Milton Ribeiro | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    O Senador Carlos Bezerra, é talvez o mais experiente (matreiro) político da velha guarda em atividade, sempre o admirei pela maneira com que sempre conduziu sua vida pública e o PMDB, mas agora, não acredito que Ele va fazer qualquer acordo e participar de um Governo, já delimitado, gestão chegando ao fim...E Rondonopolis?, essa é a vez do Zé do Pátio, sempre companheiro, fiél escudeiro do Bezerra, a não ser que o Silval, Bezerra, Zé do Pátio, Elarmim e outros..tenham feito acordo para o proximo Governo..será?
    Acredito que irá continuar um relacionamento respeitoso, institucional, mas Bezerra não vai dizer amem para o Blairo não.....Esse aí o Blairo não passa mel não!!!

4 com as maiores chances ao Senado

carlos favaro 400 curtinha   Todos os principais candidatos ao Senado, na suplementar de 15 de novembro, para eleger quem ocupará a cadeira da cassada Selma Arruda, estão trabalhando com tracking eleitoral, metodologia que consiste, basicamente, em realizar pesquisas de intenção de voto por telefone de forma...

Polarização entre Gustavo e os Maia

gustavo mello 400 curtinha   Em Alto Araguaia, três disputam a prefeitura, mas a briga eleitoral está mesmo polarizada entre o prefeito Gustavo Melo (foto), do PSB, e Martha Maia (PP), irmã do ex-prefeito por quatro vezes Maia Neto. Júnior da Farmácia (PSL) corre por fora, mas sem chance de êxito nas urnas....

Reconhecimento de um governo ruim

pedro taques 400   Pedro Taques (foto) recorreu a uma observação feita pela mãe, professora Eda Taques, de que fora melhor senador do que governador. No horário eleitoral, o candidato ao Senado, agora pelo SD, menciona a frase da mãe para, em seguida, dizer que reconhece que sua atuação em...

Apoiado por deputados bolsonaristas

jose medeiros 400 curtinha   Um dos vice-líderes do Governo Bolsonaro na Câmara, o deputado José Medeiros (foto), do Podemos, vem recebendo apoio na disputa ao Senado de vários parlamentares bolsonaristas. O chamado núcleo duro do presidente no Congresso Nacional está com Medeiros, entre eles os deputados...

Justiça barra ficha suja em Poconé

clovis martins 400   A Justiça Eleitoral barrou em Poconé o ex-prefeito Clovis Damião Martins (foto), considerado ficha suja. Está inelegível por oito anos. Filiado ao PTB, ele foi condenado pelo TCU por irregularidade insanável que configura ato doloso de improbidade administrativa. Enquanto...

3 estão fazendo pesquisa em Cuiabá

Três institutos de pesquisa entraram em campo na capital nesta semana para levantar as intenções de voto para prefeito. São eles: Malujoa Comunicações, que geralmente divulga os resultados no site Olhar Direto; a Voice Pesquisas e Comunicação, do site Midianews; e Real Time Big Data. A Voice poderá tornar públicos os números apurados da pesquisa a partir de segunda (26), enquanto os outros dois estão autorizados...